ROH Take No Prisoners 2009


A ROH traz a vocês um grande PPV para se assistir: KENTA, Tyler Black, Bryan Danielson, Necro Butcher, Jimmy Jacobs, Austin Aries e muitos outros grandes lutadores estarão participando deste evento. O main-event fica por conta de Aries & Katsuhiko Nakajima enfrentando KENTA & Tyler Black, em uma Tag Match para balançar qualquer coração forte (LOL).

O último PPV da Ring of Honor com aquele atraso considerável de alguns meses começa com alguns dos principais moves de cada um dos lutadores que participarão do evento. E logo de início, temos a entrada de Ace Steel para o primeiro contest da noite, em um combate contra Colt Cabana. É justamente a música do ex-lutador da WWE que toca, para este fazer sua entrada e se posicionar para o combate (um ponto interessante é que após alguns anos fora da ROH, Colt vem para fazer sua estréia em PPVs da empresa).

Singles Match:
Ace Steel vs. Colt Cabana

Antes de o combate começar efetivamente, os dois lutadores se abraçam em forma de respeito mútuo. Finalmente, o gongo soa para o início da luta. Os dois lutadores se estudam e Cabana consegue uma Headlock. Steel consegue se safar do golpe, mas acaba tomando um Shoulder Block. Eles voltam a se afastar e fazem algumas brincadeiras antes de voltarem a se agarrar. Ace Steel, finalmente, consegue uma Wrist Lock no oponente, que chega às cordas para quebrar o golpe. Mais uma vez, os lutadores se afastam, com os dois fazendo algumas inspeções no ringue e logo em seguida, com Steel tirando uma foto do traseiro de Colt. A partir daí, o combate começa de vez, com mais uma Wrist Lock de Steel. Colt tenta fugir com alguns rolamentos, até ter um Arm Drag ao seu favor. Ace Steel pede para Cabana se afastar mais uma vez.

Quando os dois voltam a se agarrar, Colt consegue uma sequência de Wrist Locks, até Steel fugir dos golpes e aplicar alguns chutes no adversário. Cabana, no entanto, faz uma reversão e aplica uma Headscissors no oponente. Ace Steel, porém, usa a experiência e arranca uma Headlock do oponente, que consegue reverter. Steel joga Colt contra as cordas e vai para um Back Slam, para reclamação do público. Os dois lutadores voltam a se afastar e entreter o público, fazendo brincadeiras com o volume de seus gritos. Colt Cabana, finalmente, parte para uma Headlock no adversário, que acaba sendo invertida em mais um Slam. Colt parte para cima de Ace Steel no córner, mas o referee separar os dois lutadores.

Steel aproveita o momento para pegar o oponente distraído e lhe aplicar uma sequência de cotoveladas e chutes, também o jogando contra as cordas. Ace aplica alguns socos no oponente, antes de um Irish Whip. Colt consegue fugir de dois Clotheslines de Ace e vai para um Roll Up, que só dá 2. Os dois voltam a se levantar, e Steel consegue um Clothesline para depois incrementar os golpes com alguns socos. Colt Cabana esboça uma reação com alguns socos, até conseguir jogar Steel contra o córner. Ele tenta um Escanteio Clothesline, mas Ace foge e consegue um Springboard Clothesline logo em seguida. Steel vai para a cover: 2.

Ace Steel consegue uma Hammer Lock em Colt, que corre por todo o ringue, conseguindo jogar o oponente contra o córner. Cabana aproveita o momento para uma sequência de socos e Clotheslines, finalizando com um Elbow. Colt vai para um Irish Whip seguido por Corner Splash. Cabana consegue armar, em seguida, o Chicago Crab, fazendo o oponente dar tap-out.

Vencedor: Colt Cabana
Comentários: Uma luta bem básica para iniciar o PPV. Essa foi mais para entreter o público, com alguns momentos engraçados, mas sempre preservando alguns golpes interessantes, como o próprio Chicago Crab que finalizou o combate. O interessante é que Colt Cabana, enquanto esteve na WWE, poderia ter sido muito melhor utilizado nesse tipo de segmento humorístico, sem precisar vestir um homem de mulher ou algo do tipo.

O segundo combate do PPV é uma 8-Man Tag Team Match envolvendo Chris Hero, Incognito & American Wolves contra El Generico, Kevin Steen, Jay Briscoe e Magno. Todos os times fazem as suas entradas e vamos para o combate.

