Corbari Madness Pit – Tributo ao Ídolo, Macho Madness

Amigos, ainda “dopado” pelo Dvd Macho Madness – Ultimate Collection, trago a vocês o tríbuto ao meu ídolo. Quem nunca chegou para um conhecido e comecou a falar os pontos fortes de seu ídolo, tentando persuadir o ouvinte para também se tornar fã? Pois bem, é isso que vou fazer nesse texto, citar os pontos e momentos marcantes de “Macho Man” Randy Savage.
Esse artigo já foi postado uma vez, em outro blog, mas achei que agora é um momento propício para repostá-lo, na intenção de quem não conhece, conhecer, e quem já conhece, adorar um pouco mais esse grande superstar.
O texto passou por algumas mudanças, então caso você já o leu, re-leia, e claro, no fim do post, ofereço a vocês os links para Dowload do recente DVD sobre a carreira de Randy Savage.

Oh Yeah! Dig it! Dig it!
MACHO BANNER

Em todo esporte existe uma divisão de conceitos, entre ser lenda, ícone ou um simples praticante do desporto. Isso fica mais forte e concreto quando tratamos de entretenimento, mais especificamente Wrestling. Nessa mesma linha de raciocínio, há outra classe, de pessoas seletas, que ultrapassa as barreiras de ser uma lenda ou ícone; são os Ídolos. Sim, são essas pessoas que nos dão a alegria e emoção de acompanhar, torcer e o venerar. Esses seres em que se tributa respeito e afetos excessivos, quando se trata de Wrestling, são os motores da federação, enchem as arenas, vendem suas imagens e amontoam milhares de fãs, que os cultuam e tratam como deuses.

Mas o que é preciso para se tornar um ídolo no Wrestling? Ora, isso parte de cada um. É um sentimento de adoração por tal pessoa, a qual você se identifica, admira e eleva a um grau onde nada pode afetar a imagem do próprio. Você defende, discute com os colegas, acha meios de persuadir as pessoas, que o ídolo que você venera é o maioral, e se mantém centrado e certo, que a idéia defendida e o sentimento pela sua “divindade” não mudam por nada.

É nesse sentido, usando o espaço que a mim é oferecido no Blog, venho falar, argumentar, e expor sobre meu ídolo do Wrestling. Aquele com quem me identifico, e em formato de tributo, vou contar o porquê considero Macho Man “Randy Savage. O maioral do “Sport Entertainment”. Oh Yeah.

Aviso que esse artigo não é uma biografia. Para ver a melhor Bio e mais completa de Randy Savage feito por um blogueiro brasileiro, confira nesse link um grande trabalho de pesquisa que realizei sobre o “Macho Man”.

Muitos devem estar pensando. “Mas porque o Corbari é fã de um wrestler que fez sucesso na década 80/90, que não tem tanta expressão na mídia e popularidade, e que não esta na moda dos “consagrados” da WWE, contando ainda que Tal wrestler seja pouco conhecido no Brasil e não mais nos agracia com suas belas apresentações em um ringue de Wrestling?”.  Nas próximas linhas desse tributo vou expor meus argumentos, e tenho certeza que você leitor, vai se tornar um fã do lendário Randy Savage.

MACHO MAN 1

Randy Savage foi o primeiro wrestler que tive um contato visual. Foi jogando meu simples game para Megadrive (a.k.a Phantom System) que notei aquela imagem inovadora de um lutador icônico, envolvido da deliciosa e atrativa atmosfera da Luta Livre, ali nasceu a paixão.

Com aquele personagem na mente, fui crescendo e me aprofundando no assunto, até ao ponto de conhecer Randy Savage além do console. Logo me chamou atenção, era carismático, tinha um gênio forte e grande caráter, atributos que considero de suma importância para um superstar. Ali me despertou a vontade de acompanhar esse esporte, e principalmente aquele “Show Man” de voz rouca e insanidade pura. Ornava combates fantásticos, com promos e storylines incríveis. E com certeza muitos de vocês, que não tiveram o prazer de acompanhar ou conhecer um pouco mais de Randy Savage, vão se transformar em MachoManiacs se conhecer sua vida e obra…

Qualidades Dentro do Ringue

Randy Savage era fantástico em suas apresentações. Poucos wrestlers na história do Wrestling aliaram boa velocidade à técnica, força à agilidade, boa interpretação de sua gimmick com golpes bem aplicados como o Macho Man. Em uma época em que o personagem e carisma prevaleciam na hora de dar um push a alguém, Randy Savage trouxe uma técnica refinada para os ringues.

Suas marcas registradas eram o Macho Man Elbow Drop, seu golpe assinatura, onde aplicava um Elbow Drop da “Top Rope” no oponente, e quando estava de pé no corner, erguia os braços para cima, caracterizando esse golpe que terminou muitas lutas em seu favor. Era um finisher destruidor e que necessitava de grande técnica e destreza para aplicá-lo. Na década de 80, poucos wrestlers ousavam usar o turnbuckle para saltar ou aplicar seus moves, mas Savage era diferenciado e daquele local inovou e nos agraciou com momentos “Holly Shit” do wrestling.

Outra característica de Randy Savage era seus variados golpes “Double Axe Handle”. Ele usava muito esse tipo de manobra para atacar seus adversários. Muitas vezes Savage subiu no corner, efetuando esse golpe para fora do ringue. Era algo novo, que na época ninguém ousava utilizar.

Claro que o arsenal dessa lenda do Wrestling não se resume a isso. Era de praxe vê-lo saltar do córner para aplicar Divings Crossbodys, Flying Clotheslines, Jumping Knee Drops e seus clássicos Diving Double Axé Handles. Quando o oponente se encontrava caído no chão, é nesse momento Randy Savage subia ao turnbuckle, e a torcida ia a loucura, pois sabia que iria acontecer outra insanidade do Macho Man.

