“Recordar é viver…”#9

Rapaziada do mal! Não me xinguem! Voltei depois de um tempão prometendo fundos e mundos para o GRtR, fiz alguns textos e depois sumi novamente. Desta vez vou explicar: fiquei sem a estimável internê! Mudei de endereço e não consegui me conectar neste adorável mundo virtual da porradaria!

Mas chega de desculpa! Boemão está aqui, mostrando para o que veio! Lógico que com uma ajudinha do passado…rs.

Sem delongas, apresento a ultima historia da série “Diversidade do Wrestling”! Desta vez eu falo sobre os Fanfarrões da WWE na época. Personagens, que com seu jeito peculiar, estragavam a nossa amada e querida luta-livre!

Além da minha opinião atual em vermelho, mostro os comentários que bombaram na época! E não foram poucos!

Grandes Amigos! Como diz o poeta: tudo que é bom, dura pouco ou acabou-se o que era doce! Não digo isso asfixiado pela soberba, achando que a série “Diversidade do Wrestling” foi um marco da blogsfera, mas para este humilde e enxerido cronista, esta série foi muito especial (foi mesmo! Saí do EDL do amigo Corbari e fui parar como cronista do melhor blog de wrestling do Brasil!). Além de falar sobre algo que me fascina, ela está sendo um treinamento para minha escrita, servindo para aumentar meu vocabulário e assim ajudando proliferar o nosso vernáculo (viu? Coisa linda…). Inspirado pela despedida do ano,segue o ultimo artigo da série (faço minha, as palavras do velho Boemio! Final de ano de novo!).

Repito a pergunta que fiz no artigo anterior. Se já descrevi as cincos características mais importantes que um Wrestler pode ter e fechei com os lutadores que contém todas elas, o que será este último (o que será?)?

Todos sabem que nem de feras e monstros, vive o Wrestling. Existem figuras que estão no meio das estrelas, mas não brilham tanto assim. São tratados como cavalo alazão e na verdade são legítimos pangarés. Desta vez amigos, falarei dos lutadores que maltratam o ringue, que estão mais por fora do que umbigo de vedete, são os famosos e nem tanto talentosos, pernas–de-pau, fanfarrões ou ridiculamente: os trapalhões! (Ô da poltrona!)

Que montagem horrível!!!

Pensei muito para fazer este artigo e uma das idéias que veio a minha cabeça foi apenas criticar e execrar o mau Wrestler. Poxa, em mundo com coisas muito mais sérias a pensar, não seria bacana da minha parte ir para este lado. Então, parti para outra linha, a linha do humor (é mesmo! Olha que bacana ter um monte de gente rindo de um texto seu! Isso é bastante gratificante!).

O futebol é o esporte onde todos os tipos aparecem: cavalos, líderes, técnicos, habilidosos, raçudos, etc. Também é lá, onde existem sujeitos que foram agraciados com a mais pura sorte. Jogadores que não tem talento algum, mas de alguma forma conquistaram seu espaço, mesmo sendo criticados e vaiados. Não vejo no vôlei, jogadores furando um ataque ou levantando para o nada. No basquete é difícil um jogador quicar a bola no próprio pé ou até mesmo errar a tabela em um arremesso. Nunca vi também um cara de mais de dois metros ser jóquei. Mas o futebol é diferente! Lembram do famoso Juca Baleia? Goleiro do Sampaio Correa que pesava mais de 110 kg (Jesus…onde tirei isto!). Ou o burocrático Marcio Costa, campeão pelo Fluminense e Flamengo, que conseguia errar passe de 3 metros. Pior ainda é o time do Vasco de 2008 que será rebaixado com peças “fanfarrônicas” como Beto Cachaça, Odvan, gigante Madson … (calma gente, se o carro “morreu” engata a SEGUNDA e vai no tranco…)(Hahaha…O Jack adorou esta parte. Bom… eu não posso falar nada, pois hoje temos feras como: Val Baiano, Borja, Kleberson “Chuteirinha” e D2) .

No Wrestling errar é “botchar”! Que na linguagem da luta-livre significa tentar um movimento e este não sai como previsto, causando um erro grotesco. O fato de errar não faz do lutador ser o sujeito mais ridículo do mundo, pois o grande lutador também falha. Vide Jeff Hardy, que errou feio ao dar um Whisper In The Wind em Mr Keneddy, fazendo-o cair parecendo uma maçã podre. Mas o “botch” pode causar danos quase letais vide Owen Hart contra Stone Cold, quando este teve problemas sérios na coluna por causa de um tombstone piledriver desastrado de Hart (isso é sério!).

Mas para ser trapalhão não basta somente errar. Como disse acima, existem sujeitos que a simples existência na luta-livre já causa desconfiança. E para ilustrar este filme de terror irei citar quatro trapalhões! E que me perdoem os gênios do humor Didi, Dedé, Mussum e Zacarias.

1) Funaki (Jesus!!!)

OK, OK, já sei o que alguns vão falar: “mas o Funaki é um grande lutador japonês. Aprendeu em grandes federações Indys de lá!”. Amigos, convenhamos que a figura não bota medo nem no jardim de infância! Funaki não faz força para ser sério, e sua estatura minúscula, cabelo alorado e cara de japonês bobo execram muito bem este estilo.

O Japa deve ter “dados uns amassos” na namorada de algum Booker ou xingado a mãe de Vince McMahon, para tratarem tão mal dele. Só aparece para ser jobber ou ser debochado. Lembra quando entrou no ringue, cantando sua infame musica acompanhado de “monstros” como Boogerman e Hornswoggle. Para piorar botaram um kimono na fera e estão o chamando de Kung Fu Naki!!!

Na verdade, pela sacanagem que fazem com ele, poderiam o chamar de Kung “Tô Fu” Naki e em vez de seu Kimono, ele poderia usar uma camisa de força.