8-Man Tag Team Match:
Chris Hero, Incognito & American Wolves vs. El Generico, Kevin Steen, Jay Briscoe & Magno

Mal o gongo soa, todos os lutadores se envolvem em uma confusão geral dentro do ringue. Após alguns momentos, cada lutador pega um oponente e o tira do ringue, deixando apenas Magno e Incognito dentro do ringue. Magno consegue jogar Incognito no Apron, mas este se recupera com uma Hurrincarana. Magno é jogado às cordas com um Irish Whip, mas na volta consegue uma Headscissors. Ele joga o oponente no córner e vai para um Enzuigiri, seguido por mais uma Headscissors. Magno se joga para o ringside mantendo o mesmo golpe, enquanto o gongo soa com Kevin Steen e Eddie Edwards no ringue. Steen consegue alguns Back Chops no oponente, para manter o controle com chutes e socos. Eddie, no entanto, consegue se recuperar com os mesmo chops. Ele joga Kevin contra as cordas, mas acaba tomando um Shoulder Block seguido por um Sunset Flip Leg Drop. Steen faz a tag com El Generico, que acaba enfrentando Davey Richards, que recebera a tag de Edwards. Generico entra com uma Arm Drag, que já é seguida pelo Diez Punches.

Generico consegue um Enzuigiri no oponente, seguido por um Snapmare e uma cover, que dá 2. El Generico leva o oponente ao córner, fazendo a tag com Jay Briscoe. Jay entra aplicando um Corner Clothesline no oponente, seguido por um Low Angle Dropkick e mais uma cover em dois. Briscoe tenta um Suplex, mas Davey escapa e vai para um Spinkick. Richards faz a tag com Chris Hero, que entra com um Low Angle Dropkick e uma sequência de socos. Jay, no entanto, se recupera e consegue um Flatline em Chris Hero, para fazer tag com El Generico. O high-flyer entra aplicando uma Hurrincarana no oponente, para mais uma cover. Só temos mais 2, e quem aproveita é Hero, que vai para um Snapmare seguido por Senton. Chris faz tag com Richards, que entra aplicando um Irish Whip em El Generico, seguido por um Clothesline.

Richards faz a tag com Eddie Edwards, que entra com um Back Elbow e um Kick to Gut no oponente. Ele faz a tag com Incognito, que aplica um Slam seguido por Springboard Senton. Incognito volta a fazer tag com Chris Hero, que parte para um Hard Back Chop. Ele pisa o oponente e lhe aplica alguns chutes, antes de aplicar algumas cotoveladas. Hero devolve a tag com Richards, que entra trocando cotoveladas com El Generico. Davey aplica um chute no oponente e se joga às cordas, mas acaba tomando um Small Package que o deixa caído. Generico consegue fazer a tag.

O problema é que os seis lutadores do lado de fora entram no ringue, para iniciar uma confusão. Jay Briscoe e Kevin Steen vão para um Suicide Dive nos oponentes (detalhe para Steen, que sai gritando “This is wrestling! This is Ring of Honor!”). Generico e Magno, que ficaram no ringue, combinam algo. Generico vai para um Springboard Moonsault, que derruba a maioria dos lutadores que estavam lá. Magno repete o golpe, só que dessa vez do turnbuckle. No ringue, Generico consegue um Yakuza Kick em Eddie, seguido por um Small Package Neckbreaker de Steen, um Springboard Leg Drop de Magno e para fechar, um Frog Splash de Briscoe. Temos a cover, mas mesmo assim, o grupo oponente aparece para quebrar a contagem.

A confusão volta a acontecer, e Chris Hero sobe no turnbuckle para atacar Steen. O ringue é limpo, e Steen consegue atrapalhar o oponente. Hero joga Kevin para longe, mesmo assim, e é atrapalhado por El Generico, que arma o Brainbuster. Chris consegue escapar do golpe e pegar a sua cotoveleira. Enquanto ele colocava a cotoveleira, El Generico aparece com um lindo Yakuza Kick. O parceiro de Steen tenta o Brainbuster novamente, mas Kevin Steen escapa e derruba o adversário. Temos uma cover, mas Jay Briscoe aparece para quebrar a contagem. Ele aproveita e arrasta Generico para perto do córner, facilitando a tag. Briscoe entra aplicando um Clothesline em Chris Hero, antes de colocá-lo no Apron.

Kevin Steen aparece no ringside roubando a cotoveleira de Hero, que se desespera. Jay Briscoe aproveita o momento para o Spike Jay-Driller, seguido por cover e vitória.

Vencedores: Kevin Steen, El Generico, Jay Briscoe & Magno.
Comentários: Combate muito bom mesmo! Apesar de algumas confusões no meio do contest, que são normais, foi muito bom para mostrar ainda mais o valor da Ring of Honor no que diz respeito às lutas de tag-teams. Kevin Steen e El Generico continuam em uma química perfeita, Jay Briscoe e Magno encaixaram perfeitamente no time, assim como aconteceu no lado adversário, com Hero, os Wolves e Incognito. Vale à pena assistir.

