Cinco Rounds #4 – UFC 126: The Phenom vs. The Spider

Análises do UFC 126, neste aclamado evento as atenções do mundo se concentraram para apenas um octógono muito especial no Mandalay Bay, no dia 5 de Fevereiro de 2011. Este dia bem ou mal entrará para a história do MMA, quer saber o por quê? Leia a continuação do post e entenderá melhor. Caso você já saiba o motivo e queira comentar a respeito, e até mesmo conferir nesta análise o que se sucedeu neste octógono, leia o resto.

Pré-Evento:

Invicto e campeão desde 2006, Anderson Silva há algum tempo começara a menosprezar seus adversários no octógono, o que causara uma fúria nos fãs, tornando qualquer adversário de Anderson Silva o predileto na opinião popular. Juntando o útil ao agradável, temos Vitor Belfort que tem tido a sua chance pelo título adiada em razão de lesões, porém eis que chegou a hora, é agora, Vitor Belfort, O Fenômeno! Ele que detêm a marca de ter sido o campeão mais jovem da história do UFC é o novo desafiante pelo título de Anderson Silva, e ambos protagonizarão aquela que é dita como a “Luta do Século.” Segundo Anderson a luta do século será entre ele contra seu clone. Como as coisas deverão correr?

O card do evento contém lutas que foram bem “casadas”, tem tudo para ser o melhor show do ano até então. Antes do card principal tivemos o card preliminar televisionado pela Spike Tv,com três combates interessantes e movimentados, que merecem ser assistidos pelo grande público, pois eu recomendo. Finalizado isto, é agora, o evento realmente começou! E para abrir o card temos:

https://i1.wp.com/images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAGZ5iRoH-h2hl-JDTrh-OP2uZVfweMiyBSKjI-qo28wPH-gy2Wec8AydwvxBt1dKhrJW0dPGaRlhCyVOSbqZtU8Am1T1UCvbiIMLdWAddW8JWPSiU1zm5f5s.jpg

1. MIGUEL TORRES VS. ANTONIO BANUELOS – Luta entre Pesos Galo.

Miguel Torres foi um dos grandes nomes do WEC, este combate não trazia muitas expectativas, a não ser de um nocaute por parte de Torres no primeiro ou segundo round em uma luta interessante. Entretanto não foi isto que aconteceu, e esta luta pode ser muito boa se você estiver precisando dormir e não sabe como. Torres impôs a famosa tática de esperar pelo ataque do oponente mantendo a distância graças a sua engergadura e ficar “minando” jabs no adversário para pontuar e machucá-lo. O grande problema é Banuelo não o atacava e quando teve a chance de levar a luta pro solo desperdiçou por falta de confiança, e como resultado disto tivemos monótonos 14 minutos e 40 segundos de luta. Os últimos 20 segundos foram de trocação franca com Banuelos levando a melhor, mas aí já é tarde demais e nada mudaria o placar de 30-27 dos três juízes a favor de Miguel Torres.

– Começamos o evento principal com uma luta chata, nível muito baixo. Bem ou mal Torres venceu, deve pegar mais dois oponentes mais difíceis e quem sabe ir para a disputa pelo título. Já a situação de Banuelos não é muito favorável, afinal não mostrou ser um lutador do nível do UFC, seu futuro talvez seja uma luta no card preliminar, e em caso de derrota, uma demissão. Esquecendo esta luta entediante, na sequência ocorrerá a luta do brasileiro Tá Danado que tentará impor seu jiu-jitsu sobre Jake Ellenberger.