Não sei se mesmo dando um push para Funaki, tornando-o mais sério, este se tornará um Wrestler de ponta. (Não deu em nada mesmo! O cara apareceu poucas vezes depois e, mandaram o Rei do kung Fu embora!)

2) The Great Khali

Amigos, este que é o famoso perna-de-pau! Seu enorme corpanzil e seu jeito de andar não parece aqueles sujeitos que andam através de uma perna de madeira? E seu destemido queixão, que parece que o gigante abacanhou um pinico?

É, realmente Khali não leva jeito para coisa. Ele é triste dentro do ringue e todos sabem disso. Promos nem pensar também! Sua temível velocidade que um idoso o ganharia em uma corrida com o pé engessado, piora o quadro. Só tem mesmo aquele tamanhão todo para dar algum crédito. Imagino as feições infelizes dos Wrestlers, quando vêem que seu adversário será The Great Khali! É mesma coisa de bater em poste ou atropelar um prédio!

Khali não pertence a este mundo. Tem problemas sérios no joelho e falhas na dicção, comprometem respectivamente sua ring-skill e mic-skill. Sua falta mobilidade se torna um estorvo para os outros lutadores desenvolverem movimentos e manobras.

Mas Khali não é todo ruim. Seu jeito de gente boa, sua carisma, faz Khali durar um pouco mais no ramo do Wrestling. E vai ser para o humor. Não adianta ele dar berros, fazer cara de mal, que o gigante será sempre lembrado como seu maior feito, a tosca “Khali Kiss Cam” (Continua a mesma bosta! Não tem condição nenhuma de ver Khali interpretando coisa séria!).

(Tentaram depois, colocar ele no time do Cena, quando este batalhava contra a Nexus, logo depois, arrajaram um jeito de tirar o gigante da jogada).
Pelo menos, ele conseguiu beijar a Mickie James e a Lilian Garcia (se fosse a Kelly Kelly, eu ficaria puto!).

3) Hornswoggle

PARA TUDO! O que um anão estás fazendo na terra de gigantes? MEU DEUS! O que um anão vestido de duende irlandês, está fazendo na WWE? Não pergunto isso acidamente somente pelo tamanho, pois Rey Mysterio é quase um (Há! Isso é a pura verdade…)!

Todos que abominam a “infantilização” da WWE devem odiar seu grande símbolo: Hornswoggle! O baixinho serviu para apagar um pouco de tudo que era radical, oriundo da “Attitude Era”. Mulheres semi-nuas se insinuando ativamente, caras bebendo cerveja no meio do ringue, vinganças e brincadeiras pesadas, palavrões a la carte, tudo isso foi substituído por um anão de bunda grande vestido de Leprechaun, que nem sabe falar, “somente” para abocanhar uma fatia gorda de mercado.

Falando da figura em particular, Hornswoggle é um bom anão. No circo onde veio, ele deveria ser o melhor. Tem um rosto engraçado, é ágil e esperto e até tem boa ring-skill (melhor que o Khali). Mas não podemos misturar. A luta-livre é para extravasar, para mostrar que somente o mais forte e esperto ganha. Essa história de colocar elementos infantis para vender chapéu verde acaba com a credibilidade do negócio (Sumiu! Faz pontas somente e não tem mais os holofotes. Durante este tempo até agora, teve uma storylines ridícula com a DX, sobre um tribunal de duendes que foi uma mancha na história desta grande stable…)

Até dar um título para Hornswoggle, a WWE fez!

4) Dave Batista (Aleluia!)

Imagino quando os bookers selecionam as lutas, entre os Wrestlers deve existir uma expectativa e temor para saber quem será o coitado vai lutar contra o “Animal”. Vejo, o HBK que ficou parado quatro anos por causa de uma contusão, recebendo a notícia que irá lutar contra Batista. Shawn deve botar as mãos nas costas e dizer: “Meu deus, ele não! Ele é um Animal!” (Hehehe, eu ri depois de um tempo com esta frase!)

Dave é um Wrestler encomendado. Pegaram um sujeito grande e musculoso, sem o menor talento para o negócio, deram para Ric Flair cuidar e tentar transformar em um Superstar. Ric é o mestre do Wrestling, mas não é mágico! Batista não leva jeito para a coisa, não sei se gosta do que faz, na minha opinião, passa a impressão que está lá somente por causa da grana e fama. É debochado nas promos sérias, não passa credibilidade e ainda tem uma mic-skill pobre (Aí que os adoradores de Dave pegaram no meu pé!).

Como outras pessoas já relataram, Batista tem um físico privilegiado e gimmick de fortão, mas demonstra que não tem tanta explosão muscular assim. Vide seu botche contra Umaga no Wrestlemania 24, que “The Animal” tentou dar um Batista Bomb no Samoano e não agüentando seu peso caiu de nádegas no chão. Posso escrever uma crônica inteira sobre outros botches de Batista, como por exemplo, aquele onde Batista após um spear mal dado em Edge, abriu uma fenda na cabeça (Draft 2008) ou então, o mais novo contra John Cena que culminou com sua contusão.

Mas vou parar, porque prometi que não iria execrar (muito).
(Ah Dave! Que prazer que tenho de ver você longe! Você era ruim como Face e foi mais bundão como heel!)

 
(Mas o que mais odeio em você, é que pegou a Kely Kely, sonho de consumo de muita gente, e terminou com ela por achá-la muito “imatura!)

 
(Boiola!)

É amigos, termina assim a série “Diversidade do Wrestling”. Para quem tiver curiosidade de ler os outros seis artigos, seguem os links.
Termina nada! Olha só os comentários que tiveram na ocasião:

1. Rolf – The Rock // 22 de dezembro de 2008 11:19
Sensacional Boemio, fechaste a série, continuarás com o Chokeslam do Boemio agora?