E temos mais um combate sendo anunciado em Houston! Jimmy Jacobs faz a sua entrada para a No Disqualification Match que se sucederá. Em seguida, vemos a entrada de Necro Butcher, aquele mesmo da CZW, que vem para um combate de seu agrado, imagino eu.

No DQ Match:
Jimmy Jacobs vs. Necro Butcher

Mal Butcher entra no ringue, Jimmy tenta atacá-lo. O problema é que Necro é mais esperto e consegue uma boa sequência de socos e chutes para jogá-lo no ringside, finalmente. Lá, Necro joga o adversário contra o guard-rail, para um Big Boot e depois em cima de uma mesa. Necro Butcher leva Jimmy Jacobs para o meio do público, logo em seguida, aplicando uma sequência de golpes no adversário. Jimmy, no entanto, consegue reverter o controle e escapar de alguns golpes. Necro recupera o comando do combate atacando Jacobs com uma lata de lixo e uma placa, enquanto os dois continuam subindo as arquibancadas. NB levanta o adversário e o joga em cima da divisória das escadas, bem no meio das pernas. Butcher tenta levar Jimmy mais para o topo da arena, mas este se recupera e consegue atacar o ex-mentor. Mesmo assim, Necro tem a experiência como valor e consegue levantar o oponente para quase jogá-lo no Stage. Jimmy Jacobs, no entanto, se segura do jeito que pode e consegue atacar o adversário.

O combate continua rolando no decorrer das escadas, dessa vez na descida. Necro joga outra lata de lixo na cabeça de Jacobs, enquanto os dois voltam para o ringue. Necro tenta atacar o oponente dentro do ringue, mas ele acaba sendo surpreendido por Jimmy Jacobs, que o ataca com um objeto, que me pareceu uma flecha. Necro começa a sangrar e Jimmy Jacobs continua atacando Butcher com tal objeto. O sangue escorre na cabeça de Necro, que tem o cabelo arrancado brutalmente por Jacobs. JJ continua furando Butcher, até se cansar e ir pegar uma cadeira no ringside. Ele a leva para o ringue e tenta um chair shot, que é bloqueado. Necro consegue uma sequência de socos, seguidos por um chair shot e logo em seguida um Slam em cima de uma cadeira. Necro joga a cadeira na cabeça de Jimmy e logo em seguida, desce com o oponente ao ringside.

Butcher pega algumas cadeiras no ringside, mas quando se vira é pego por um Spear de Jimmy. O jovem lutador encosta Necro em cima de uma mesa e sobe no turnbuckle. Necro, no entanto, consegue se recuperar jogando uma cadeira contra JJ. Butcher tenta jogar Jimmy do turnbuckle na mesa, mas Jimmy consegue evitar por duas vezes. Os dois ficam trocando socos ali em cima, até que Jacobs consegue armar um Suplex. O golpe sai direto no ringside e os dois lutadores ficam caídos, ensanguentados! Jimmy Jacobs é o primeiro a levantar, depois de um tempo considerável. Jimmy tenta colocar Necro de volta no ringue, mas só consegue com a ajuda do referee e de alguns oficiais.

No ringue, JJ vai para a cover, mas Necro consegue o Kickout! Jimmy se revolta e parte para chair shots, mas é pego por Necro em vários chops e um Running Bulldog direto na chair. O ex-CZW pega uma cadeira e parte para um chair shot muito, mas muito pesado. Necro tenta o pinfall, mas Jimmy estica a perna para as cordas. O combate continua. Necro leva Jimmy para o Apron e o coloca nos braços. Ele pula e vai para um Death Valley Driver direto na mesa que estava no ringside! Os dois lutadores ficam caídos novamente, e Necro é o primeiro a se levantar. Ele joga o oponente no ringue e sobe no turnbuckle, para um Crossbody. Só 2, na cover.

Necro junta todas as cadeiras que estavam no ringue e as coloca no centro do mesmo. Ele tenta um Chokeslam em Jimmy, que reverte o golpe em um DDT e consequentemente, um End Time direto nas chairs! Necro resiste muito bem ao golpe, conseguindo se levantar e jogar o oponente no córner. Mesmo assim, Jimmy tenta o Contra Code, que não sai. Necro Butcher aproveita o momento para armar o Necro Bomb em cima das cadeiras, vencendo o combate!

Vencedor: Necro Butcher.
Comentaristas: Em nível técnico, foi um combate normal, até porque essa não é a proposta das lutas sem desclassificação. Mesmo assim, eu prefiro combates com regras extremas onde há alguns moves tipicamente técnicos combinados com os Foreign Objects que os lutadores irão usar. De qualquer forma, no ponto de vista Hardcore, foi um bom combate.