MACHO MAN 2

Além dos Moves aéreos, Macho Man Tinha golpes potentes e arrasadores, como seu temido Jumping Piledriver, no qual raramente utilizava, mas quando o fazia, era uma execução pro oponente. Seus Running PowerSlams, que executava com extrema perfeição, além dos clássicos Scoops Slams, Lariat Takedown, Savage Suplex, Elbows Strikes e extensa gama de macetes, jogadas e atalhos para liquidar a fatura.

A cada golpe finalizador, a cada manobra importante, um movimento carcterístico de Savage era visto. Apontava o dedo para o céu e começava a rodear, ali a atmosfera Madness começava a agir. Em uma época que sinais e taunts eram o frisson do combate, essa giradinha de dedo, assim como o “surto” de Hogan e a invocação dos poderes ocultos de Ultimate Warrior era um espetáculo a parte.

Como todo wrestler consagrado, Randy Savage teve seus momentos épicos, onde fez loucuras jamais pensadas, deixando fãs de bocas abertas. Cito aqui apenas alguns fatos, como o Piledriver em Rick Morton, aplicado em uma mesa de metal que deixou Morton um bom tempo fora dos ringues (Kayfabe), as diversas vezes em que saltou do topo da Cage (em uma ocasião, até quebrou a perna, pois era um evento da WCW, e a Cage era maior que a “convencional), em lapsos de extrema loucura, e claro, o lendário e memorável Macho Man Elbow Drop em Ricky “The Dragon” Steamboat, no qual aplicou com o “gongo” do ringue sobre os braços, acertando Steamboat com muita violência,  afetando e lesionando sua laringe.

Muitos momentos ainda ecoam na mente dos fãs que presenciaram tal fato. Como esquecer dos 5 Macho Man Elbow Drops em Ultimate Warrior, na Wrestlemania VII, que resultou em um NearFall por parte do “Último Guerreiro” e o hilariante “Revival Elbow” em que ele aplicou no seu parceiro de dupla, Hulk Hogan, para reanimá-lo.

Macho Man 4

Foram muitos momentos épicos de Macho Man nos ringues, ele sabia trabalhar muito bem, e se entrosava rapidamente com seu adverário. Tinha técnica apurada e grandes movimentos, mas o que mais chamava atenção era sua representação do personagem e psicologia no ringue, sabia como poucos usar um personagem tão bem enquanto lutava, e era isso o diferencial de suas lutas.

Combates Marcantes e Títulos

Isso é o que não falta na carreira vitoriosa de Randy Savage, combates lendários que até hoje são apreciados e louvados. Também pudera, ele promovia suas lutas com extrema perfeição, o que tornava delas as mais esperadas dos shows.

Logo no início de sua jornada rumo ao topo, fez apresentações marcantes na AWA Memphis, empresa na qual Savage venceu Austin Idol, em um combate considerado um dos melhores de sempre da federação.

Chegou à WWF com o Status de estrela, e demonstrou porque merecia tal marca. Sua estréia foi conturbada, entrou como heel extremamente vaiado, provocava e fugia do adversário, mas demonstrou a que veio, com uma boa performance, chegando a aplicar um Suplex no concreto.

Foi acarretando vitórias e belos combates. Seu primeiro PPV na empresa de Vince McMahon foi o “The Wrestling Classic”, participando de um torneio em que enfrentou Ivan Putski, Ricky “The Dragon” Steamboat e Kid Dynamite chegando à final, mas sendo derrotado na decisão por Junkyard Dog, que venceu por counto-ut.

Isso foi o preciso para torná-lo um Main Event. Desafiou Tito Santana pelo cinturão Intercontinental, vencendo-o e começando uma caminhada de vitórias impressionante, derrotando seus adversários um a um, com brilhantismo e qualidade. Savage promovia com tamanha perfeição seus combates e feuds que teve em mãos o IC Title por 14 meses, um recorde na WWE, reinado esse que acabou na luta histórica contra Ricky “The Dragon” Steamboat na Wrestlemania III.

Macho Man 5

Essa é para muitos, a melhor luta de Randy Savage. O Palco foi uma Wrestlemania, que em sua terceira edição reuniu dois astros da WWF, Ricky “The Dragon” Steamboat e o “Lord of the Ring” Macho Man Randy Savage.

Foi uma luta fantástica, que me faltam adjetivos para descrevê-la, repleta de moves interessantes e grande dificuldade de execução, essas duas lendas do Wrestling nos presentearam com um clássico. Uma luta sem erros, sem acontecimentos inesperados e cheia de emoção e nostalgia.

Pra vocês terem uma idéia, esse combate foi ensaiado incessantemente por 1 mês no ringue pessoal de Savage, cada movimento, cada expressão, cada detalhe foi trabalhado de maneira que o combate fosse marcante. E foi isso que aconteceu.

A feud entre Steamboat e Savage era longa, e começou quando Macho acertou com o sino do ringue a gargante de Ricky, o lesionando gravemente na laringe. As semanas seguintes foram repletas de promos e angles, promovendo a tão aguardado confronto.

Na Wresltemania III, o que se viu foi um verdadeiro espetáculo, que culminou quando Savage, após vários ataques em Steamboat, pegou o sino do ringue e estava prestes a aplicar seu Macho Man Elbow Drop com o sino entre os braços, nesse instante o mannager de Steamboat, George Steele empurrou Savage de corner, fazendo ele se chocar violentamente no chão, assim abrindo o caminho para a vitória do “The Dragon”.

Combate esse que foi considerado altamente influente, um clássico instantâneo por todos os fãs e críticos. Foi nomeado “Luta do Ano” pela Pro Wrestling Illustrated e pela Wrestling Observer (1987). E é por muitos a melhor luta da “Era WWF”. Foi o resultado de treinamento, e vontade de transformar uma luta, um verdadeiro Show.

Após o confronto, nos backstages da WWF, Savage e Steamboat foram aplaudidos e cumprimentados por seus colegas, os homenageando pela excelente exibição.