Os botches do Batista dariam um texto. Esse do Umaga foi foda. O Batista é um dos mais bombados da WWE e não consegue dar um Batista Bomb no Umaga, sendo que o Cena já conseguiu dar FU no Big Show e no Viscera (Big Daddy V).

Legal Boemio! Tava sumido hein…
2. Jack // 22 de dezembro de 2008 11:28
Um flamenguista escreveu o espaço dos leitores 24?

Rá!

E tenho certeza que os fãs do Batista irão se pronunciar por aqui 😛

3. Buba // 22 de dezembro de 2008 11:59
Funaki é bom, mas a WWE avacalha muito com ele, o Great Khali passa pelo menos força, agora Batista e Hornswoggle é pra acabar… um quebra todo mundo (apesar de q a contusão do John Cena me pareceu mais um kayfabe, até porque foi muito providencial, ele se lesionar e o Rey Mysterio voltar pro lugar dele no Scramble) e o outro é o rei das crianças, é mais rei que o Jair, aquele que puxava caminhão, levantava pedra, alguém lembra? hahahaah

Ééé, é a WWE tá se acabando por seus próprios erros.
4. Anônimo // 22 de dezembro de 2008 12:24
Ei, o que vc acha mais facil, levantar Um kra para dar um FU ou para dar um batista bomb seu noob, vc deve torcer para Orton, Cena e Shawn que apanha para Batista toda vez que luta, HornsWoogle é o entreterimento fora das lutas da ECW, e The great Khaly é tudo que vc falou de Batista !
5. Anônimo // 22 de dezembro de 2008 12:26
consetesa anonimo!
6. Anônimo // 22 de dezembro de 2008 12:27
BUBA : Ééé, é a WWE tá se acabando por seus próprios erros.

O Blog tambem!!
7. Rato // 22 de dezembro de 2008 12:58
Levantar um cara para um FU é mais dificil que levantar um cara num Batista bomb. Motivo? O fu você coloca o corpo inteiro do cara em cima de você. E além de tudo, Batista deveria levantar qualquer um sem dificuldade nenhuma, afinal, ele é um “Animal”. Hornswoogle é ridiculo. Graças a ele a ECW perde o extreme mais ainda. E ainda perde tempo de luta, dando espaço pra ele aparecer. E quando o Finlay luta, a gente já sabe o final: Juiz distraido, Horns joga aquela Slig sei lá o que pro Finlay, ele bate com ela no adversário, pina e vence. Sempre assim.
8. Nícolas // 22 de dezembro de 2008 13:07
Anonimo idiota…chammando Boemio de noob…e se você é tão bom pq não se mostra e diz pra nós em qual grande blog vc está;;;

concordo com tudo o que o Boemio disse…Khali e Funaki vai pq o primeiro demonstra força e pode ganhar…
Funaki tenq se tornar serio e ficar no upper mid card…

Jah Batista eh mto ruim…mas a imagem q a WWE faz ele ter eh boa…soh q não pra ele…

Horns eh entreterimento…isso eh legal…mas ten q ter momento e lugar…pq ECW não eh lugar para anões…
9. Nikolai Sobrani // 22 de dezembro de 2008 13:14
Esqueceram de citar o Mark Henry!!!
10. Felipecena // 22 de dezembro de 2008 13:43
Mas naum foi o batista q machocou o Cena ele se machocou numa briga de bar
ai…
a WWE invento a historia q foi o Batista q tinha lesionado o cena
11. Felipecena // 22 de dezembro de 2008 13:47
O Hornswoggle serve mais pra atingi o publico alvo q saum as crianças.
12. Anônimo // 22 de dezembro de 2008 13:49
cara….. só faltou vc falar do John Cena!
huauauahua! mto bom!
concordo com td q vc disse(só nem tanto com o Funaki).
mas eu estranhei vc falar de pessoas q não foram feitas pro wrestling e não citar o “PEOR” de todos, Jão Cina!
13. Jack // 22 de dezembro de 2008 13:51
Onde você viu isso Felipecena?

O problema é que o Batista é bem mais musculoso que o Cena e deveria ter força o suficiente para executar o Batista Bomb. E se não tivesse, não deveria ter tentado, já que cair de nádegas em pleno WrestleMania 24, com mais de 75 mil pessoas assistindo ao vivo, é meio vergonhoso. Não?

Poderia até encerrar com um Spinebuster…
14. ‘Cross The Line – Levi // 22 de dezembro de 2008 14:00
Meu caro Felipe…

Cena ? Você tem certeza que o John Cena se machucou numa briga de bar ?

15. DEL TACO el matador // 22 de dezembro de 2008 14:01
Faltou CENA aee q pra min eh bem pior que o batista, batista na epoca antes e na epoca da evolution era um grande wrestler.
16. ‘Cross The Line – Levi // 22 de dezembro de 2008 14:06
Ha! Jack, o caro Batista nunca acabaria uma luta com um simples SpineBuster, isso posso dizer que ele nunca faria… xD

A não ser com o Big Show e o The Great Khali xD
17. x.Alan.x // 22 de dezembro de 2008 14:40
Cara, sem palavras^^
18. Boemio // 22 de dezembro de 2008 14:42
Rapaz, acho que eu estou velho para o negócio. Fui xingado de um negócio que eu nem sei o que é.

Como sou um “garoto esperto” procurei na internê para descobri. E o olha o que vi:

“Newbie ou Noob é uma palavra inglesa para novato ou ainda, neófito. Embora algumas pessoas achem que o termo varie do inglês “new boy” (“garoto novo”), o certo é que a origem de newbie vem de New (novo) + Bio (vida). Seria algo como “recém nascido”, ou, por contextualização, “recém chegado”.”

HEHEHE gostei muito disso. Depois de passar dos trinta e ser chamado de novato, inexperiente em alguma coisa, é muito bom . Serve para mostrar que tenho muito a aprender ainda mesmo – e com sinceridade – graças a Deus!