Após o combate, o ring announcer da ROH (que eu não sei o nome) chama o ex-ROH World Champion, Nigel McGuinness para o ringue. Ele vem ao ringue e pega um microfone com o ring announcer, sob os gritos de “Thank you, Nigel!” do público.

McGuinness: É muito difícil estar aqui e dizer o que eu tenho a dizer. Como vocês podem ver, eu não estou vestido para lutar e nem poderei fazer isso. Eu peço desculpas a todos vocês por não poder lutar hoje. Nos últimos meses, eu venho colocando meu corpo em risco para poder dar a integridade que o ROH World Championship merece. Mas, se alguém quiser conversar comigo, pode vir falar comigo após o show… mas será a última conversa que teremos.

A música de Claudio Castagnoli começa a tocar, e o wrestler vem ao ringue. Ele pega um microfone e questiona Nigel sobre o que ele acabara de falar. Eles apertam as mãos, mas Claudio ataca o ex-campeão por trás, usando uma cadeira. É aí que Brent Albright aparece na arena correndo direto para o ringue.

Triple Threat Match:
Claudio Castagnoli vs. Brent Albright vs. Blue Demon, Jr

Brent entra socando o oponente, para aplicar alguns chops em seguida. No entanto, Castagnoli é esperto e consegue um Uppercut no oponente, para jogá-lo no ringside. Blue Demon também aparece e vai para alguns socos, antes de tentar um Irish Whip. Claudio consegue reverter e aplicar um Corner Clothesline para uma sequência de Uppercuts. Porém, Blue Demon consegue reverter um dos golpes e aplicar alguns Elbows. Demon toma distância, mas acaba sendo pego por Castagnoli em um Clothesline, para uma contagem de 2. Claudio consegue uma Hammer Lock, mas Blue Demon é esperto e consegue duas Headscissors seguidas, jogando o oponente fora do ringue. Demon se joga para o ringside direto em outra Headscissors, para derrubar o oponente. Castagnoli consegue voltar para o ringue, mas acaba tomando um Snapmare seguido por Senton. Blue Demon vai para o pinfall, mas Brent Albright aparece para quebrar a cover.

Castagnoli aproveita o momento para jogar o oponente às cordas e pegá-lo em um Swinging Backbreaker. Ele também aplica um Slam no oponente, para um Standing Elbow. Mais uma cover: 2. Claudio consegue um Back Suplex em Demon, para aplicar alguns Elbows em seguida. Claudio presta atenção em Brent Albright, e acaba sendo pego por Blue Demon, que lhe afasta do córner. Demon aproveita o momento para fazer a tag com Brent Albright. Albright entra aplicando um Overhead Belly-to-Belly Suplex, seguido por Corner Clothesline e um Swinging Backbreaker. Brent deixa Castagnoli nas cordas e vai para um “61Knee”, seguido por um Neckbreaker. Temos a cover, mas só vamos até 2.

Brent joga o oponente contra as cordas, mas Claudio consegue escapar de um Clothesline. Mesmo assim, Brent é esperto e aplica um Monkey Flip direto para o ringside. Albright pula para um Suicide Dive, mas Claudio Castagnoli se esquiva e aproveita para jogar o oponente contra o guard-rail. Claudio continua com o oponente em seus braços, e acaba sendo pego por um Suicide Dive de Blue Demon, Jr., fazendo todos os lutadores ficarem caídos. Brent se levanta e joga Claudio no ringue, subindo no turnbuckle e tentando um Crossbody. O problema é que Castagnoli o recebe com um Uppercut. Claudio arma o Ricola Bomb, mas Nigel McGuinness se levanta e o atrapalha.

Brent Albert aproveita para o Half Nelson Suplex. Ele faz a cover e consegue a vitória.

Vencedor: Brent Albright.
Comentários: Foi um combate bastante técnico, dosado com algumas manobras impressionantes de Blue Demon, Jr. Não foi o contest mais brilhante da noite, mas a participação dos três lutadores foi boa e a também a interferência de McGuinness, atrapalhando o Suíço. Mas, eu preferia ver Brent Albright finalizando o combate com um Crowbar ou mesmo um Sharpshooter. Apesar disso, foi um bom contest.

O próximo contest é um “Internacional Challenge Match”, entre Rússia e USA. O representante dos ex-soviéticos é Alex Kozlov, o não-primo xará de Vladimir Kozlov. Já o representante americano é ninguém mais, ninguém menos que Roderick Strong.