https://i0.wp.com/video.ufc.tv/126/images/126_event/07_torres_banuelos_004.jpg

2. CHARLES EDUARDO “TÁ DANADO” VS. JAKE ELLENBERGER – Luta entre Meio-Médios.

Outro combate que durou os 15 minutos. O primeiro round foi dominado pelo brasileiro que após conseguir derrubar Jake resolveu prendê-lo até o último minuto usando toda a sua base de jiu-jitsu com estabilizações, porém sem conseguir finalizá-lo no último minuto. Em conseqüência Jake voltou ciente que precisava fazer algo, e fez: Acertou alguns socos abalando também o psicológico do brasileiro que não atacou o round todo, deixando a luta empatar. E para encerrar com chave de ouro, ambos estavam abalados e cansados, logo recusaram a luta. E na loteria Jake conseguiu acertar uns socos e duas quedas, uma no começo (que não manteve) e outra no final (que manteve e segurou nos últimos trinta segundos de luta), vencendo o round de maneira ridícula. Dois juízes deram o resultado óbvio de 29-28 para Jake, e um deu 30-27 para Tá Danado… Esse Tá Drogado…

– Tá Danado enfrentou um adversário de nível superior e demonstrou ter um bom jiu-jitsu., porém não uma boa estrutura psicológica, Jake por sua vez precisa melhorar muito o seu jogo, se enfrentar um adversário superior sofrerá sérias dificuldades de se manter no TOP 10 da categoria. Ambos não correm sérios riscos de demissões… Apesar das duas lutas anteriores terem sido fracassos, agora vem o combate que decidirá o próximo adversário de Maurício Shogun Rua na luta pelo título dos Meio Pesados e promete ser bom.

https://i0.wp.com/video.ufc.tv/126/images/126_event/08_ellenberger_rocha_002.jpg

3. JON JONES VS. RYAN BADER – Luta entre Meio Pesados

Um confronto de grandes, porém para o público que não conhece foi simplesmente um atropelo, Jones fez Bader parecer um cara inexperiente nos setores que domina, como por exemplo, as quedas. No primeiro round Jones levou a luta pro solo e trabalhou com submissões, quase vencendo com um triângulo de mão, entretanto não conseguiu firmeza. A luta começou bem, cumprindo aquilo que esperávamos, entretanto o segundo round foi fraco, morno, lento! Traduzindo: Entediante. Faltando 1 minuto e 25 segundos tivemos ação com Jones novamente indo pro solo e finalmente faltando 40 segundos conseguiu encaixar uma guilhotina, vencendo um difícil oponente e se firmando agora como contender.

– Bader continua sendo um dos caras mais duros da sua categoria, uma luta interessante neste momento seria contra o perdedor do confronto entre Thiago Silva e Rampage, seria como matar dois coelhos com uma paulada só. Quanto a Jones, este irá pegar o oponente mais difícil da sua jovem e promissora carreira, não sei se será capaz de vencer, porém fará uma grande luta no próximo mês, eu tenho certeza disto! Vamos ao co-main event da noite.

https://i0.wp.com/video.ufc.tv/126/images/126_event/09_jones_bader_007.jpg

4. RICH FRANKLIN VS. FORREST GRIFFIN – Luta entre Meio Pesados.

O recém chegado e ex-campeão da divisão de médios Rich Franklin enfrentou um ex-campeão e faminto Forrest Griffin. O ex-campeão dos meio pesados derrubou seu oponente e ficou trabalhando por cima com socos durante o primeiro round inteiro, Franklin por sua vez tentou conte-los, e assim se foi o primeiro round. No segundo round e terceiro Griffin também dominou, porém quase sem ação, entretanto o público americano ainda assim esteve presente, pois são dois lutadores bem queridos, e se não fosse por isso teriamos muitas vaias. Na minha opinião eu vi Griffin dominando os dois rounds seguintes com alguns socos e derrubando em certas ocasiões, entretanto os juízes chegaram em uma decisão unanime de 29-28 para Griffin, vai entender…