Somente um tolo acha que sabe de tudo ou domina inteiro um assunto. A soberba arruina o homem! Apesar de achar, o Anônimo das 12:24, que vc não é um homem feito ainda.

Assisto luta-livre desde da década de 80 (neste tempo vc não devia nem estar no saco do seu pai ainda), mas aprendo muito em cada dia visito este blog. Todos são mais novos que eu, mas os respeito muito. Admiro muito Jack e Fábio Corbari, conhecedores profundos do assunto. Alegro demais, em ler coisas do Rolf, Nícolas, Ayatetsu que são garotos mas com uma maturidade de dar inveja a muito marmanjo. Aprendo demais com eles.

O objetivo do texto é esse mesmo! Serve para gerar discussões, como fez o Buba, Levi e Felipecena. Não sou dono da verdade, muito longe disso. Estou aqui para dar minha opinião e também para ouvi-las!

Anônimo as 12:24, continua comentando, mesmo que seja para falar mal.Isso é prova que vc leu o texto (que para vc deve ser um feito) e se deu o direito de aprender mais um pouquinho.

Obrigado a todos que leram e comentaram!

Abraço,

Boemio!
19. Fenrir // 22 de dezembro de 2008 15:02
Concordo com tudo que vc disse Boemio, excelente! Mas o Batista já usou Batista Bomb no Manu que tecnicamente tem um peso parecido com o do Umaga, eu não acho ele tão “fraco” assim =).
20. Jack // 22 de dezembro de 2008 15:31
Boemio, o cara decide qual lutador é bom ou ruim pelo resultado do combate!

Achar que “fulano é bom porque derrotou ciclano” é passar um atestado de não entender nem o mais básico conceito da luta-livre: O resultado do combate é definido por um booker!

Não leve uma consideração dessas a respeito, ainda mais para querer falar da sua qualidade que é excepcionalmente boa, como todos sabem.

Você só não sabe escolher time de futebol hehehe…

21. Boemio // 22 de dezembro de 2008 15:53
Valeu Jack!

Então ele deve achar o Kozlov o melhor do mundo…O cara nunca perdeu! Rs

Em relação a sua frase, “Um flamenguista escreveu o espaço dos leitores 24?”, digo o seguinte: O espaço dos leitores é do Fábio, então a responsabilidade do número é dele. E isso está bem coerente para um Colorado, né? hehehe

Fenrir – o Batista é forte sim. Só acho que falta coordenação e explosão muscular a ele. A sua gimmick pede muito isso. Valeu pelo elogio!

Aos demais, obrigado pela força!

Nícolas e x.Alan.x – Vcs fazem falta aqui no blog…

22. Allyson // 22 de dezembro de 2008 17:13
Boemio não diga isso.

Só porque Funaki é jobber não quer dizer que é ruim, por acaso você já viu ele lutando no Texas Wrestling Alliance?
Você está fazendo a mesma coisa que dizer que Santino Marella não sabe lutar só porque ele tem a gimnick de ‘tongo’.

Khali é sim bom wrestler, não viu a participação ótima dele contra Taker na feud em que os dois tiveram?
Só que depois disso Khali não conseguiu desenvolver feuds como essa.

De resto está bom.

23. ‘Cross The Line – Levi // 22 de dezembro de 2008 17:35
Haha! Que comida de Rabo bonita no cara que te chamou de Noob xD

Alias perdão pela falta de educação, vim aqui e nem elogiei a ótima crônica que a vossa senhoria fez.. xD

parabéns e continue assim =)

24. Anônimo // 22 de dezembro de 2008 19:46
Parabens pela cronica!

Você escreve muito bem, discordo em alguns assuntos. O fato de vc achar um wrestler fraco ou não, vai muito além disso. Acredito que algumas criticas não são porque vc acha o Batista limitado ou qualquer desses wrestler que vc citou. Nos temos a opção gostar ou não gostar, nos vemos estes wrestler em shows semanais e PPV’s e com algums logo se identificamos, então podemos dizer julgamos muito mais pelo aquilo que vemos, podemos ate dizer “julgamos o livro pela capa”. Todos estes wrestlers citados tem seu valor e são importantes a este mundo tão intrigante do wrestling.

Esta e minha humilde opinião!

Continue assim, se esta cronica esta tendo tantos comentarios, e porque o que vc escreve e realmente muito bom!

25. Jack // 22 de dezembro de 2008 20:00
Exemplos de que não é necessário concordar com o que foi escrito para comentar bem: O comentário de Allyson e do Anônimo das 19:46 foram ótimos. Mostraram a sua opinião e ponto de vista com clareza 🙂

26. SxH| The Game // 22 de dezembro de 2008 20:27
Concordo com tudo que o Boemio citou em sua crônica, mas eu acho que o Khali “melhorou” depois de fazer o face turn, eu gosto do Batista ainda mais quando resolve tudo na base da porrada, eu gostava do John Cena na época de SBT, mas depois de acompanhar o Blog entender um pouco mais do assunto e ler as análises da Raw eu percebi que o John Cena não luta nada, mas tem uma Raça e uma Vontade admiráveis, em relação a Batista Bomb e F-U. O Batista Bomb é mais difícil, pois exige que se tenha muita força nos braços e o F-U além do apoio dos braços existe as costas e os ombros que suportam boa parte do peso tornando-o mais simples de se aplicar. E pra deixar claro Batista já aplicou o seu finisher no Big Show e no Kane(que também não é nenhuma pena) e um exemplo de como o F-U é simples, o início do F-U é o mesmo do GTS e o CM Punk sendo um Light Heavyweight já o aplicou no Big Daddy V, acho o GTS mais dificil e mais danoso ao adversário que o F-U

27. DEL TACO el matador // 22 de dezembro de 2008 20:37
concordo inteiramente com SxH| The Game falou e disse.

28. Boemio // 22 de dezembro de 2008 20:49
Tá bombando…Também, assunto polêmico!

Respondendo:

1) Allyson:

Respeito sua opinião!
Não disse que Funaki é um mal lutador e muito menos que não é habilidoso, Allyson. Me compreendeu errado. Disse que Funaki não passa credibilidade. Os bookers detonam ele e ele aceita (talvez também aceitaria por uma estabilidade financeira). Para mim, não tem biótipo de lutador de Wrestling.