Após a Wrestlemania III e o combate genial com Steamboat, a carreira do Macho Man teve uma crescente incrível, chegando ao título mundial.

E conseguiu tal feito derrotando Ted Dibiase, o eterno heel, em um torneio valendo o cinturão. Sempre na companhia de sua essêncial mananger Miss Elizabeth, Macho venceu o Million Dollar Man em um combate duro, que contou com a ajuda do Hulkster, firmando uma parceria lendária.

Uniu-se a Hulk Hogan para formarem a “The Mega Power”, uma tag Team de dois heróis da federação, que causou um furor imenso lotando os estádios e promovendo promos e angles inesquecíveis.

Apresentada como “The Most Powerfull Team Ever” a Mega Powers se consolidou como o centro das atenções na WWF. Eram os dois maiores carismas da federação. A entrada da dupla já era uma loucura, um frenesi imenso, cultuando os ícones da federação..

Tag team essa que teve seu fim na Wrestlemania V. A causa era que Savage começou seu Heel turn, tendo ciúmes de Hogan, por esse estar próximo demais de sua mulher, a Miss Elizabeth.Foi um dos combates mais aguardados de sempre. Duas lendas, dois mitos, mais que isso, os principais nomes do Wrestling Mundial da época. Foi um combate nomeado como “The Mega Power Explode”, um clássico da WWF.

Hogan venceu aquele combate, e também venceu a “disputa” por Miss Elizabeth, que começou a aparecer no corner em lutas do Hulkster. Savage continuou em busca de títulos, mas sem sua musa inicial, e agora com Sherri Martel.

Venceu o torneio King of The Ring, e derrotou “Hacksaw” Jim Duggam em um combate pela coroa de rei. Agora não obedecia por Macho Man, e sim por Macho King. Uma personalidade prepotente, arrogante e soberana, que sempre se colocava acima de tudo e de todos. Ao lado, a sempre extravagante “Queen” Martel.

Na Wrestlemania VII, perdeu um combate que valia a permanencia na WWF para Ultimate Warrior, e a isso se adicionou a traição de sua mannager, revoltada com a derrota e a perca do título de “rainha”, atacou Savage covardamente. Mas essa noite foi histórica, pois Miss Elizabeth se encontrava na arena, e foi ao ringue salvar seu amado das mãos de Sherri Martel. Na sequência o mundo presenciou uma das cenas mais emocionantes de sempre, a reconciliação do casal sensação.

MACHO MAN 3

Na Wrestlemania seguinte, venceu Ric Flair em um combate histórico, se tornando campeão da WWF novamente. Foi um evento marcante, com muita vibração e emoção no reinado de Macho Man, estava novamente no top, como face e como ícone mor da empresa.

Savage empilhou títulos e vitórias na WWF, foram 2 títulos Mundiais, 1 Intercontinental, um torneio King of The Ring e varias resultados a seu favor. Foi uma passagem marcante pela empresa de Vince MacMahon, que acabou após a Summerslam 1994, quando seu contrato expirou e partiu para a WCW.

Na WCW o esperado se confirmou, chegou como o “Salvador da pátria” e logo mostrou a que veio. Uma de suas primeiras aparições causou um grande Rating na empresa de Eric Bischoff, não era para menos, confirmou sua aliança com Hulk Hogan após a desforra no episódio “The Mega Power Explode”. A WCW utilizou muito bem as duas lendas que agora estavam na federação concorrente a WWF. Foram protagonistas de Angles e PPVs consagrados.

Os títulos eram questão de tempo. No World War 3, Randy Savage conseguiu seu primeiro cinturão mundial da WCW, após vencer o World War 3 Match (Um combate que contava com 60 Wrestlers, lutando simultaneamente em 3 Ringues, cada wrestler era eliminado após sair do ringue por cima da ultima corda) Randy venceu após “eliminar” Hulk Hogan por último, em uma decisão muito constestada.

Perdeu o Título para Flair na sequência, voltando a vencer semanas depois, e novamente perdendo para  Flair em uma Steel Cage, em uma ótima feud.

Macho Man novamente estava em parceria com Hulk Hogan, que se proclamava seu melhor amigo. A aliança com Hulk Hogan era uma combinação perfeita e agradável dos Babyfaces mais adorados da companhia. Mas ninguém esperava que Hogan fizesse seu Hell Turn atacando Savage e criando a nWo, stable que se tornou a imagem da WCW.

Como todos já devem estar cansados de saber, praticamente a WCW inteira fez parte da nWo, e Savage não ficou fora dessa. Teve uma mudança em sua imagem, trocou as roupas coloridas e chamativas pelo preto e branco da nova Stable. Após as conseqüentes mudanças e repaginações da nWo, Macho Man integrou a parte vermelha da facção da moda, a Wolfpac. Com Sting, Kevin Nash e outros wrestlers, bateu de frente com Hulk Hogan, no qual teve confrontos memoráveis, muitos deles saindo com a vitória.

Macho Man 6

E foi nesse período uma das conquistas mais importantes de Savage. Após a Mudança de Gimmick de Sting, ele se tornava imbatível, sua personalidade de “The Crow” era a sensação do momento. Sting conquistou o Título mundial da WCW e grandes wrestlers de renome como Ric Flair, Kevin Nash e Hulk Hogan tentaram conquistar o cinturão, sem êxito. Macho Man, que estava na nWo Hollywood, tentou a chance de desafiar o campeão “Invencível”. Foi ai que Hogan o debochou, dizendo que se ele próprio não conseguiu Savage também não iria vencer Sting. Contrariando todas as previsões, Savage venceu tornando-se o novo campeão da WCW, em um combate memorável, repleto de reviravoltas e intervenções.

Savage também formou o “Team Madness” que junto com Lex Luguer e suas Valets causavam a destruição de seus adversários. Era uma Stable interessante, que na liderança do Macho Man trouxe bons angles e feuds para a WCW.