– Uma luta de dois comadres bêbados chorando pela derrota do seu time. Lutadores com estilos bem parecidos, não renderam um bom combate, inacreditavelmente. Quem agendou esta luta ainda deve estar se perguntando que castigo fez a Deus por tudo ter dado errado até então no card principal. O futuro de Franklin eu não consigo imaginar, porém para Griffin consigo vê-lo lutando o vencedor de Randy Couture vs. Lyoto Machida, cujo qual eu acredito que o vencedor seja o karateca brasileiro. E eis que chegamos ao momento que todos estávamos esperando, é a hora da luta principal da noite, THE PHENOM VS THE SPIDER.

https://i1.wp.com/video.ufc.tv/126/images/126_event/10_griffin_franklin_012.jpg

5. VITOR BELFORT VS. ANDERSON SILVA – Luta pelo Cinturão dos Médios.

Ignore tudo o que já teve até então, este foi um evento de uma luta só, uma das lutas mais adiadas da história (lesões e afins, o que facilitou o marketing pesado). Todos esses fãs pagaram para ver este combate (você podia colocar Justin Bieber que eles tolerariam apenas para ver essa luta). Belfort é simplesmente o lutador que faltava para Anderson Silva limpar da categoria, e ele era justamente o mais ameaçador ao título nos últimos 2 ou 3 anos.

A luta em si foi curta, Anderson Silva começou com suas gracinhas características, mas Belfort conseguiu derrubá-lo ao segurar uma das pernas da Aranha em um chute, porém não foi efetivo o suficiente para mantê-lo no solo e o combate logo ficou de pé. Então sem mais nem menos, tudo acabou! Esta luta pode ser resumida em apenas um golpe, o roundhouse kick do MMA: O fantástico chute frontal de Anderson Silva que desmantelou Belfort por completo, fazendo-lhe cair totalmente fora de si. O Spider ainda aplicou uns socos só para confirmar que Belfort estava fora de combate, mas logo o árbitro e também brasileiro Mario Yamasaki interrompeu a luta, e o vencedor e ainda campeão inquestionável da categoria dos Pesos Médio, Anderson “The Spider” Silva!

– Eu não tenho palavras para descrever o que foi esta luta, ainda estou chocado. A potência do chute que Anderson Silva aplicou foi descomunal para uma rosto totalmente humano. O evento de uma maneira geral foi muito fraco na minha singela opinião, categorizá-lo-ia como o mais decepcionante do ano, pois apresentou um card sólido que não correspondeu. Por conta destes motivos, e mesmo ciente que serei apedrejado por muitos, dou nota 6,5 para o UFC 126 que foi salvo pelo main event. Sejam honestos antes de criticarem a nota, vocês realmente estavam gostando das lutas? O melhor combate que teve havia sido o de Jon Jones, e que ainda assim foi um puro passeio de Jones sobre Bader. No mais, quando imagens falam mais do que palavras, vos deixo apenas a imagem a seguir:

https://i1.wp.com/images.orkut.com/orkut/photos/OgAAADrVsPUJRhLy0OWFUe4iQGbSELxnat_ESMPbXMwQaJW8hid4IfR-G2435b7eRZ7eWP1qFYaTIYwBdJkpOh20x4IAm1T1UJdXGeaMOxXWDtMQlo-pmAtjE4Kk.jpg

E antes de terminar, esse UFC me lembrou de quando o Punk volta a ser bom, então, por conta disso, um abraço Bob Esponja!

Anúncios

51 comentários em “Cinco Rounds #4 – UFC 126: The Phenom vs. The Spider

  1. bom, eu não vi o evento pois estava doente e tava meio fraco pra me manter acordado, mas pelo que li, não perdi muita coisa. Fico feliz do Anderson Silva ter vencido, gosto dele, tanto lutando,quanto não lutando! Enfim, queria saber se alguem poderia postar aqui nos comentarios mesmo, pelo menos o link da luta do Anderson vs Vitor, se não der, valeu mesmo assim. ;D

    • Tinha que ter posto a estipulação FIRST BLOOD MATCH, hehe

      Quer ver sangue? Veja as lutas do card da Spike Tv, foram muito melhores.

