Adeus, “Macho Man” Randy Savage

Fala galera, retorno a escrever no blog em uma ocasião especial, e que eu não podia deixar passar, porque sexta-feira recebi a triste notícia que faleceu não só um ícone da luta livre mundial, mas sim o meu maior ídolo do “desporto”: “Macho Man” Randy Savage. Muitos me pediram como eu me senti no momento da notícia, por conhecerem minha admiração por esse lutador, então resolvi escrever essa última passagem do eterno personagem.

Vou tentar ser breve nesse texto, sem muita demagogia, sem muita enrolação, apenas passar meus sentimentos nesse momento….

Porque você gosta de assistir wrestling? Porque você torce para tal time de futebol? Porque alguém se torna seu ídolo?…

Essas questões nunca são fáceis de serem respondidas. Ás vezes você sabe que gosta, mas não o motivo, ou a resposta é “porque é bom, porque é legal, porque é o melhor”.

Eu sou um grande adorador do pro-wrestling, esse mesmo, do entretenimento, personagens marcantes e das histórias pré-determinadas.  Não sei citar um motivo por gostar tanto dessa atmosfera toda, mas sei por que continuei acompanhando por tanto tempo, e esse motivo tem um nome, sobrenome e apelido: “Macho Man” Randy Savage.

Acompanhando raramente alguns shows, jogando videogame, até vendo algumas reportagens e notícias conheci o personagem Randy Savage.

Macho Man não é um personagem que fica despercebido, onde é que esteja representado. Roupas chamativas, barba mal feita, chapéu de cowboy e óculos reluzentes. Aquela junção de fatores gráficos me chamou muita a atenção, e com aquele sorriso característico, logo Macho Man tornou-sea minha torcida quando adentrava em um ringue.

Vi pouco, quase nada, das apresentação de Randy Savage, ao vivo. O pouco que me lembro era em programas da WWE que passavam na TV, os quais eu meio sem entender o funcionamento de todo aquele show, por ser muito novo, mas mesmo assim já ia tendo meus preferidos.

O tempo foi passando, fui assistindo lutas e apresentações de Macho Man em sites de vídeos, e fui gostando do personagem cada vez mais. Cheguei ao ponto de não achar nenhum vídeo do Randy Savage o qual não tivesse assistido.

Momentos como a épica luta na Wrestlemania III, contra Ricky Steamboat e a esperada e comemorada vitória sobre Ric Flair na Wrestlemania VIII tornaram-se meu frisson, acompanhando sempre que possível esses grandes momentos…

E me tornei um verdadeiro fã.

Aqueles giros antes de começar a luta, saudando o público, suas entrevistas e promos sempre chocantes e animadas, seu estilo diferenciado, voz áspera e todo o carisma e domínio do público que só Randy Savage tinha era algo que eu ansiava sempre ver nos ringues, mesmos depois dele ter abandonado.

Entrei em blogs, comecei a viver com vocês esse mundo do wrestling e sempre deixei claro quem era o meu personagem favorito de sempre, tanto que o nome do meu quadro é um sua homenagem (Madness, de sua época de “Macho Madness” e Pit do icônico segmento “Piper’s Pit”)

Tive a oportunidade de escrever vários textos sobre Randy Savage, os quais vocês podem acessar abaixo (uma biografia e um tributo) e fiquei muito grato em ouvir de alguns leitores que conheceram Macho Man pelos meus textos, e tornaram-se fã após a leitura dos mesmos.
Se quiserem conhecer um pouco mais de Randy Savage, vejam os links abaixo. Com certeza não faltará informação.