Dela surgiu o quarto reinado como campeão da WCW, em um combate em tag team, na companhia de Sid Vicious, enfrentaram Sting e o campeão Kevin Nash. A regra do combate era: Quem pinasse algum adversário, era o novo campeão. E Savage pinou Nash. Porém Macho Man perdeu seu título no Nitro seguinte, para Hulk Hogan após intervenção de Kevin Nash.

A WCW foi a federação que mais trouxe títulos a Savage, foram 4 cinturões de campeão mundial. Muitas vitórias e angles bem tramados. Bons tempos em que o Macho Man mandava e desmandava com sua irreverência e carisma na empresa de Eric Bischoff. Mas com a decadência da WCW, Savage pulou do barco que estava prestes a afundar e após algum tempo de atenção a seus projetos pessoais, foi para a nova TNA.

Bem, na TNA não tem muito que falar, foi uma participação curta, em que teve feud com Jeff Jarret. Não conquistou nenhum título e saiu da federação após algumas brigas com Bookers e mannagers.

Um fato interessante é que dos 6 títulos Mundiais que Randy Savage conquistou, apenas 2 wrestlers conseguiram tirar o cinturão das mãos do Macho Man. E foram nada mais nada menos que Ric Flair e Hogan (3 títulos cada um). Provando assim que poucos superstar quebraram o reinado de Savage, e apenas ícones como Flair e Hogan eram donos de tal façanha.

Carisma e Insanidade, é o Macho Madness

Eis o ponto forte de Randy Savage. Nenhum wrestler na história do Wrestling foi tão carismático quanto ele. Atributo que era essencial para as promos íncriveis que Macho Man realizava. Sua voz rouca e diferenciada, suas expressões faciais, aliadas a sua fala forte e direta, seus movimentos de câmera e integração com o publico fazia dele a peça principal para qualquer angle ou promo a ser feita. Era um Show Man de primeira estância.

Era extremamente carismático, seja em fase Heel ou Babyface, soube extrair o máximo de sua personalidade, foi eleito tanto wrestler do ano, como o mais odiado. Mesmo assim era adorado pelo público, era tido como um herói, e junto com Hulk Hogan, foi essencial para elevar a visão mundial sobre o Wrestling. Suas roupas chamativas, e seus óculos eram presentes eu seu vestuário, e logo foi se dissipando pelo mundo como uma marca única do Macho Man.

Chamado de  Macho Madness, pela tamanha “loucura” que sua gimmick representava. Era insano, não tinha papas na língua, e coragem lhe sobrava. Nunca negou um combate e jamais se arriou para adversários. Em uma época que o Wrestling era ligado a fantasia, aos personagens e heróis, Savage se destacava. Era a imagem do homem que encarava seus desafios de frente, e com seu humor “ácido” tirava gargalhadas dos fãs.

Macho Man 8

Tinha uma personalidade forte, falava em si próprio na terceira pessoa, e sempre o elevava. “The King of World Wrestling Federation” “Lord of the Ringue” “The Tower of Power” “Mr. Madness” “Macho King” eram insignias nomeadas por ele mesmo. Essa última conseguiu após derrotar Jim Duggan, e assim se tornar o rei da WWF. Esse período foi repleto de preciosismo e glamour por sua parte. Humilhava seus adversários e passava por cima deles. Era o rei da WWF, o resto eram meros súditos.

Foi um personagem inigualável, muito caricato e com uma presença de palco enorme, Savage cativou, emocionou, alegrou o público com suas inúmeras facetas de entertainer, papel que desempenhava perfeitamente. Seu personagem é épico. Tinha uma presença íncrível, chamava a atenção onde é que estava. Gimmick genial.

Ele realmente falava com o coração, Sua Mic Skill era incomparável, fez de sua fala uma marca. Promos com excitação, emoção e insanidade era geralmente vistas na voz de Savage. Tornava suas lutas as mais esperadas, pois conseguia se sobrepor e criar uma história, um angle, uma storyline que saia de sua imaginação, usava o microfone como arma, para humilhar seus adversários, proferindo palavras que os deixavam sem saída. E claro, sempre usando a frase que ficou mundialmente conhecido. O Ohhh Yeahhhh.

Foram inúmeras promos. Em uma época que vemos Shelton Benjamim, Cody Rhodes entre outros tantos wrestlers que não sabem o que dizer no microfone, Macho Man faz muita falta. Promovia como ninguém jamais fez. Seu jeito irreverente de se expressar fez tanto sucesso que Vince McMahon deu o cargo de comentarista a ele. E o fez perfeitamente, com humor e firmeza, ao lado de Gorilla Monsoon e Vince McMahon, formou o quadro de comentaristas mais interessante da WWE. Suas entrevistas e segmentos eram hilários.

Era constante ver o Macho Man em propagandas e comercias de TV, sua imagem valia muito e representava lucros para as empresas. Uma das mais famosas participações de Savage na Televisão foi o Comercial da carne seca em tabletes “Slim Jim”. Tal produto teve uma crescente enorme na produção e caiu no gosto do povo após as engraçadas e divertidas aparições de Savage em seus comerciais. Quando apareceu em programas de TV, foi hilário e divertiu a todos com seu carisma estonteante. Como na vez que compareceu ao Talk Show “Arsenio Show”, uma das melhores entrevistas do programa.

Na WCW com o perfil mais arisco e “durão”, integrou o roster com perfeita representação. Na época de nWo era figura carimbada as melhores promos da Stable. Era adorado por todos, seja do jeito que for.

Macho Man Randy Savage criou seu estilo único e irreverente de fazer wrestling, e essa idéia deu certo, não é a toa que até hoje é tido como exemplo de carisma e gimmick bem trabalhada, representada por um wrestler Fantástico.

Macho Man 7

Tanto que presenciamos lutadores com Gimmicks inspiradas nele, vide Jay Lethal.