  2. Achei o evento meio fraco pro card que tinha. Mas gostei de ver o Jon e apesar de você não ter gostado até que curti Griffin vs Franklin…

    O Main Event eu curti como acabou, mas acho que seria melhor se aquilo acontecesse lá pro 3 round.
    Mas enfim, ainda acho que valeu a pena ter comprado…

    Silva deveria subir de categoria, já limpou tudo da dele… Fora que estatura e técnica ele tem para subir de categoria.

    Enfim, ótimo texto Criador, quem não viu o evento pode muito bem saber o que aconteceu só lendo este stand up.

    • Bem, ele devia mesmo subir, mas não tem vontade por parte dele. Além dele, pelo jeito, não ter essa ambição de dominar outra categoria (ou prefere não se arriscar) ele também diz que se aposentará em breve, logo, uma grande mudança assim, arriscada desse jeito, não é algo que deve estar no pensamento dele. E podem falar o que for, mas os campeões mais dominantes (GSP e Silva) são fodões SIM, mas a categoria ajuda, pois duvido muito que numa categoria acirradíssima como está a light heavyweight, ou a heavyweight, eles conseguiriam dominar tanto!

      • Sim isso é verdade, mas ninguém faz frente pra ele ali naquela categoria não…

        E outra, querem por GSP vs Silva, seria um massacre do Silva no GSP. A começar pela parte de estatura. Fora que querem que o GSP suba para pegar o Anderson, acho mais viável ele subir de categoria e tentar dominar lá. Mas, seja como for o cara é realmente foda.

      • A Heavyweight Division não está acirrada, Gustavo. Atualmente é uma das categorias mais fracas do UFC. A mais acirrada atualmente é a Light Weight Division, seguida pela Light Heavyweight… Mas bem, eu gostaria de ver o AS na LHW…

        • Caras fodas na heavyweight: Minotauro, Mir, Lesnar, Cain, Carwin, Dos Santos. E tem o Cro Cop, mas já tá veio. Agora light weight não vejo tantos caras

        • Minotauro tá decadente, sua última luta foda foi contra o Couture, de resto só decadencia. Mir e Lesnar sem muito a falar. Carwin mostrou que tem muito a melhorar. Cro Cop? po.. nem conta. Light Weight tem Frank Edgar, Maynard, Pettis, Kenni Florian, Sotiropoulos, Miller, entre outros.

        • Isso porque o Minotauro já tem o jogo dele manjado, tá tentando ficar de pé, e ai, NUNCA que ele vai fazer algo foda, como faz no chão. E ainda sim sou muito mais a heavyweight division. Desses citados, só acho fodas o campeão, o Maynard, o BJ (que agora subiu) e o Sotiropoulos…

    • Acho que o UFC Fight Night foi melhor do que esse… E Silva vai pegar GSP em breve, aí o chão treme… Valeu pelo comentário, abraços!

      • Se Silva pegar o GSP vai ser fim desse ano pelo fato de que o GSP tem que se acostumar com o novo peso e tal. Mas acho que sim vai ser um “massacre” pois mesmo com o talento do GSP, ele vai entrar numa categoria que não está acostumado, contra o melhor desta categoria, e que possui quase 10cm a mais que ele. Mas tomara que o GSP se adapte e proporcione um belo show.

  3. Po,esperei até 3 e meia da manhã para ver um combate q acabou em 3 minutos,fiquei bastante chocado com a vitória do Anderson Silva logo no começo,mas isso serve para todos saberem q The Spider Silva é imbátivel nessa categoria,e mesmo se ele passar pra Light Heavyweight ganha o título fácil.

  4. WTF IS ANDERSON SILVA??

    O cara é um monstro, não perde uma, luta demais!.Aliás, eu ia assistir pensando que ia passar no SporTV quando veio o Gustavo e me falou que não, meu mundo caiu, fiquei vendo detalhes em tempo real :S .

    Muito obrigado Livraise, muito bom seu texto que me permitiu ter uma noção do que foi o evento.