Internacional Challenge Match:
Alex Kozlov vs. Roderick Strong

O combate começa com algumas locks dos dois lutadores. A ação começa quando Strong consegue um Enzuigiri no oponente, seguido por um Backbreaker e uma cover. Temos apenas 2 batidas. Roderick Strong vai para alguns Back Chops e já tenta um Slam. Alex escapa e tenta um Shoulder Block, mas acaba sendo pego por um Fallaway Slam. Os dois lutadores vão para o Apron, com um Big Boot de Strong. O americano ainda se joga para um Flying Clothesline, mas Kozlov escapa do golpe e deixa apenas o guard-rail. Alex aproveita o momento para jogar o oponente contra o guard-rail, antes de levá-lo novamente ao ringue. O russo, lá dentro, vai para um Knee Drop e uma submission no braço de Strong. O americano consegue se esquivar, mas acaba tomando outro Knee Drop.

O russo pega seu chapéu característico e faz aquela dancinha que eu não sei o nome, atacando o oponente. Ele vai para a cover, mas Roderick Strong consegue o Kickout. Com os dois de pé novamente, temos uma troca de Back Chops. Alex Kozlov consegue o controle, tentando um Suplex. Strong, no entanto, bloqueia o golpe e joga o oponente para o Apron. Apesar disso, o russo consegue uma linda submission em Strong, prendendo-o contra as cordas até a 4ª contagem do referee. Alex tenta levantar o oponente, mas acaba tomando Chops. Strong joga o oponente contra o córner e tenta um Corner Clothesline, mas acaba acertando apenas o turnbuckle. Alex tenta atacar o oponente por ali, mas Strong é rápido e vai para um Enzuigiri. Ele sobe no turnbuckle junto com o oponente e vai para um SuperPlex, que deixa os dois lutadores caídos.

Strong levanta primeiro e vai para uma sequência de Chops, seguida por um Corner Clothesline e um lindo Backbreaker. Temos mais uma cover, mas Alex sai. Strong tenta levantar o oponente, mas acaba tomando um Jawbreaker. Alex Kozlov tenta se jogar às cordas, mas é pego no Death by Roderick. Strong vai para as cordas, mas no Rebound toma um lindo Superkick do russo. Mais uma cover: no! Alex vai para um Crucifix, mas depois é pego por um Yakuza Kick de Strong, para um Strong Hold. A pressão é muito grande e Alex dá o tap-out.

Vencedor: Roderick Strong
Comentários: Apesar do clichê utilizado entre USA e a Rússia, gostei muito mesmo desse combate. Foi curto, é verdade, mas teve um alto nível técnico e momentos muito interessantes, como o Yakuza Kick de surpresa aplicado por Strong. Alex Kozlov também lutou muito bem, então foi um grande contest.

Agora, vamos para o contest que coloca o ROH World Championship em jogo. É uma Four Corner Survival Match, envolvendo Erick Stevens, D-Lo Brown, Bryan Danielson (que usa um remix de Final Countdown, aquela música foda do Europe, como theme) e o campeão, Jerry Lynn.

Four Corner Survival Match:
Jerry Lynn vs. Bryan Danielson vs. D-Lo Brown vs. Erick Stevens

Todos os lutadores se cumprimentam, menos D-Lo Brown, que vai encarar Bryan Danielson. O gongo soa; Bryan Danielson e Jerry Lynn caem para o ringside, enquanto D-Lo Brown vai aplicando uma Headlock em Erick. O gigante não se mexe com as tentativas de Shoulder Blocks do oponente, mas acaba caindo para o ringside com seus Low Angle Dropkicks. No ringside, Bryan Danielson joga Lynn contra o guard-rail, antes de vir ao ringue para encarar Erick Stevens. The American Dragon sofre um Shoulder Block, seguido com um Backbreaker logo em seguida. Danielson cai para o ringside, enquanto D-Lo Brown aparece para derrubar Stevens com um Lariat. Jerry Lynn volta ao ringue para encarar D-Lo Brown, com alguns socos. D-Lo e Lynn trocam socos, mas a vantagem fica com o gigante.

Lynn tenta se recuperar com alguns socos, mas acaba sendo jogado contra as cordas para um Back Drop. O campeão consegue se segurar e tentar um Roll Up, que acaba não saindo. Fica fácil para Brown expulsar o oponente do ringue. The American Dragon volta ao ringue, mas Erick Stevens o puxa para o ringside novamente, iniciando uma pequena guerra. Danielson e Lynn voltam ao ringue e combinam um Suicide Dive de cada lado do ringue, em Stevens e Brown. Os dois voltam ao ringue e Lynn consegue uma Headscissors. Ele tenta um Corner Clothesline, mas Bryan levanta o pé e consegue um Running Enzuigiri logo em seguida. Danielson tenta o pinfall, mas temos um Kickout. O Best Wrestler in the World arma o Cattle Mutilation, mas Stevens aparece no ringue para quebrar o golpe.