Miss Elizabeth. A Mistura Perfeita

Miss Elizabeth merece uma ressalva nesse artigo, foi ela quem ajudou a construir a imagem do Macho Man. Parceira inseparável do nosso ídolo, sempre teve a postos para fazer as vontades de Randy Savage, sempre com o carisma característico. Sua entréia na WWF aconteceu quando foi induzida mannager de Savage

Na estréia de Macho Man na WWF, muitos mannagers queriam oferecer o serviço ao novo superstar que chegava com grande repercussão. Entre eles grandes nomes como Jimmy Hart, Slick e Bobby Heenan, mas Macho reservou uma grata surpresa, ordenou que abrissem as portas da arena, e de lá surgiu uma bela figura. Foi ai que veio ao ringue a “First Lady of the WWF”, uma combinação perfeita, de ingenuidade, doçura e sensibilidade, combinação perfeita com a insanidade de Savage.

Macho Man 10

Vale lembrar que nessa época, Randy Savage e Elizab eth já estavam casados oficialmente. Miss Elizabeth era formada no área de comunicações, e por idéia de Savage ela seguiu carreira no wrestling.

Miss Elizabeth sempre estava presente ao lado de seu amado, em bons e mals momentos. Cito aqui o “Mega Powers Explode”, o fim da Tag Team entre Macho Man e Hulk Hogan, que aconteceu por ciúmes de Savage, por achar que o Hulkser estava olhando para sua valet com outros olhos. E Também o segmento em que Ric Flair trás a público fotos comprometedoras entre ele e Elizabeth, provocando ira em Savage, que derrotou o Nature Boy na Wrestlemania VIII, em um combate “acerto de contas” que trouxe o título mundial ao Macho Man.

Savage e Elizabeth não foram só noivos na vida real, em gimmicks também. Tudo começou quando após a Mega Powers Explode, a primeira dama da WWF resolveu ficar ao lado de Hulk Hogan, inconformado com tal escolha, Macho Man foi a procura de uma nova mannager, e escolher Sherry Martel. Depois de se tornar o “Macho King” e nomear Martel como a “Rainha da WWF”, parecia que tinha surgido um novo casal na federação. Pensamento esse que acabou na Wrestlemania VII, em um confronto contra Ultimate Warrior, Savage foi derrotado e sua pena era ser banido a WWF.

Após o combate, Sherry Martel ficou irritada por perder sua insígnia de rainha, e atacou o ferido Randy Savage. Nesse momento aconteceu a cena mais emocionante do Wrestling Mundial. Miss Elizabeth estava na platéia e viu seu antigo protegido sendo atacado por Martel, inconformada com tal cena, foi ao ringue e atacou a valet de Macho Man, a jogando para fora do ringue. Randy então se levantou e alia aconteceu um momento que deixou o público em lagrimas de emoção. O casal mais influente do Wrestling se reconciliou em um abraço carinhoso. Uma cena única, e com certeza a mais emocionante da história e a storyline mais bem tramada e interessante de sempre. Fantástico.

Mas como estava nas regras do combate, Savage abandonou a WWF. O que aconteceu foi algo surreal. Fãs inquietos e inconformados queriam Macho Man novamente aos ringues, cartazes e pedidos aos superiores foram feitos para que o Macho Madness retornasse o quanto antes. Nesse período Savage atuou como comentarista, e em uma de suas aparições, pediu a mão de Miss Elizabeth em casamento. E ela respondeu com um Sonoro… Ohhh Yeahh.

Foi então marcado um evento chamado “A Match Made in Heaven”. Aonde o casal  sensação do wrestling mundial se casou. Um segmento repleto de alegria e emoção, aonde os noivos abriam seus presentes e realizavam as cerimônias clássicas do matrimônio.

Foi uma ligação fantástica, era notório que entre os dois existia um sentimento real, e demonstravam com tamanha naturalidade que aquilo tudo parecia ser verdadeiro, um casal que ficou eternizado na história. Miss Elizabeth era linda, era uma Lady, muito diferente das divas que vemos na WWE. Combinava perfeitamente com Macho Man e nos agraciavam com seus segmentos repletos de ternura e carinho.

Untitled 11

Nesse casamento surgiu a feud que chocou a WWF. Jake “The Snake” Roberts deu uma serpente de presente aos noivos, e apareceu na festa para atacar Savae, juntamente com Undertaker, acabando com a cerimônia e iniciante uam rivalidade incrível.

Engraçado é ver que no começo, Randy Savage era extremamente mandão o possessivo com Liz, mas com o passar do tempo, e após fatos marcantes como na Wrestlemania VII, Macho começou a mudar suas ações frente e princesinha da WWF. Começou a tratar com carinho e até a puxar as cordar para ela entrar no ringue (o contrario do que acontecia em seus tempos de “Machismo”). O sentimento foi aumentando, e cada vez mais o casal era mais adorado pelo público.

Se separaram muitas vezes, é verdade, mas sempre voltaram. Elizabeth nunca mudou de personalidade, nunca mudou de lado e ideal, sempre foi a Primeira Dama do Wrestling, sempre esteve presentes em grandes momentos. Saudosa Liz.

Um completava ao outro. O que seria de Macho Man Randy Savage sem sua vallet, amiga e verdadeiro amor ao seu lado?

Deixo aqui registarado um grandioso momento que aconteceu em um show da WWF. Um fã erguia um cartaz escrito “Nós Amamos Elizabeth”, e o narrador Gorilla Monsoon responde “Todos nós Amamos Elizabeth”. Esse é o sentimento.

Hall of Fame…?

Isso é uma questão que não tem explicação. Mesmo depois de toda esses fatos que foi dito sobre Randy Savage, você deve estar pensando… “Ah, foi um Grande wrestler, por isso Merece estar no Hall of Fame”. Poisé amigos, mas podem acreditar, Macho Man Randy Savage, lendário Superstar da WWF, que tanto fez para levar a empresa no grau que ela esta, Não é um Hall of Famer.