  5. Evento decepcionante mesmo, diga-se de passagem. Eu esperava que acontecesse o seguinte: duas primeiras lutas, quem vencer, venceu, afinal, nem conhecia muito bem os caras. Na terceira: Jones vencer, e, se vencesse, confirmaria de vez que toda badalação e atenção nele, é sim justa. E deu no que deu. Na quarta luta, o co-main event, eu tinha grandes expectativas de ser uma luta melhor que o Main event, devido os lutadores, devido o estilo e devido a carga emocional (MUITOOO menor que o ME) mas não foi isso, e sucedeu-se numa luta fraca. E o main event, esperava uma luta curta, acabando no máximo no terceiro round. E deu o que deu. Quando ia começar a pegar fogo, com o Belfort mostrando-se esperto, quando socou o Sivla que foi fazer graça… Acaba. E foi tão de repente!! Realmente daqueles golpes que, como ele mesmo disse, encaixa um em cada dez, mas quando encaixa, adiós companhero…

    Sobre a preview, gostei dela, achei com mais detalhes e mais completa que outras. Só acho que faltou informar que o Jones só virou contender ao title, porque de última hora o Evans zuou o joelho, e ele entrou de substituto de última hora. Tirando isso, impecável!

  6. “E antes de terminar, esse UFC me lembrou de quando o Punk volta a ser bom, então, por conta disso, um abraço Bob esponja.” WHAT?? CUMA??? O QUE??

  7. Ótimo Criador… Me ajudou bastante saber como foi esse UFC, já que a merda do SporTV anuncia que vai ser Ao Vivo, e na hora põem um Replay de um UFC que tinha passado o mesmo Replay a três semanas no mínimo! :@

    Bom, eu mesmo só vi o nocaute do Silva no Belfort, e pra quem falou que seria “a luta do século”, quebrou a cara, já que em teve luta direito!

    Como muitos diziam “Treino é treino. Luta é luta”, e isso foi o que prevaleceu no ME… Eu achei a vitória do Belfort improvável, mas mesmo assim, tinha uma dúvida, já que o cara quer voltar de vez, e ainda tentando ganhar de um cara que está invicto e segurando o Title há mais de três, então qualquer coisa poderia acontecer!

    Eu estava torcendo muito pro Belfort, com o Silva se achando o FODÃO de tudo, e até falando que a verdadeira luta do século, seria contra o seu clone, isso já caiu muito nos meus conceitos!

    Agora é esperar a próxima luta, contra o GSP, que diz que vai pegar mais peso e vai acabar com essa invencibilidade do Silva… E eu torço pra ele! 😛

    E mais uma vez, ótima Análise!

    • Valeu pelos elogios Ricke. Vejamos, o AS é um dos caras que eu mais odeio justamente por causa disto. Isso é MMA, não é pro-wrestling onde há histórias e tudo o mais. Ele tem que ir fazer o dele e pronto, ei de chegar a hora em que ele será marrento e tomará o soco que irá nocauteá-lo. Quando chegar esse dia, irei gritar mais do que Galvão quando o Brasil ganhou em 94. No mais, abraços e até mais! ^^

      • Concordo. Eles tão querendo fazer o cara de heel, num lugar onde NÃO EXISTE ISSO. E outra. Ontem mesmo ele QUASE se fodeu… Baixou a guarda, foi virar a cara e fazer graça, levou dois. Quem garante que numa dessas, ele não leva um só e cai desmaiado? Gritaria mais que o Galvão em 94 se isso ocorresse (2)

  8. Ótima análise!!!
    Estava louco pra ver o ME, estava torcendo pro Vitor mas sabia que as chances dele vencer eram poucas. Realmente,o combate foi rápido, MUITO rápido, e decepcionante. Silva ta fazendo história no UFC! Mas, como o Ricke_SCSA falou, ele tá se achando o Fodão! Estou louco pra ver ele perder o titulo! Agora falando do evento em sí, foi uma bosta, esperava muito mais. A unica coisa que gostei foi que o Griffin venceu(sou fã do cara).

