Why so wrestling? #2 – O rei!

Depois de uma semana de marasmo por minha parte aqui no blog, eis que volto com um novo artigo. Desta vez o mesmo se refere a uma lenda da WWE, que teve um grande destaque na semana passada, e que deixou-nos aflitos por alguns instantes…
https://getreadytorumble.files.wordpress.com/2012/01/sem-tc3adtulo-21.jpg?w=640&h=256

Bem, como o Gustavo já disse uma vez, eu já tive por um tempo na blogosfera, e em um artigo de minha autoria, já retratei a carreira de Jerry “The King” Lawler. E como recordar é… coisa de velho, porém as vezes é importante, eis que trago aqui novamente o artigo que já tivera escrito, mas acredito que a grande maioria esmagadora não lera, ou não se recordara… Aliás, o que mais me motivou a trazer de volta este artigo fora a incrível perfomance de Jerry Lawler naquela TLC Match, ele não passou vergonha, e fez uma bela luta, minhas palmas para a lenda! Então, que comece o show:

https://i2.wp.com/www.onlineworldofwrestling.com/pictures/k/kid/king2.jpg

Muitas pessoas não conhecem do passado de Jerry “The King” Lawler… Atualmente nós o vemos como o comentarista da Raw, um bom moço, que atura Michael Cole, Cole este que é uma boa representação do que Lawler era uns tempos atrás… Bem, vamos ao básico, ele nasceu no dia 29 de Novembro de 1949, em Memphis, Tennessee, mas a parte mais importante de sua vida ocorreu em Cleveland, onde ele se tornou fã de wrestling, e começou o seu gosto pela coisa, sendo fã da tag team Cleveland Browns & Cleveland Indians…Voltando para Memphis, já sendo fã de wrestling, Jerry Lawler começou a fazer pinturas de lutadores, durante as lutas e etc, assim como nós por vezes retratamos luta livre em alguma atividade do nosso cotidiano. Então alguém sugeriu que ele mandasse uma dessas pinturas para uma já lenda do wrestling na época, Lance Russell… Tome nota que Jerry já não era mais uma criança na época, nem um adolescente sedento por “conhecimento” (Et Bilu já existia naquela época hein…) Russel viu as pinturas de Jerry e gostou, começou a promovê-las nos eventos de luta livre da época, toda semana… Com isto, Jerry Lawler foi ganhando contatos, um top aqui, outro top ali, teve até contato com Jackie Fargo – se não me engano – a quem ele fez outras pinturas… E acabaram se tornando amigos…

https://i2.wp.com/www.onlineworldofwrestling.com/pictures/j/jerrylawler/15.jpg

Nesta época Jerry Lawler quis se wrestler, mas se recusava a meter a cara e responder: “– Ai sim hein… Vamos cai rpra dentro…” Em relatos que encontrei Internet a fora, Jerry encontrou-se com um outro wrestler de renome da época, Jerry Vickers, e ele pediu a Vickers para falar com Fargo sobre seu desejo de ser wrestler… Vickers aceitou, e dentro do papel passado isto serviria para divulgar os trabalhos de Lawler, mas também estaria realizando uma satisfação pessoal do mesmo… O lance da história, o pulo do gato vem agora, a apresentação de Jerry interessou aos promotores do território de desenvolvimento do Alabama, que puseram Jerry para treinar lá junto de Jim White, formando tag team, o qual ambos fizeram pequenas exibições nas cidades de Memphis… Uma de muitas curiosidades dos fãs de wrestling dos dias de hoje é entender de onde veio o nome The King, agora vem a razão… Jerry Lawler começou a ganhar um certo destaque, e então sendo amigo de Fargo, ambos trabalharam juntos numa rivalidade, e “segundo relatos” Jerry disse que derrotaria Fargo para conquistar o título de Southern, e se tornaria o rei do wrestling, e não deu outra, Jerry venceu o combate e foi ovacionado aos gritos de “The King”, “The King”…