BIOGRAFIA – Randy Savage

TRIBUTO AO ÍDOLO – Macho Madness (com download do DVD do Macho Man)

Fui um dos que a cada Hall of Fame achava que Macho Man seria induzido, a cada entrada de Royal Rumble, acreditava que um poderoso “Oh yeah!” ecoaria na arena. Sempre tive a esperança em rever meu grande ídolo novamente no ringue…

… E fiquei muito animado ao ver comerciais do Game All Star da WWE, com ele sendo garoto propaganda, falando que o time de lendas estava bem representado com seu nome, no jogo.  Nesse momento viajei, sabia que Macho Man estaria presente uma hora ou outro em frente as câmeras, fazendo o que sempre fez bem: Entreter o público de wrestling.

Mas isso não aconteceu.

Essa semana fiquei 3 dias fora, em um congresso universitário, e quando chego, entro no blog, ligo meu msn e vou saber das novidades…

Meu msn pisca, é Patrick Silva, um amigo de blogosfera, que manda a mensagem: “Sinto muito pelo Randy Savage”…

Não compreendo muito bem, mas o pior me vem a cabeça. Vou ao quadro de notícias do WI no GRTR e vejo lá a notícia derradeira: “Falece Randy Savage”.

O choque foi tremendo, uma notícia que me pegou totalmente de surpresa, demorei a entender o que estava acontecendo. Bah, é o Macho Man, meu grande ídolo da luta livre, ele morto? Como?…

A ficha foi caindo, fui conversando com alguns amigos sobre o caso e entendi o que se passava. Não queria acreditar, mas era fato. O sonho de ver Randy “Macho Man” Savage novamente frente às câmeras, em cima de um ringue, terminava aqui.

Muitos vieram me pedir o que eu estava sentindo…

Oras, com certeza fiquei muito triste, mesmo. É uma sensação estranha perder um grande ídolo, e da forma que aconteceu. Custei a entender o ocorrido, mas depois de toda a tristeza, veio o balanço e fiquei feliz relembrando os bons momentos e memorias que passei assistindo suas lutas e segmentos. Os risos nas promos e frases características, a emoção nos enlaces com Miss Elizabeth, e contribuição que Randy Savage deu para o wrestling, para ele ser o que é hoje.

Tudo isso que assistimos hoje, com grandes produções, patrocínios milionários, conteúdos gráficos excepcionais e ao alcance de todos deve-se muito a nomes que no passado, lá no começo dessa explosão de sucesso que é esse “esporte”, deram tudo de si, levando a ser uma das grandes sensações do mundo, e Macho Man é uma dessas grandes estrelas.

A tristeza ainda existe, por perder um grande ídolo, mas a certeza é que Randy Savage, o Macho Man, não morreu de verdade. Sua obra está ai, para todos verem, gravada, marcada e ninguém apaga. Seu nome está escrito na história, e independente de estar em Hall of Fame e afins, é um verdadeiro e brilhante ícone de tudo o que é esse entretenimento que hoje tanto amamos.

O que fica é a esperança que outros wrestlers possam causar e cativar tanto o publico como Randy conseguiu. Não foi o melhor lutador dentro dos 4 cantos do ringue, mas nos permitiu sonhar com esse mundo de lutas, rivalidades e histórias como poucos.

Não poderia deixar de terminar esse texto com um muito obrigado a Randy Savage, pois suas atuações e sua personalidade promoveu momentos que com certeza, me alegrou e divertiu em vários momentos de minha vida, não só a mim como muitos outros, tenho certeza.

A lenda se vai, mas as lembranças ficam!

THE TOWER OF POWER, TOO SWEET TO BE SOUR, FUNKY LIKE A MONKEY!

OH YEAH!

DIG IT! DIG IT!

Obrigado pelos grandes momentos.

E no fim deixo aquele que em minha opinião é o momento mais emblemático e emocionante da carreira de Macho Man e Miss Elizabeth. Os momentos finais da luta valendo o contrato na WWE, na Wrestlemania VII. Ao final, público chorando e aplaudindo de pé, demonstrando como esses personagens que acompanhamos pode influenciar em nossas vidas.