Erick vai para uma sequência de Chops, para em seguida jogar o oponente contra o córner. Bryan foge e se joga às cordas, mas acaba sendo pego por um Powerslam de Erick. D-Lo Brown aparece, neste momento, com um Low Angle Dropkick seguido por Shinning Wizard em Stevens. Jerry Lynn sobe no turnbuckle e vai para um Tornado DDT, mas acaba sendo pego logo em seguida, por um Missile Dropkick do American Dragon. Daniels tenta um Kick em Jerry, que escapa e vai para um Belly-to-Belly Suplex seguido por Swinging DDT. Jerry Lynn ainda arma um Cross Armbar, mas é pego por um Splash de D-Lo Brown. Erick Stevens aparece quebrando a cover e tentando um Suplex. D-Lo Brown não sobe e fica aplicando cotoveladas no oponente.

Finalmente, Erick consegue o Suplex que queria, para em seguida subir no turnbuckle e tenta algo. O problema é que D-Lo é esperto e lhe dá um tapa lindo, para tentar um SuperPlex. Jerry Lynn aparece aplicando um Powerbomb no gigante, para ainda armar o Cradle Piledriver. Erick Stevens aparece com um Dropkick em Jerry Lynn, antes de cair para o ringside com D-Lo Brown. Jerry Lynn fica caído sozinho no ringue, quando vemos Bryan Danielson pulando para um Suicide Dive em D-Lo Brown, que atravessa o guard-rail.

No ringue, Stevens vai para um Splash no córner seguido por uma tentativa de Clothesline. Jerry Lynn escapa e consegue armar o Cradle Piledriver. Done! 1 – 2 – 3 e o campeão da ROH consegue reter o cinturão.

Vencedor: Jerry Lynn
Comentários: Vendo o nível dos quatro lutadores, poderíamos ter um combate maior e melhor, mas tivemos grandes spots nesse combate e pudemos ter uma prova do que é a técnica de cada um deles. Infelizmente, não deu tempo para desenvolver o combate como poderia, mas ainda assim, é muito melhor que os main-events de certa federação que eu conheço.

E finalmente vamos para o nosso main-event! Austin Aries e Katsuhiko Nakajima fazem a sua entrada primeiro, se posicionando no ringue à espera dos adversários. E eles são dois dos melhores lutadores que a Ring of Honor tem: Tyler Black e o japonês KENTA! Tem tudo para ser um main-event do… bem, do bem.

Tag Team Match:
Austin Aries & Katsuhiko Nakajima vs. Tyler Black & KENTA

Começamos o combate com Austin Aries e Tyler Black dentro do ringue. Aries afronta Black, para depois empurrá-lo. Black devolve o gesto, antes de buscar um Clothesline, do qual Austin esquiva. Aries aproveita para armar um Abdominal Stretcher seguido por uma Headlock, da qual Tyler sai jogando o oponente as cordas. Apesar disso, Aries consegue um Shoulder Block seguido por um Chop, que deixa Tyler irritado. Black se levanta e empurra o oponente às cordas, até o referee conseguir separá-los. Austin aproveita o tempo para fazer tag com Nakajima. Os dois lutadores se agarram, com vantagem para Black, que arma uma Headlock. Nakajima consegue fugir e se jogar às cordas para um Back Elbow, seguido por uma tentativa de Big Boot. Black consegue bloquear o golpe e armar um Chop no oponente, antes de buscar as cordas e tomar um Dropkick. Katsuhiko tenta outro Dropkick, mas Tyler Black foge. Mesmo assim, o japonês arma um Leg Drag, antes de voltar a ser empurrado às cordas, para tomar um Dropkick. Black aproveita o momento para fazer tag com KENTA, que entra encarando o compatriota. Os dois oponentes trocam socos e posteriormente, lindos e potentes chutes. Nakajima, finalmente, tenta um Leg Sweep, mas KENTA escapa e tenta um Spinkick, do qual o oponente também consegue sair. Os dois lutadores se afastam e se agarram, com vantagem de KENTA, que arma uma Wrist Lock. Entretanto, rapidamente Nakajima reverte o golpe, antes de acabar tomando uma sequência de chutes e um Dropkick de KENTA. KENTA ainda tenta agarrar o oponente, que tem força e o leva ao córner, para fazer tag com Austin Aries.