Esse é um assunto que pode seguir varias vertentes. A explicação mais plausível para isso é uma história que corre pela internet que Randy Savage teria se desentendido com Stephanie McMahon, e por tal richa, a filha do tão poderoso Vince não aceita que Macho Man seja um imortalizado na história da empresa.

Claro, Randy Savage também não era o mais fácil de lidar, teve seus desentendimentos com a WWF, não concordou com muita coisa que estava acontecendo nos bastidores, e com a personalidade a qual é característica, proferiu palavras de “ordem” a “alta cúpula” da empresa.

Uma outra versão que pode explicar tal ausência de Savage no HoF deve-se ao fato de, a alguns anos atrás, se recusou a assinar o contrato com a Jakks, empresa que cuida da imagem dos wrestlers da WWE, assinando contrato com outra empresa, deixando Vince McMahon muito furioso com tal decisão.
Macho Man 12

Enfim, existem milhares de fatos que podem Tentar explicar o porquê Macho Man não esta no Hall da Fama. É difícil entender essa decisão. Porque se alguém merece estar em tal posto, esse alguém é Randy Savage.

A mobilização para Savage estar no HoF e tão grandes que fãs já foram a shows da WWE com faixas em alusão a indicação do Macho Man, vários protestos foram feitos, vídeos “promocionais” na internet pedem que Macho Madness ocupe a posição de lenda imortalizada nos anais da WWE. Ele Merece…

Atualmente Randy Savage não compete oficialmente em federações de Wrestling. Esta voltando sua vida pessoal a televisão e Música, Já criou um Cd de Rap (que não obteve grande sucesso) e usa sua voz para narrar comerciais e propagandas na televisão. É Ator e participa de alguns filmes, o mais famoso dele foi a particpação no Filme Spider Man, onde interpretou o Wrestler Bonesaw McGuiness.

E como vocês devem estar acompanhando, Randy Savage vem sendo homenageado na TNA pelo Wrestler Jay Lethal, que em formato de tributo usa roupas e características do Macho Man em sua gimmick “Black Machismo”, assim como em storylines com sua Vallet SoCal Val, parodiando os segmentos Macho Man e Elizabeth. Savage é respeitado por todos, e essa homenagem do superstar da TNA mostra a sua importância no mundo do Entretenimento.

MAcho Man 13

Em Junho de 2009, foi lançado o DVD Macho Madness – Ultimate Collection, que narra a carreira de Randy Savage na WWF e WCW. Esse pode ser um indício que algo esta por vir, uma possível indicação ao Hall of Fame pode acontecer, mas realmente é muito difícil.

Em contraponto uma notícia surgiu pelos veículos de comunicação tempos atrás. Que dois nomes estão vetados para o Hall of Fame 2010. São eles: Randy Savage e Ultimate Warrior. O que é uma pena.

E também é claro que uma não indicação de Randy Savage ao Hall of Fame não vai manchar ou ofuscar sua carreira brilhante pelo mundo do Wrestling. Grandes noems como Ted Dibiase, Jake Roberts e tantos outros ainda não foram indicados, o que é difícil de entender quando nomes que não mereciam estar lá figuram como Hall of Famers.

A Mobilização é realmente grande, tanto que no Site oficial do Macho Man, um abaixo assinado foi criado para sua indicação no HoF, documento esse que contou com milhares de assinaturas. E em sites de vídeos, muita gente posta sua homenagem ao grande lutador que foi Savage, criando tributos e pedidos para sua indicação.

Para vocês terem uma idéia, Randy Savage é tão adorado por alguns americanos que muitos deles filmaram o simples fato de abrirem o seu DVD que recentemente foi lançado, de tamanha emoção em ver um produto com a marca Macho Madness ser lançado pela WWE.

Afinal, poderia ficar posts e mais posts argumentando e falando um pouco mais sobre esse popular Wrestler que tanto que cativou um excelente performer que trouxe a alegria e diversão ao mundo do Wrestling. Ele foi uma lenda que me encantou pela sua firmeza e carisma extremo. Espero que vocês tenham gostado desse artigo, mas acima disso, que apreciem e adorem esse Magnífico superstar que foi soberano quando o assunto era Entretenimento.

MACHO MAN RANDY SAVAGE É MEU ÍDOLO…

E o seu, qual é?
Até a próxima! Freakout! Dig it! Dig it! Oh Yeahh!

Macho Man 14

Anúncios

11 comentários em “Corbari Madness Pit – Tributo ao Ídolo, Macho Madness

  1. Baraio Corbari ê textinho longo.Mas eu li inteiro (depois de algumas horas hehe) e conheci muito mais sobre o Savage que eu particularmente não conhecia muito bem.Apesar dessa escrita ser de um fã e as vezes demonstrar isso (o que não é problema algum)
    Ele deu 5 macho man elbow drop e não venceu, esse Ultimate Warrior é um prepotente de merda (odeio ele não luta nada e sai dos finishers de todos sendo que o finisher dele é um lixooo).Essa luta do WM 3 entre ele e Steamboat foi realmente incrível eu tinha visto ela lá no TIW agora vou ver de novo ela é muito boa mesmo.Sobre ele não estar no HoF é uma incógnita mesmo porque ao meu ver não tem motivo de não o terem colocado ainda.
    A Miss Elisabeth é de uma epoca muito boa na qual os mannagers comandavam até feuds e isso era muito legal, já hoje em dia nem manager existe mais, uma pena.
    Adorei o artigo, realmente muito bom e mostrou o porque de você ser um fã tão assíduo dele.
    Ah, a propósito meu ídolo é o Undertaker por vários motivos que renderiam uma crônica só falando disso.
    Abs!