https://i0.wp.com/www.onlineworldofwrestling.com/pictures/j/jerrylawler/23.jpg

Daí em diante, Lawler pode-se entender como um “main eventer” em Memphis, muito conhecido como The King (um cara trabalhador). Com esta boa imagem em Memphis, Jerry Lawler e Jarret largaram a companhia de onde estavam e decidiram montar sua própria companhia em 1977, a Associação de Wrestling Continental (Continental Wrestling Association), e que em pouco tempo fez sucesso em Memphis sendo a companhia oficial de lá. Neste final dos anos 70, Jerry Lawler seguiu sua carreira enfrentando umas muralhas, como Bob Armstrong, Jimmy Valiant, Bill Dundee, Joe LeDuc, nomes que você não conhece, mas se procurar pela história de wrestling entenderá do que eu falo… Desses com quem Jerry lutou, ele formou time com Dudee e Austin Idol… Por este caminho, Jerry também cruzou Terry Funk, e tiveram ambos uma das lutas mais comentadas pelos fãs de luta livre daquela região – Sabe aqueles contos de casas mal-assombradas que os vizinhos contam? Dizem que ali o marido batia na mulher e coisas assim? Então, desta mesma maneira que me refiro…

https://i2.wp.com/www.onlineworldofwrestling.com/pictures/05/lawlerkaufman1.jpg

Se você for parado na rua por um reporter de luta livre (algo que não vai acontecer, mas fique no mundo do faz-de-conta), e te perguntarem quem foi o pioneiro em histórias envolvendo televisão e esse mundo de entretenimento que vemos hoje? Bem, estrear não posso me atrever a isto, mas um dos pioneiros com certeza ele foi, Jerry “The King” Lawler em 1982 iniciou uma rivalidade com Andy Kaufman, ela começou simples, como todas as outras, desafios de combates, eu quero minha revanche, mas as coisas começaram a se esquentar cada vez mais, como quando ambos apareceram no Late Night com David Letterman, e Lawler espancou Kaufman, e ambos trocaram socos depois de umas ofensas ditas por Lawler… A rivalidade durou por cerca de 2 anos (e hoje reclamam de rivalidades de 6 meses) e foi interrompida da pior forma possível, Kaufman morreu com câncer pulmonar em Maio de 1984… Mas como o mundo é dos vivos, Lawler seguiu a vida e teve também muitas dores de cabeça com Jimmy Hart e a Hart Foundation, se bem assim podemos dizer.

A outra grande rivalidade de Lawler foi com Randy “Macho Man” Savage, que vinha fazendo inúmeros desafios à ele na companhia rival, a ICW, que se baseava basicamente em Lexington, KY. Depois que a ICW faliu, Savage e King tiveram alguns combates por aí a fora, e Lawler permaneceu no topo das coisas, até longos tempos dos anos 80, e até conquistou o seu título mundial, mais especificamente após vencer Curt Henning, em 9 de Maio de 1988 (faltava pouco para eu nascer e o cara sendo campeão, e hoje eu falando sobre esses tempos, hehe). Lawler foi um campeão unificado, unificando o título da AWA, CWA, e WCCW, no SuperClash III, em Chicago, Illinois, vencendo Kerry Von Erich. Porém este seu reinado durou poucos instantes, perdendo o cinturão após a gravação do evento, pois Lawler não queria defender o título envolvendo questões financeiras… Enquanto isto, Jeff Jarret comprou o território de desenvolvimento da WCCW e o transformou na Associação de Luta Livre dos Estados Unidos (United States Wrestling Association), mas ela não durou muito tempo…

https://i1.wp.com/www.onlineworldofwrestling.com/pictures/j/jerrylawler/11.jpg

Passando-se os anos, chegamos em 1989, onde Lawler teve sua rivalidade mais famosa, a rivalidade contra Eddie Gilbert – ambos estando na USWA – onde teve a cena épica que revolucionou os ângulos de rivalidades, foi quando Eddie Gilbert atropelou Lawler com o carro, algo que fez subir os ratings da USWA consideravelmente… Com isto, em 1992, a WWF contratou Lawler para ser um comentarista mesquinho, atrevido, inconviniente, enquanto ao mesmo tempo na USWA ele era um cara normal, não muito amado, mas não odiado… O tempo foi passando e Jerry conseguiu se meter em confusão com Bret “Hitman” Hart, tudo começoucom Bret conquistando o King of the Rings, e Lawler o contestou, pois o verdadeiro rei é Jerry Lawler… E nisto, Jerry atacou Bret na cerimônia de coroação, e passou o resto do mês desprezando a família Hart nos seus comentários… E de tanto provocar ele conseguiu o que queria, uma luta no SummerSlam de 93… Depois de um tempo Jerry teve que deixar a rivalidade de lado e saiu da WWF, e voltando depois em 95, a altura da Wrestlemania X, Lawler comentou durante todo o evento… Lawler neste tempo de retorno já se meteu em novas confusões através de seus comentários, foi Roddy Piper, Doink, Jake The Snake Roberts, ajudando seu filho Brian Christopher contra outros wrestlers… – Seu filho acabou largando a WWE em 2001, e foi para federações do circuito independente… Pode ser filho de lenda, mas quando não se é lenda, não é lenda mesmo.