O ex-ROH World Champion entra e apenas observa KENTA. Ele diz a KENTA que não quer saber de chutes, apenas combate, e oferece a mão para um aperto. KENTA não quer saber e aplica um chute na mão de Austin, que parte para cima do japonês com uma Hammer Lock. KENTA, no entanto, é muito rápido e consegue inverter o golpe em uma Headscissors, que deixa o oponente parado por algum tempo. Entretanto, Austin consegue sair do golpe e se levantar, esfriando o combate mais uma vez. A torcida começa a gritar contra Austin, que vai para uma Headlock em KENTA. O japonês joga o oponente contra as cordas, mas acaba tomando um Shoulder Block. Austin se joga às cordas e vai para o Snapmare, mas acaba tomando uma Headscissors de KENTA. Austin foge do golpe e tenta um Dropkick, do qual KENTA também escapa. KENTA fica fazendo “não” para Austin, com os dedos, e acaba tomando um tapa. O japonês se irrita e parte para um Clothesline em Austin, que escapa do golpe, além de um dos chutes de KENTA. Austin sai do ringue e vai comemorar o feito no ringside, mas é pego por um Flying Clothesline de Tyler Black, direto do Apron. Black joga Austin no ringue, fazendo com que o americano seja pego por uma linda sequência de socos de KENTA, culminada em um Big Boot. Tyler Black recebe a tag do japonês e já joga o adversário contra o córner, para uma sequência de Chops, seguidos por um Hip Toss. Tyler coloca o oponente no córner e vai para 10 Punches, para aplicar um Suplex em seguida. Temos uma cover, mas apenas 2 na contagem. Tyler Black devolve a tag a KENTA, que trabalha junto com o americano em um High Knee seguido por Running Kick e Knee Drop. Temos mais uma cover de 2.

KENTA aplica um Snapmare no oponente e pula para uma pancada com o calcanhar no oponente. Ele faz a tag com Tyler Black, que vai para mais Chops em Aries. Black vai para o Irish Whip e se prepara para o Corner Clothesline, do qual Austin foge jogando o oponente no Apron. Aries aproveita o momento para derrubar Tyler para o ringside, conseguindo, posteriormente, um Elbow Tackle do turnbuckle. Austin vai buscar o oponente no ringside, colocando-o de volta ao ringue. Ele faz a tag com Nakajima, que entra socando o oponente. O japonês vai para um Irish Whip seguido por Dropkick e uma cover, de apenas 1. Katsuhiko Nakajima vai para um Snapmare seguido por Kick to Back, além de um Catapult para um Corkscrew Elbow de Austin, que receba a tag. Aries prende a perna de Tyler no ringue e faz tag com Nakajima, que entra chutando o americano. Ele vai para um Elbow no joelho de Tyler, antes de prender o oponente em uma Ankle Lock. Nakajima faz a tag com Austin Aries, que entra jogando a perna do adversário no ringue. Aries vai para uma submission no ombro de Tyler, que sofre muito no golpe. Apesar disso, Black escapa com cotoveladas, que não adiantam, haja vista que Austin consegue um Knee seguido por STO. Austin Aries provoca bastante o público e acaba sendo pego de surpresa por um Roll Up de Tyler, que leva a 2. Tyler Black se arrasta no ringue e vai para a tag com KENTA.

O japonês entra aplicando um Irish Whip em Austin, seguido por um Elbow Smash e uma sequência de Clotheslines em Austin e Nakajima. KENTA vai para um Suplex no americano e logo em seguida para um Springboard Missile Dropkick. Austin fica no córner e acaba tomando dois Yakuza Kicks seguidos por um Dropkick. KENTA vai para um Fisherman Suplex no oponente, tentando uma cover, que leva a 2. KENTA não desiste e arma um Boston Crab, interrompido por Nakajima, que vai para diversos chutes. Apesar disso, KENTA vai para um Big Boot no oponente, que cai para o ringside. A distração, no entanto, causa problemas para KENTA, que é pego por Austin Aries. O ex-ROH World Champion ainda aproveita para fazer a tag com Nakajima, que entra aplicando diversos chutes no adversário. Temos um Irish Whip seguido por Corner Clothesline de Nakajima, que ainda vai para um Suplex e um DDT. Katsuhiko é aplaudido pelo público, antes de subir no turnbuckle para um Missile Dropkick. Mais uma cover: 1 – 2 – Kickout. Nakajima tenta um Back Suplex, mas KENTA foge. Mesmo assim, Katsuhiko vai para uma sequência de chutes, antes de um Enzuigiri. Mais uma cover de 2. Nakajima não desiste e joga o oponente no córner, tentando um Corner Clothesline. KENTA, no entanto, consegue afastar o oponente, armando o Tornado DDT. Nakajima bloqueia e consegue um Spinkick, seguido por uma tentativa de SuperPlex. KENTA consegue bloquear o golpe e derrubar o adversário no ringue, para armar o Double Stump. KENTA arma o GTS, mas Nakajima bloqueia. KENTA não desiste e vai para uma sequência de chutes. Ele volta a armar o GTS, mas é pego por uma Hurrincarana de Nakajima, que ainda consegue um Superkick. Katsuhiko repete o golpe e vai para as cordas, mas é pego por um Clothesline.