    Bem, continue assim, fazendo grandes analises!!!

  9. Grande postagem Criador,e o Anderson mostrando como é o cara derrotando o Belfort que na sua última luta nocauteou seu adversário e o Anderson merece sim estar com este titulo e ostentar o lugar de melhor do mundo atualmente fora que consegue escapar de enrascadas como aconteceu na sua luta com o Sonnen onde faltando um minuto ele encaixou uma chave de braço sensacional e mesmo sendo arrogante luta muito e agora não sei se você concorda comigo Livraise mas parece que na categoria dos médios não tem ninguém que consiga bater nele não,tanto é que no desespero eles vão colocar o GSP,que mesmo não sendo da categoria do AS vai dá muito trabalho para o brasileiro e bem que poderiam colocar essa luta como Main-Event no UFC RIO,valeu grande review.

    • Grato ao comentário. Bem, ele venceu o Chael Sonnen com um triângulo, só pra constar.

      E concordo sim, ele LIMPOU a categoria dos médios. Agora ele tem que mudar se quiser desafio, caso contrário se aposentará com ocampeão. E se tiver essa luta no UFC RIO, pode ter certeza que estarei lá. Abcs

      • Pela velocidade do Anderson, eu acredito que ele tenha vantagem contra os Light Heavyweight.

        Como eles são mais pesados, vão ficar socando o vazio e se cansando, enquanto o Anderson prepara um único ataque certeiro.

        Contra os Heavyweight seria muito difícil, já que a resistência dos touros é muito grande e o nocaute provavelmente não viria.

        Contra as categorias abaixo do Middleweight, talvez alguém tivesse chance se conseguisse inverter a estratégia do Spider: Teriam que fugir dele até que ele ficasse cansado no último round. E isso torcendo pra uma luta de 5 rounds. Só acho impossível que isso aconteça.

        E se acontecesse, ainda acredito que o Anderson inverteria o jogo acertando alguns ataques, provocando knockdown e fazendo pontos.

        Pra mim, o único cara com chances de derrotar o Anderson Silva é mesmo o Demian Maia numa revanche.

        E no chão.

  10. O único problema do Anderson foi dele ser Gambá.

    O que achei engraçado foi a luta da noite te sido a do Cerrone.

    Assisti ela no site ao vivo e achei razoável. Afinal o comboy fez o show só no final.

    GSP vs Anderson vai muito boa a luta.

  11. hehe…evento fraco sim, mas com grande final!

    Esse golpe do silva é o famoso golpe pé de moleke! rsrs

    o Belfort deve ter engolido o protetor…

    • hehehe, agora a discussão é se o golpe é do Hapkido, Krav Maga ou Taekwondo, enfim… Eu creio ser do Taekwondo. Só sei que foi sinistro.

      • cara, creio que foi um MAE GUERI, chute frontal de karate, pois o silva falou que o golpe foi o Seagal que lhe ensinou… Seagal é faixa preta de karate dentre outras lutas…
        foi o que me pareceu…só o Silva pode dizer…

        • Concordo.

          E acho que o lance do Seagal foi mais naquela questão de que o Aikido sempre bate quando você menos espera. A forma de bater sem que o seu adversário tenha chance de se defender…

  12. Primeiro, novamente quem está de parabéns é a UFC. Nas madrugadas do UFC Rio fez um evento do brasileiro que é recordista em defesas de cinturão vs o lutador mais pop que já passou por aqui. Seja pela sua irmã, seja pela sua esposa, seja pelo seu talento no ringue.

    O resultado disso foi uma cobertura massiva da mídia. Globo, RedeTV!, Band e TV Record capitalizaram em cima. Todos dando algum tipo de cobertura. Simplesmente fizeram o MMA ser o assunto das rodinhas no final de semana.