Lawler foi se tornando o cara mais chato de todos os tempos na opinião dos fãs – e isto era seu real objetivo – principalmente quando a ECW começou a fazer aparições em programas da WWF em 97, num evento da ECW aliás, Lawler apareceu no ringue e atacou a Tommy Dreamer, e até lutou no Hardcore Heaven de 1997, onde perdeu para Dreamer… Depois do fim destas rivalidades e da USWA, Lawler se dedicou aos comentários junto a Jim Ross, tornando-se no time mais popular da história, os melhores de sempre. Sem contar das promos de Lawler envolvendo divas… Constante promos, ótimas promos…

https://i1.wp.com/www.onlineworldofwrestling.com/pictures/05/armwrestling.jpg

Sendo famoso, Lawler tentou governador de Memphis, mas acabou ficando em terceiro lugar dentre 15 concorrentes. Ele também fez aparições em filmes, como O homem na lua, que aliás segundo rumores de bastidores Lawler teve uns problemas com Jim Carrey, casos que passaram na tv e etc, relembrando o caso de Andy Kaufman… Mas outros boatos dizem que isto foi apenas publicidade… Depois, em Fevereiro de 2001, a WWE demitiu sua esposa Stacy, como protesto Jerry também largou a companhia, rodou por outras federações, mas não adiantou muito e voltou em Novembro do mesmo ano… E desde então continuou sendo o comentarista irreverente, que vira e meche aparece no ringue com seus trajes, faz algumas aparições ainda em Memphis e outras federações, pois ele é o Rei, ele manda.

https://i1.wp.com/www.onlineworldofwrestling.com/pictures/j/jerrylawler/54.jpg

Anúncios

15 comentários em “Why so wrestling? #2 – O rei!

  1. Muito bom, se não me engano lembro desse texto, de ter visto, mas não lembrava do conteúdo, muito legal!

    Ele realmente foi O cara nas ligas menores e regionais, tanto que, no cartel dele lá no Wikipédia, ele tem um milhão de titles, o que reflete seu sucesso, só que diferente do Flair que fez sucesso nessa época (tanto que eles tem idades parecidas) e conseguiu ter fôlego e corpo pra manter-se ativo até a era da televisão e tal, o Lawler cansou, ficou velho e não aguentou mais lutar, por isso foi pros comentários, mas mesmo assim, tá ótimo, já que ele é um dos melhores da história nisso.

    Muito bom, mostra uma parte da história que poucos aqui deviam saber, e também mostra sua origem até chegar na grande WWF/WWE

  2. Ótimo texto!

    É sempre bom falar sobre as lendas do wrestling, ainda mais sobre essa super figura. Jerry estava a frente de seu tempo…se ele estivesse no seu auge nos dias de hoje ele seria muito maior do que é.

    Ele foi um showman numa época que o wreslting era “menos show” e mais lutas, o cenário ainda não estava preparado para as idéias brilhantes e pioneiras de Lawler.

    A WWE demorou para contrata-lo, deixando sua carreira como lutador um pouco na obscuridade, onde se sobresaiu seu lado de comentarista que a maioria dos fãs já conhecem.

    • Concordo, assim como o Lawler, vários outros caras também adotaram este movimento pioneiro de trazer show ao wrestling, e graças a eles hoje temos tantos personagens bons, fodas, e outros vergonhosos rsrsrs

      Valeu! ^^

  3. Ótimo texto cara… Na verdade nem foi um texto, isso pareceu mais uma Biografia completa! 😀

    Quem discordar que esse é um dos mais esforçados caras no ramo do Wrestling, pode se matar… Ele sempre foi foda, muito carismático e ainda, com essa idade, consegue conduzir uma luta (E olha que foi uma TLC)melhor do que muitos jovens ou um pouco mais experientes!

    Bom, desculpe pelo pequeno Comment, e continue assim! 😉

  4. Jerry the King Lawwwwwwler!
    O cara é fera mesmo. Tanto como lutador, quanto comentarista.
    Bom esboço da carreira do Lawler. Bom lembrar os atos desses grandes nomes.
    Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s