Marella, tem seu papel na WWE, apesar de achar que seja também mal aproveitado, não deixando-o lutar de verdade.

Khali, para mim é horrível! Mas acho um vencedor, com todos os problemas que tem ( joelho ferrado e falhas na dicção)
Valeu pelo comentário!

2) Levi:

Que isso rapaz! Vc é de casa. Obrigado mesmo pelo elogio.

3) Anônimo das 19:46

Vc também escreve muito bem. Pena que está como anônimo! Aparece rapaz! Um cara inteligente que nem vc, tem que ter nome!

Minha intenção é fazer um antagonismo com todos os wrestlers que falei nos artigos anteriores. Claro, que todos tem seu valor. Chegar lá não é fácil e todos merecem respeito. Por isso que usei o humor (confesso que com o Batista peguei pesado! rs).

4) Jack

Concordo contigo. São pessoas inteligentes, que querem mesmo é falar de wrestling. O mesmo que a gente.

5)SxH| The Game

Acho que o Cena realmente não é técnico nem hábil, mas uma coisa tem que concordar: ele ama o que faz! Já o Batista demonstra que não…

Obrigado Amigos e desculpa qualquer coisa!

29. King // 22 de dezembro de 2008 21:21
Depois de 30 comentários, é minha vez, porque senão o Boemio não vai nem me achar por aqui.

(Kung) Funaki
Para mim, o Funaki é um lutador razoável, que poderia apresentar bem mais do que apresenta hoje em dia passando pelo que passa na WWE. O problema é que ele não faz o menor esforço para se valorizar, ele próprio se debocha. É como aconteceu com o Super Crazy. O Crazy estava sendo um dos maiores da companhia, e uma hora ele tomou dignidade e foi embora. É isso que falta ao Funaki. Olhar para si próprio e perceber que não é justo para ele ficar nessa situação.

The Great Khali
O Khali para mim até que é um lutador razoável. O problema dele é realmente o jeitão de cara desconcertado. Mesmo assim, parece que ele está tomando o rumo certo para ele, indo na base do humor, mesmo que eu não goste muito desse meio de vida para se promover. Entretanto, não posso negar que a Kiss Cam ajudou muito a re-construir a imagem de Khali, mesmo que como um palaçho. (Ps: ele também beijou a Eve)

Hornswoggle
Concordo plenamente com você quando dizes que Horns é o puro símbolo da queda brusca de ‘faixa etária’ que a WWE vem sofrendo. Entretanto, ele, agora, pode fazer até algo de importante para a ECW – quem diria o símbolo das crianças na ECW, na brand extreme – sendo o pivô da feud entre Mark Henry e Finlay, que pode até render alguma coisa.

Dave Batista
Para mim, nem Batista nem Botchista. É Bostista mesmo, me perdoando pelas palavras. O cara é extremamente forçado, bombado e o interessante é que nunca foi pego na Wellness Policy.

Fim de comment. Mas antes, tenho de elogiá-lo pela excelente crônica, com um grande tema, parabéns.

Abraço!

30. Eros // 22 de dezembro de 2008 21:55
É a primeira vez que comento no blog e vejo wwe/f desde os tempos da manchete. Achei interessante a discussão, só não acho correto a agressão verbal aqui, porque enfim, isso daqui é pra debate e tá parecendo até torcida inimiga de futebol, mas tudo bem….vamos lá…

Fu Naki – pra mim ele está lá pra entreter e deixar engraçado o SmackDown, mas convém-me dizer que deram um Up nele nos últimos tempos, até mesmo quando lutou junto a R-Truth contra MVP e Shelton Benjamim.Ele pode realmente vir a ser um wrestler de ponta se ficar com uma aparência mais seria, até porque não há nenhum com um estilo parecido ao dele, o que seria o diferencial.

The Great Khali – Agora o gigante é um Baby Face. Está meio distante dos combates, mas nunca achei legal sua forma de lutar, mas temos que ser realistas, um cara daquele tamanho….Só tem a oferecer o medo que ele pode meter mesmo nos outros adversários, além de utilizar sua força, que nem aparenta ser tão superior ao dos outros wrestlers, já que Triple H quase ganha uma queda de braço entre os dois.

Hornswoggle – sem palavras….na minha opinião se ele aparecesse somente fora dos ringues era melhor, mas fazer o que…

Batista – o cara não é muito bom mesmo não, os combates dele não meio sem emoção e muita mobilidade. O cara é forte sim, mas concordo que se fizesse juz ao nome teria levantado o Umaga pro BatistaBomb. E outra, as promo do Batista são realmente ridículas. Quero enfrentar o Shawn Michaels por quÊ? Depois ficou visto que não era bem por Ric Flair.

Sou fã do Shawn Michaels e do Jonh Cena, e concordo que o Cena não é lá esses wrestlers dentro do ringue, mas já viram alguma promo como a dele? O cara qnd aparece pra falar é um gênio, sempre contagia o público e seu forte é ter o WWE Universe ao seu lado.
E o Shawn Michaels, o cara sabe lutar, é um wrestler de primeira, o que lascou um pouco a carreira dele foi aquela gangue de nova iorque q ferrou as costas e o joelho dele. Sem falar que é outro cara que faz uma Promo e tanto!

Poisé, gostaram?
Não?
Só lamento!!!!

=p

Abraços.

E parabéns pelo post Boemio! Você fala muito bem sobre a WWE!

31. Boemio // 22 de dezembro de 2008 22:30
Cara que maneiro. Esta história de blog é coisa mas fantástica que existe. Junta um monte de gente diferente, mas com alguns tendo a mesma opinião. E outras tão antagônicas!