  2. Muito bom, assim que eu terminar de baixar eu vou ver o DVD, o texto muito bom, e Muito comprido, assim como vc eu conheci ele(Hulk Hogan, Bret Hart entre muitos outro) jogando videogame(Legends of wrestling: Showdown, eu acho), e por isso hoje o Macho Man é um dos meus wrestlers preferidos(o meu preferido é Bret Hart, não da para não gostar dele), Randy tinha técnica, ótimas Mic-Skills e o mais importante: Carisma, isso lhe fez chegar no topo. Ele só não esta no WWE HoF(ele esta no pro-wrestling HoF) por causa de suas brigas com o titio Vince, agora, pense assim em alguns anos veremos Cena no HoF e o Macho Man dificilmente…
    Obs: Provavelmente vc ja sabe, mas existe um aabiaxo assinado para o Savage entrar no WWE HoF

  3. Eita carinha chato esse Corbari, me encheu pra comentar naquele mas nesse aqui eu não podia faltar…
    Quando vi no youtube os fãs de Savage alucinados filmando o momento em que abriram o dvd do ídolo, a emoção deles era algo incrível e isso só me fez confirmar que Macho Man é o cara.
    Um Wrestler marcante e incrivel que viveu momentos brilhantes na história do Pro Wrestling e que juntamente com Liz emocionou os fãs. E se Vince diz que ele não vai para o HoF eu digo mais, ele é o próprio HoF.
    Parabéns Corbari por retratar em tão envolventes e emocionadas palavras seu ídolo, nosso ídolo!

  4. Nossa, que artigo maravilhoso, muito bom mesmo
    li tudo, e posso dizer que me tornei um fã de Randy Savage. Quando li sobre a luta contra o Ultimante Warrior, que também gosto muito, fui ver no youtube, e é muito legal essa luta, no final todo mundo ta chorando, até o Macho Man.
    O vídeo do começo é muito bem feito, mostra como ele era bom tanto falando como lutando.
    O vídeo da entrevista no Arsenio é engraçado demais. Impressionante como ele conseguia ficar no personagem, e inventando todas as falas e jeitos na hora, lutadores atuais só fazem promos combinadas e lendo o que vai falar, e o Savage fez isso, e como nunca vi alguem fazer antes, muito bom.
    Parabéns pelo tributo Fabio, esta brilhante, excelente trabalho. Já estou baixando o Dvd para acompanhar mais da história do Macho Man.

  5. Oh Yeahh! Maravilhoso artigo, Corbari. Fazendo um tributo a seu ídolo, expresando bem seu sentimento por esse grande carismático lutador, entertainment, ícone, lenda, Ídolo. Argumentou bem, conseguiu um fã desse merecedor por tudo que fez, Randy “Macho Man” Savage. Brilhante, a carreira dessa figura tão glamuorosa, momentos eternos, que sintonia tinha ele e a Elisabeth (que Deus a tenha). Naturalidade mesmo. Uma verdadeira hisyória de amor quer seja na vida real como na storyline. Por tal ligação entre os dois, imagino o sofrimento do Sabage, não dá pra imaginar. O personagem dele e ele perdiam uma metade.
    Tamanha qualidade ao microfone, com sua voz rouca conquitou milhares de fãs, nesses eu me incluo a partir desse belissímo texto.

    Grande técnica em ringue, o que diferenciava ele dos demais heróis da WWF. Com sua altura aplicando um lariato com tamanha perfeição… Um move-set excelente, usando o melhor de sua gimmick. Vou baixar o DVD dele, ler a biografia feita pela nossa lenda brasileira Corrbari.

    Randy Savage, uma carreira invejavél, não estando no Hall of Fame, é um menosprezo a um homem que ajudou a erguer a WWF ou ergueu, presentiou-nos com grandes momentos… Mas como disse o Fábio isso não apagará nem mesmo ofuscará essa brilhante estrela de Savage, que ficará eternizada por milahres de fãs.

    Abraços.

  6. Aêee Corbari! Consegui ler tudo! Cara…eu gostei do Savage de cara, porque como tu sabe, coisas espalhafatosas me chamam a atenção rapidamente! hehehehe
    Daí fui assistindo, vendo wrestlemania após wrestlemania as participações dele, gostei, vi outras lutas…sempre se apresentando com maestria!

    As promos do Savage sempre são ilárias, sozinho, com o Hogan ou com a Sherri, um cara que sabe como ninguém lidar com o público…faz aquele tipo de luta que a gente não tem tempo pra sentir tédio!

    Lutou com graaandes nomes, ganhou de grandes nomes. Não tem desculpas para o veto dele no HOF…Warrior não foi tão grande assim, até porque não lutou taaanto tempo, nem teve tantos momentos importantes, apesar de ser um entertainer do caralho, mas o Savage completa todos os quesitos para entrar. Como tu disse, tem muita gente que não merece no HOF, demais da conta, e o povo tem a cara de pau de não botar ele e o DiBiase? DiBiase que era outro gênio da interpretação e em qualidade de luta, o cara era brilhante, brilhante!!

    Esse combate dele com Steamboat, puts…..que show! Que show! Essa coisa que tu contou, dos ensaios, eu não sabia, mas é de se imaginar, porque só com muita dedicação pros caras fazerem algo tão brilhante! Ricky é um cara especial, dedicado ao que faz, eterno face, carismático. Macho é Macho, nem precisa dizer mais nada….e a preocupação com a elaboração do show, putz, quer marca maior da importância que esses dois caras davam para os fãs? Bons tempos, maravilhosa luta.

    Mesmo que nós não tenhamos vivido essa época, estamos vivendo ela agora, ainda bem que temos acesso a muita coisa pela internet, aos DVDs que são lançados, tudo! É maravilhoso! Foi uma surpresa pra mim essa coletânia do Macho, porque eu já sabia dessas tretas dele com a WWE, mas se a WWE lançou esse DVD tão maravilhoso, aposto que é uma brecha aí aberta para uma futura indicação, espero que ele seja indicado junto com o DiBiase, e quem sabe, do Jake! (até um UW podia rolar, mas só pelo entretenimento)

    Maravilhoso Fábio! Parabéns! E nós devemos te agradecer por esse empenho que você tem em escrever artigos de tão grande qualidade para a galera do blog! Obrigada!