    Anderson Silva x Demian Maia era uma luta até mais técnica, mas não rendeu 1% desse “buzz”.

    Sobre os combates: Tá Danado mostrou um BJJ muito sólido e criativo, porém inocente. Jake Hamburguer foi muito mais inteligente. Perdôo o Tá Danado porque ele ganhou todas suas lutas por submissão e essa foi sua estratégia mais uma vez, porém no UFC as lutas tem um limite de tempo muito curto. O Hamburguer simplesmente fez seus pontos e se cuidou para não ser finalizado.

    Jon Jones é genial. Salvo um desastre do destino, ele não vai se recuperar/treinar o suficiente para derrubar o Shogun em um mês. O Shogun tem um inglês tão nojento quanto o Joel Santana, quase tão ruim quanto do Vampetoca “I’m very ansioso”.

    Griffin vs Franklin foi chato mesmo. Faltou sangue nos olhos, faltou tudo. Mas ao menos o Griffin ganhou, retornando de lesão, e quem sabe no futuro virá com mais entusiasmo. Rich Franklin está virando escada pra todo mundo, assim com o Wand Silva e Cro Cop.

    Anderson x Vitor. Perdi 20 reais. Faz parte. 100% das pessoas apostaram no Anderson, então apostei no Vitor para ganhar algum dinheiro. Todavia, quem apostou no Anderson ganhou 1 real 😀

    A luta seria boa, o Vitor conseguiu entrar no raio de ação mesmo a envergadura e a velocidade do Anderson serem muito superiores. Muita gente acha que o Anderson faz palhaçada para humilhar os oponentes. Na verdade a estratégia é provoca-los tanto por uma distração quanto para que eles o ataquem. Como o Anderson é muito rápido, os ataques no vazio acabam cansando o adversário que é sumariamente detonado.

    O Vitor enxergou isso. Só entrou na boa. Infelizmente não conseguiu manter o Anderson no chão, onde na minha opinião seria a única chance do Belfort (mesmo ele sendo um ótimo striker). O Anderson fugiu do chão rapidinho.

    O chute foi perfeito. Rápido, certeiro e heterodoxo demais! Ninguém imaginava que aquele chute teria o queixo como destino.

    Infelizmente, ou felizmente, aquele chute acabou com o combate prematuramente sem deixar o Vitor mostrar do que era feito.

    Mas uma coisa todos tem que dizer: a vitória foi soberana.

    Evento fraco? Nem tanto. Apenas a espectativa que estava muito alta como resultado da alta promoção. Ver um Jon Jones lutando daquele jeito e um Anderson Silva inovando, pra mim já valeriam o bilhete.

    Last but not least, agradecimentos ao Criador que me passou um link onde vi todo o UFC HD e sem lag. Só estava ruim nas preliminares. Depois as crianças foram dormir, diminuiu o número de usuários online e ficou simplesmente smooth.

    • Opa, concordo com bastante coisa que você comentou, mas discordo de achares que o evento não foi fraco. Mas como você disse, o Jones e o AS fizeram o bilhete valer, de mais o evento foi bem chatinho. E é isso aí, valeu e abraços!

      • Não disse que o evento foi bom, nem sensacional. Só disse que já vi eventos piores…

        Jon Jones, Anderson Silva e até um pouco do Tá Danado já me deram alguma diversão.

        Cito o UFC 119. Um Cro Cop desfalecido com um Frank Mir incapaz de finalizar o indefeso croata…

        Viu? Não discordei de você como um todo em relação a chatice do evento. Só não fui tão radical. 🙂

  13. Não assisto muito UFC, mas evento me deixou interessado.

    Peguei um link susse, transmissão Ultra Master Blaster HD 3D With Laser…. Só assistir o show…

    E vi uma primeira luta totalmente chata. 3 rounds de 2 calangos ameaçando atacar um ao outro. Desliguei o stream por inanição.

    Larguei mão do evento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s