Reparam que Eu, o King e o Eros falamos a mesma coisa, mas com palavras diferentes?

Só discordo com o Eros, em uma coisa: não rolou agressão verbal, foi somente um cara que todos sabem quem é, que vem ao blog arranjar confusão. Deixamos isso pra lá.

Obrigado pelos elogios!

32. O Raposa // 23 de dezembro de 2008 00:28
Quem seria o Dofus?
se for ele vive invadindo as minhas charges pra chorar…
Hehe alias bom texto…seu senso de humor me lembra o meu (e do Amer) quando escrevo algumas coisas para a comunidade da WWE no orkut hehe!

Caraca…30 anos, é bastante tempo para se lembrar de lutadores “maguinificos” do passado como o Criador de Porcos e o “Man o War” Montoya hehehe!

33. Gustavo // 23 de dezembro de 2008 01:10
Nossa uhauhahuhhauhahua! ri muito com sua crônica muito boa eu não sabia o que você iria escrever na sua última crônica mas escrveu muito bem e um ótimo tema.
Eu acho Kung Fu Naki un fanfarrão pois o finisher dele é muito estranho (karatê Kid) eu lembro dele tomando uns Last Rides quando o Undertaker ensinou o Kane a dar um Last Ride.
O Khali só vai fazer lutas contra jobbers e Khali Kiss Cam pois ele tá igual ao André The Giant juntas “podres” e sem mobilidade (mas André era bem mais habilidoso).O Hornswoggle dispensa comentários não sei como ele fica na WWE.Ele só devia fazer no máximo promos.
Bem minha opinião do Batista é que:pra mim ele tem slams bem dahora como Spinebuster , Spear , Batista Bomb, Running Powerslam, Black Hole Slam e etc. mas ele executa muito mal e dá vários botches.
Ah e só uma pequena correção o Austin se machucou com um Piledriver e ele nã queria receber mas o Owen insistiu muito e acabou dando nisso né!!
Ótima crônica adorei só espero que você faça mais crônicas e continue com o Chokeslam do Boemio.
Abraço!

34. Gustavo // 23 de dezembro de 2008 01:12
Mas uma coisa esses anônimos são ridículos não entendem nada de Wrestling e ficam criticando o Blog faz um Blog melhor então ou pelo menos mostra seu nome e não se esconde atrás no “Anônimo”

35. Gustavo // 23 de dezembro de 2008 01:14
Mais uma coisa acho que o que o Felipecena falou é verdade acho que não foi o Batista que o machucou já tinha visto isso em algum lugar.Só não sei como ele se machucou

36. Fabio Corbari // 23 de dezembro de 2008 01:47
Grande Boemio…ótimo novamente

A Última? :o, e aquela nossa análise da “parte Boa” do Wrestling? hein? hein? hehehe

O Espaço Dos Leitores Número 24 foi de um flamenguista? ehheheh. Não lembro desse detalhe, mas o 2º foi um Vascaino, Acho eu… :p

é Isso ai Psit, Cacildis… Escolheu bem os componentes dessa edição, concordo com o que você disse, tanto na crônica como nos comentários. Claro que tem muitos ainda, que merecem essa remuneração de “Trapalhão”, mas seria necessario uma crônica gigantesca..ehheheh

E Pô, Boêmio é da Velha Guarda, fã incondicional do Gaitero, Gigante e MAbel Uh Tererê. ehheheh. Grande Boêmio, Parabéns novamente pelo artigo…

Mas acabou a série apenas né? queremos mais postagens Boêmicas por Acá :p…ehhehe

Abs

37. Boemio // 23 de dezembro de 2008 10:46
E continua bombando…

“O Raposa” – Para levar a vida tem que ser com senso de humor, senão estamos FU (homenagem ao Cena e ao FUnaki)! Vi algumas charges suas e gostei muito…
Lembro de mais cara dessa leva, época de ouro: O Lixeiro, Professor de Aeróbica,123 Kid, mais antigo ainda: cachorro vira-lata, Mosca, King Kong Bundy, Sr Maravilha, etc…rs

Gustavo – Obrigado pelos elogios! Achei que não ia comentar!rs
Mesmo assim, Owen Hart fez e botchou causando o dano para o SCSA.

Mr Corbari! Valeu pelo elogio! Tem muita fera ainda solta que não coloquei no artigo, mas é melhor não citar não…hehehe

Eu continuarei escrevendo com as colunas “Chokeslam do Boemio” e BRB.

Até a próxima!

38. Eros // 23 de dezembro de 2008 16:21
Esquecue do Aristocráta também Boemio, além dum chinês voador que tinha também que não me recordo o nome. O professor de aeróbica…Você lembra o ringname dele mesmo? Porque eu gostaria de procurar a luta dele contra o SHawn Michaels, que quase este beija a mulher do professor.

39. Icarix // 23 de dezembro de 2008 23:45
Para o Gustavo (comentário 35):

Na verdade o Cena, na época, machucou o pescoço durante uma luta num house-show da WWE nos EUA, nos dias úteis da semana após a luta com o Batista no SummerSlam! O Cena até conseguiu finalizar a luta nessa h-s, mas precisou ir para o pronto atendimento após isso!
Como não houveram fotos e nem imagens do house-show, tiveram que inventar uma storyline de que teria sido o Batista o responsável (mas não foi)!
E você não está errado Gustavo, chegaram a mencionar sim na internet sobre o ocorrido!

40. Cezar Augusto // 24 de dezembro de 2008 09:22
Boêmio, não tive a oportunidade de dar as saudações por sua entrada no corpo de colaboradores do blog Wrestling Brasil, então seja bem vindo! Gostaria de parabenizar pelos seus artigos, absolutamente TODOS estão sensacionais, e conseguiu com isso um objetivo importante: causar a repercussão e reflexão do leitor diante de suas escritas. Em relação a esse ultimo artigo, foi humor na dose certa, saiba que ganhou um fã que acompanhará sempre sua coluna.