  7. Eai minha gente! Só comentários TOPs nesse post hein! bom receber críticas e elogios de gente inteligente como vocês. Obrigado por comentarem, isso da vontade de escrever mais ainda.
    Então vamos as respostas

    Gustavo
    Obrigado pelos elogios parceiro. Então, essa era a intenção do artigo, me colocar no papel de fã e falar sobre meu ídolo, o que acho de bom nele, o que ele fez de bom, e momentos marcantes. É isso que um fã faz, e isso que eu fiz :D. A luta contra o Steamboat é demais mesmo, treinada ao máximo para ser um grande show. Miss Elizabeth é genial, era uma peça muito importante na empresa, e principalmente na carreira do Macho Man. Se ela não existisse, com certeza eu não estaria aqui, falando que meu ídolo é Randy Savage. Saudosa Liz
    Undertaker é ídolo de muita gente. Bem que você podia fazer um tríbuto a ele e mandar para a gente postar :D.
    Abraço.

    The Norris
    Obrigado. BAixa mesmo, é um DVD muito bom, emocionante e interessante, tu vai gostar. Inclusive tem uma luta muito bom do seu ídolo com o meu lutando contra Flair e HBK. Realmente Macho Man era bom no que fazia. Ele não esta no HoF por isso mesmo, algumas brigas internas. Agora, Cena no Hall of Fame é algo normal, que vai acontecer e eu apoio. Mas deixar Macho Man de fora e colocar gente como o “THE REFRIGERATOR” e tantos outros babacas que nem lutadores eram, isso é sacanagem.
    Abraço

    Felipe
    Eai Zezão. Se não comentasse levaria um Pepsi Plungue. Você viu né, para fãs filmarem a emoção de abrir o DVD é porque o cara é uma lenda mesmo e extremamente adorado. Bem, que bom que é nosso ídolo agora.:D. Eu também, quando recebi o DVD do Savage que a Flavinha me enviou, fiz que nem o garotinho no NINTENDO SIXTYYY FOOOOOOOOUR. ehhehee. Emoção demais
    Abs

    FZHardy
    Obrigado pelos elogios. Que bom que se tornou fã também, era essa minha intenção. O final da luta com o Warrior é emocionante demais, todo mundo chorando na arena. Savage entrou como Heel, vaiado e odiado, para sair como Face, adorado e ovacionado. Quantas pessoas conseguem fazer isso? Poisé.
    A entrevisto com Arsenio é demais, ali ele mostra que encorporou realmente o personagem Macho Man. Gênio
    Abraço

    Douglas Alex
    Grande parceiro Douglas. Isso ai amigo, uma não indicação não vai mudar nada na carreira brilhante do Savage. Mas como é Hall of fame da WWE, nada como indicar aquele que foi a maior estrela da federação por muito tempo. O envolvimento dele com a Miss era divino. Os dois tinham uma quimica íncrivel no ringue. Os segmentos do casamento, da reconciliação, do pedido ao casamento, foram momentos épicos e memoraveis na empresa. Sinto muita falta de segmentos como esse atualmente, gente como Macho e Liz para alegrar e entretar na Luta Livre.
    Obrigado pelos elogios parceiro. E o grupo de MachoManiacs só aumente. 😀
    Grande Abraço Douglas…

    Flávia Oldschool
    Flavinha, amiga querida, que bom que gostou.
    Macho Man era demais, porque suas lutas não eram só boas técnicamente. Cada taunt, cada olhar, cada reação dele era íncrivel. Aquela rodopio de corpo, os trejeitos, era muito legal.
    Ele era sempre empenhado em fazer um grande show. Vide a preparação para a Wrestlemania III, foi fantástico.
    Eu tenho que agradecer muito pelo DVD dele :D, é demais mesmo, e lá eu vi muitas coisas que nunca tinha visto em youtube da vida. A história do Macho Man é simplesmente Sensacional.
    Seu envolvimento com a Sherri Martel deu uma outra visão a sua gimmick. Você sabe muito bem e viu como os dois combinavam também. Grandes momentos, tanto com a doce Liz, quando a Ácida Sherri.

    Agora Flavinha, uma coisa que não postei no artigo…
    Mas o Macho Man merecia ir pra HoF porque teve uma época que ele era A MÁQUINA DE DINHEIRO da empresa

    Após seu segundo reinado de campeão da WWF, derrotando o Ric Flair na Wrestlemania VIII, a WWF ficou sem Hogan, que deu um tempo no esporte. Então o Macho entrou no papel do Hogan. Ele ia em todas as ocasiões importantes, fazia muitas propagandas e VENDIA MUITO
    Action Figure dele vendia que ne m agua, comercializavam suas roupas, camisas, e afins, fez CD de Música, garoto propaganda da Slim Jim, Sempre presente em obras públicitarias. Enfim, Macho Man era o centro de tudo, e foi muito importante para elevar a WWF ainda mais… Agora, me impressiona muito a própria WWF não indicar o Savage, que tanto fez por ela. Devia indicar e falar um muito obrigado por tudo….

    Obrigado pelos elogios e apoior Flavinha, gosto muito de escrever quando recebo um Feedback tão bom como esses que recebi,
    Muito obrigado por comentarem galera, e todo mundo junto……… OH YEAHHH
    😀

    ehehhehehe

    Grande Abraço a Todos

  8. É Corbari a vontade é grande de mandar um artigo mas além da falta de inspiração (sou um péssimo escritor) eu nem tenho muito tempo pra fazer isso e sei lá…
    Mas se um dia eu tiver disposto eu mando um com certeza.

  9. Ará!!…Corba, fico pequena a matéria, tem certeza que num tá faltando nada?…rsrsrs
    Essa página agente tem q imprimir e guardar, um dossie do Macho Man é obrigatório ter em casa!
    Já to baixando o DVD! hehe

  10. Pingback: Randy Savage – Ohhh Yeah!! « Get Ready To Rumble

  11. Pingback: Adeus, “Macho Man” Randy Savage | Get Ready To Rumble

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s