Os dois lutadores ficam caídos, e a torcida vai ao delírio com o excelente combate. Os dois se arrastam para buscarem seus córners, e só após um bom tempo, Nakajima consegue fazer a tag com Aries, que entra derrubando Tyler Black do Apron. Aries aproveita para um Back Suplex em KENTA, seguido por um Dropkick no córner. Cover: 1 – 2 – Kickout. Austin tenta um Suplex, mas KENTA reverte o golpe em um German Suplex, antes de fazer a tag com Tyler Black. O parceiro de KENTA entra aplicando um Slingshot Clothesline, seguido por um Corner Clothesline e um Paroxysm, para a cover: 1 – 2 – Kickout again! Tyler coloca o oponente nos braços, mas Austin consegue fugir. Mesmo assim, Black arma um Lariat seguido por um Standing Shooting Star Press, para mais uma contagem de 2. Tyler vai para o turnbuckle e se prepara para saltar, mas Austin escapa e vai para um Arm Drag, seguido por um Horns of Aries. KENTA aparece no ringue para quebrar a submission, mas logo é derrubado para o ringside por Nakajima. No ringue, Austin Aries coloca Tyler Black no turnbuckle para tentar o Brainbuster. Black consegue reverter para tentar um Powerbomb, mas mesmo com a ajuda de KENTA, acaba tomando uma Headscissors. Tyler Black, mesmo assim, consegue se recuperar e jogar o oponente contra o córner. O problema é que Nakajima aparece para 3 Superkicks seguidos. KENTA aparece no ringue com um Buzaiku Knee em Nakajima. Austin, no entanto, vai para o Kick to the Head em KENTA, que fica caído. Tyler tenta o Pelé Kick, mas Aries se abaixa e vai para o Brainbuster! O momento OMG do combate é quando Tyler reverte o golpe em um God’s Last Gift para a vitória!

Vencedores: Tyler Black & KENTA
Comentários: Combate realmente SENSACIONAL! Parabéns mesmo à ROH e aos lutadores por produzirem um main-event tão bom! É um dos melhores combates que vi nos últimos tempos, com as doses certas de emoção, técnica e storyline, sem precisar usar uma estipulação sangrenta para deixar o público de pé. O main-event apenas coroou um grande PPV feito pela ROH, o último com a produção “atrasada”, digamos assim, e para fechar realmente com chave-de-ouro. Até peço desculpas por alguns exageros na análise.

Abraços!

Anúncios

10 comentários em “ROH Take No Prisoners 2009

  1. King só uma correção, é KatsuHIKO

    essa é a magia de “KENTAjima” hehehe
    Combate sensacional como os dois sempre fazem. O Nakajima tem só 21 anos e já é um puta wrestler (Ele viro profissional com 14!)

    Recomendo assistir a luta que os dois fizeram na NOAH no dia primeiro de março, não tem nem o que falar.

    O último PPV da ROH (por enquanto) realmente cumpriu o que prometeu

  2. Lembra o que eu falei sobre ver ROH e que eu iria ver Matt? Começei a ver esse PPV vamos ver como é e depois volto aqui pra falar o que achei (valeu por insistir pro pessoal ver ROH porque é muito bom mesmo)

  3. Realmente bom esse PPV muitas lutas boas e duas coisas que diferenciam – se muito principalmente da WWE que é o Wrestling de qualidade, claro, e uma coisa que me irrita profundamente na WWE que é auelas submissions que duram uns 3, 4 minutos e não levam a nada na ROH isso não acontece sem contar que muitos wrestlers tem ótimas submissions para acabar com a luta enquanto na WWE os caras saem do Crippler Crossface do HBK do Walls of Jericho e Sharpshooter com uma certa facilidade.
    Sobre as lutas muito boas mesmo aquele harcore match aquele superplex doeu até em mim o Necro Butcher é meio grosso mas no Hardcore ele luta muito.As outras lutas eu tambb´me gostei em especial a Fatal four Way e principalmente o Main Event, os cars lutaram demais meu Deus!!
    A única luta que eu achei meio ruinzinha foi a triple threat porque além de ter um fim zoadinho os lutadores , principalmente o Cláudio Castagnoli pareciam meio lentos ei lá mas o resto excelente mesmo.
    Vou tentar acompanhar ROH o máximo que der parabéns pela review King voltou com tudo hein!!

  4. Ja tinha assistido o ppv, achei muito bom, KENTA luta muito, agora vou tentar acompanhar mais as fed japonesas, bom trabalho King, e ao pessoal do Spirit que disponibilizarem.

  5. Dogeat, sempre uso os seus vídeos, sou inscrito em sua acc no Youtube e nas primeiras reviews que usei seus vídeos coloquei. Tanto é que o pessoal já reconhece como vindo do Wrestling Spirit. O Matt que acessa sabe. 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s