Ps: que pose Gay essa do batista eim uahuahaaua

41. Boemio // 24 de dezembro de 2008 10:00
Grande Augusto! É uma honra receber um comentário seu. Sou leitor e seguidor de vc e do Jack desde do tempo WWB. Sou fã do seu trabalho e espero – de coração – que todos as barreiras e problemas que o afastou do blog tenham sido superadas.

Agradeço demais seus elogios e ficarei sempre grato com seus comentários e críticas.

Obrigado!

Ps: A pose é muito boiola….E com aquele risinho que todos odeiam!

42. Uncle Johnny // 26 de dezembro de 2008 05:37
Mesmo tanto tempo depois, não poderia deixar de comentar.

Maravilhosa a série de artigos, Boemio!

Nem tenho muito o que comentar, pois concordo com a maioria das coisas que você disse. Porém, acrescento duas coisas: Funaki “morreu” junto com a extinção do Cruseirweight Championship e a maior prova que The Great Khali não serve pra WWE, é que qualquer luta dele que tenha mais de dois minutos é horrível. Ele só está ali porque Vince gosta de gigantes (sabendo eles lutar ou não).

Valeu Galerinha! Comentem aí!

Anúncios

10 comentários em ““Recordar é viver…”#9

  1. Hehehe, desde sempre comentando nos posts do Boemio, nunca pensei que seríamos parceiro de blog um dia:D

    E é aquilo que o Corba disse comigo um dia, mesmo que você já soubesse coisas antigamente, você olha seus comentários, atitudes e jeito e SEMPRE pensa: porra, que noob eu era, como mudei HUASHUSAHUSHUAS e Garanto que daqui a um ano, olharei isso e falarei, de novo: porra, que noob eu era, como mudei. É o ciclo normal 😛

    Sobre o texto, realmente eles eram tão zuados, que até titio Vince reparou e tirou dois e outros dois mal apareçem, que bom, já que Horns e seu envolvimento com a DX me fez perder a paciência de ver Raw e perder a bela feud deles com Jerishow :S

    Agora ainda temos umas figuras bizarras lá, mas que dá pra aguentar, porque são bizarrices “do bem” (tipo o Marella ou o Goldust). Sempre houve e sempre haverá aqueles defensores de quem está por cima na WWE. Lembrem…. Batista, depois virou a febre Cena, ai os Hardyzetes, agora começa a era com nomes envolvendo The Miz (não que mudar seu gosto por alguém seja errado, até porque já fiz isso e com o próprio Miz, o que não pode é passar a gostar e idolatrar o cara cegamente só por ele estar no ME com o WWE title em mãos né).

    É isso ai, finaliza sua série que marcou (pelo menos pra mim) e agora é ver, esperar que outros membros antigos postem o Recordar é Viver, até porque nem dá tanto trabalho, logo, poderiam psotar pra nos relembrar dos textos simplesmente brilhantes da geração TIW/GRTR (você, Corba, Jack e Raposa) e também esperar ansioso por novosp osts seus, porque ai sim seria MAIS FOD* AINDA!

  2. Caraca mano, ótimo texto que vc fez Boêmio!:P

    Nesse tempo, eu ainda nem estava presente na Blogosfera… Era apenas um Noobzinho que só via a RAW e a SD pelo YT (Era tão Noob, que nem sabia o que era TNA ainda!). Bom, como disse o Gustavito, “crescemos”, somos mais desenvolvidos no assunto, e melhor ainda, comentamos em um estilo diferente! PS: Eu ri dos Comments dele na sua época Noob! UHAUSHUAHSUAHSUHAS

    Falando em Noob, tbm rachei demais com esse papo de “Nem sabia o que era essa palavra, e fui pesquisar à respeito”… Pô mano, aquela deve ter doido um pouquinho! xDD

    Bom, sobre o texto, concordo com tudo… Batista, nem precisa falar. Botchava em tudo (na época do texto), e ainda continuou (lembro um Segment em que o Mark Henry, entra no Ring depois de uma luta pra interferir e chegar “empurrando” Batista… Até aí, tudo bem. Mas o pior estaria por vir, quando, Batista se “atira” pra trás sem ao menos ter um possível “impulso” pra essa queda… Simplesmente ridículo!). Esse Batista Bomb, pra mim, é relativamente mais fácil pra se aplicar, pq sempre tem aquela “ajudazinha” por parte de quem vai receber, que sempre dá um pulinho se impulsionando pra cima… E o Batista, ainda consegue errar!

    The Great Khali, eu gostava um pouco dele quando estava na geração SBT… Lembro quando via as chamadas do programa, onde eles apresentavam um tal lutador, até que aparece um indivíduo gingante, forte, gritando… Fiquei abismado na hora. Pensei que aquele cara reinava na WWE. Mas tudo aquilo, não passava de uma simples ilusão… Vendo lutas dele, percebe-se facilmente que ele não tem “a ginga” de um lutador, mesmo com esses problemas terríveis que ele tem, onde qualquer coisa um pouco mais forte, pode deixá-lo até numa cadeira de rodas!

    Funaki… Pff, prefiro nem dizer…Não, irei dizer sim! 😀 Não gostava dele, ele era o “Cobaia” de tudo. Lembro tbm, que ele foi o cara escolhido para tomar um Tombstone Piledriver plagiado pelo Edge durante a RTWM, em sua Feud com Taker.

    O Horns, até que dá pra “deixar passar”. Ele é Anão, nem sabe o que é uma luta (No sentido de fazer uma luta a nível de Wrestling). É só mais para passar uma diversão à mais pra quem está assistindo… Eu não culpo ele por ser um dos “Trapalhões” citados no texto!

    Bom, eu gostei de verdade dessa sua coluna… Vi tudo nesse Post, até todos os comentários. Percebi até que poucos ainda acompanham o Blog daqueles que fizeram a sua parte comentando. E como eu não estava nesse tempo, faço a minha parte por agora!

    Parabéns, e que volte pra ficar mesmo! 🙂

  3. Mais vale a qualidade do que a quantidade!

    Agradeço amigos! Vamos para o tet-a-tet!

    gu574vo_wm25 – Caraca! Que nome enjoado! hehehe
    Valeu pelo comentário! Mas vamos fazer esse tempo voltar! É só bombar por aqui!

    Gustavo, meu camarada! Bacana ver seu comentário lá e aqui! Isso mostra que é meu amigo e sempre me dá força em que eu faço.
    Se eu, que tenho trinta e poucos, mudei minha forma de escrever e aprendi com os erros, imagina vocÊ que tem menos que 20 anos! Cara, é isso que nos engrandece!
    Engraçado, que antes você usava muito pouco a pontuação, mas hoje escreve muito bem! Estamos aqui para aprender e utilizar!

    Como disse, eu voltei para ficar. Só tive um contra tempo! Mas cara, precisamos realmente lutar para op blog continuar o que sempre foi! Esse é e vai ser o melhor blog de opinião de luta-livre do Brasil!

    E você é muito parte disso! Obrigado…

    Grande Rick! Leitor bastante fiel e inteligente!
    Gosta bastamte dos seus comentários!
    Cara, eu aprendo todo o dia! No trabalho, em casa e aqui! Realmente não sabia o que era noob. Aprendi, e entendi que isso não é uma coisa ruim. É apenas o começo!Obrigado!
    Seus comentários são sempre muito bons!

    Vamos gente! Eu gosto de qualidade, mas quantidade é bom também! Comenta trapalhão!
    RS

  4. Lembro muito bem dessa série de posts; lembro que gostei bastante na época e pelo que conferir novamente, o tempo parece ter mostrado o quanto você estava certo sobre diversos assuntos. E já que comentei na outra postagem, que eu comente nessa de novo, agora um pouquinho menos idiota em relação ao prowrestling.

    Kung Fu Naki – Sempre se tratou como um palhaço (espero que entendam a conotação) e por isso mereceu ser tratado de forma tão ruim pela WWE. Digo, se ele realmente valorizasse seu talento e a capacidade de alcançar algo que ele tinha (é óbvio que não seria uma estrela, mas poderia protagonizar alguns bons momentos no mid-card), teria pedido sua liberação ao primeiro sinal de injustiça. Mas nesse negócio, é muito mais cashing do que honra e, pelo menos, ele fez algum bom dinheiro enquanto esteve na empresa. Todavia, sempre foi bem claro: estava fadado à demissão.

    The Great Khali – Acho que foi o meu maior erro em relação a todos esses anos que eu acompanho prowrestling. Eu realmente achei, em algum ponto, que poderia ser credível; até razoável no ringue. Mas estava enganado e hoje em dia, ele prova a cada participação que não pode fazer nada demais no ringue, não tem capacidade de desenvolver uma grande personalidade e acaba fadado ao humor. Só que precisamos entender que o tipo de humor que o americano e, principalmente, o público-alvo da WWE atual gostam é esse que Khali apresentou por algum tempo.

    Hornswoggle – O comentário a respeito da simbologia de Horns para a WWE PG é fantástico. Ele realmente representa a decadência da WWE em termos de preocupação com o produto apresentado e se mostra como a prova de que a empresa foca a extrema infantilidade. Participou da D-Generation X em um momento extramente inoportuno, foi usado como escape para a desativação do WWE Cruiserweight Championship e acabou desaparecendo da mesma forma. Mas gosto de colocar na minha cabeça que poderia ter sido pior.

    Batista – Ridículo. Horrível dentro do ringue e fora dele, tanto sendo um lutador/entertainer como um worker da empresa. Enquanto Dave esteve no ramo, sempre deixou transparecer que queria a fama e o dinheiro e nunca se esforçou de verdade para melhorar ou fazer algo pelo menos razoável. O que mais me impressiona é que se investiu pesado nele e se apostou muitas fichas no cara. Bem, até hoje preciso entender como ele conseguiu tudo isso.

    Acho que não tem muita coisa pra falar além de mais uma vez parabenizá-lo por resgatar essa série excelente.

    • Eu também achei o Khali razoável um tempo, mas até acho que foi sim, mas o problema é que idade + problemas crônicos nos ligamentos e ossos o levaram a não conseguir mais nenhuma luta passar de 5 min sem que ficasse um lixo. Parte culpa dele ser sem técnica também, mas muito dele ter esses problemas.

      • Sim, sim, é óbvio que a questão das lesões atrapalha (é só ver a forma como o Undertaker sobre em cada combate que participa), mas independente disso, como personagem da luta-livre, ele deve muito, muito mesmo.

  5. Bom texto, Boêmio. Estava sumido hein??? hehe

    Bah, engraçado é que todos esses caras que você citou já deram adeus da WWE, digo, com a exceção do Hornswoggle, mas que se for comparar o destaque que ele tem atualmente com o que ele tinha antigamente, está pífio…

    Mas uma coisa tenho que discordar, tem que haver bom humor na luta livre sim… Mas é claro que o bom humor que esses caras pensavam ter era uma cilada…

    Hehe

  6. Eaiiiiiiii velho e bom Boemio.

    Bom te rever por aqui.
    Tempos legais que eu recebia posts do Boemio pro Espaço dos Leitores. E isso faz tempo hein, quanto tempo….

    Sobre as figuraças ai, falar o que? hehehe
    Quem já não foi Kickado, tá fazendo papéis esdrúxulos.
    Logo, tu acertou bem na escolha Boemio, hehehe…

    Grande postagem, bom revê-la.
    Abraço Brotha! Apareça mais, hehe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s