Anúncios

9 comentários em “Adeus, “Macho Man” Randy Savage

  1. Sensacional, Corbari. Eu sinceramente conheci, e aprendi a admirar o grande “Macho Man” através de sua pessoa, e acredito que não só eu, como muitas outras pessoas. Em minha opinião, você o trouxe a blogosfera, e se não fosse você, talvez nem o conhecia, e se conhecesse, não o veria da mesma forma que vejo agora.

    Foi um wrestler que teve características únicas, um lutador que não fazia promos para impactar uma luta ou algo, mas sim para entreter, extravagantemente, era carisma pura, cheia de combinações perfeitas. Não o vi lutar em sua epóca, mas apenas ver todo seu figurino em uma fora, e todos os elogios que o Corbari rasgou, tive curiosidade e fui buscá-lo, e foi exatamente ali que percebi o que é tratar bem uma gimmick, o que é dominar uma gimmick corretamente, era um show ver Savage dentro dos 4 cantos do ringue e com um microfone, peça que viraria sua melhor amiga.

    Eu sei que o Corba não o conhece, mas ídolo é ídolo, é um algo que não precisa de aproximação para admirar, e entendo que é difícil essa perda, por todos os motivos que ele citou.

    Abraço Corba, não suma novamente, que sua falta é muito notável. Abraço.

  2. Grande texto Corba, n sabia q ele tinha morrido, até q fui no WI vi uma imagem e dps associei a ele, na hora q vi essa notícia já imaginava como vc se sentia, pois como Pelé é um ídolo no futebol, MJ na música, Charles Chaplin na comédia, Mickey nos desenhos, Randy Savage era um ídolo no wrestling, e nesse momento triste para nós fãs desse esporte, só nos resta lembrar nos grandes momentos dessa grande figura Randy Savage.

  3. Grande Corbari, já estava à espera desse texto, pois sabemos que você é o fã mór, pelo menos que eu saiba, de Randy Savage na blogosfera, sem dúvida alguma.

    Foi muito inesperado e chocante essa notícia. Faleceu de um jeito trágico, num acidente feio, causado repentinamente após uma parada cardíaca.

    Na sexta, quando vi a notícia, fiquei sem acreditar mesmo. Ainda não caiu a ficha totalmente, assim como uma parte dela ainda ficará viva, em nome de Savage.

    Eu mesmo não sei nada sobre ele. Nunca fui um grande fã de Old School, mas lembro bem quando assisti a WM 3… Cara, que impactante foi a luta contra Steamboat. Lutaça, emoção que hoje não existe mais, e um momento especialíssimo pro Wrestling.

    Sobre Randy, sobre as lutas, sobre as Promos, sei pouca coisa. Lutas mesmo, além das lutas na WM, assisti algumas apenas, Promos apenas vi durante as WMs, e assim já se percebe o carisma que ele tinha. Grande Wrestler, grande lutador, grande entertainer, GRANDE HOMEM pra humanidade do Wrestling.

    E é isso, ele se foi, porém apenas no corpo, pois a alma ainda é a mesma e perambulará pelo resto da vida, sempre nos acompanhando de perto, e agora está num lugar melhor!

  4. Lindo texto. Cheguei a soltar uma lágrima só de ler. Admito que não acompanhei a era do Savage pelo fato de ser mais novo, mas só de ler suas colunas, sei o quão épico o Macho Man foi, e ainda é. Seu legado sempre viverá, nos vídeos, nos jogos, em todo o Wrestling. Parabéns pelo texto, Corbari, sensacional homenagem para um grande homem como Randy Savage.

    Sem dúvida uma lenda.

  5. Lmebro da sua reação quanndo lhe mostrei esse vídeo do WWE All Stars e vc pirou!

    hahahaha, e a cada semana que ficávamos confabulando como sera o seu retorno.

    Eu achava que teria uma luta dele nesa WM pr promover o jogo…

    N sei explicar o quão triste eu fiquei…vou tentar no podcast.

    Rsponde os teus emails!!!!

  6. Um acontecimento desses faz a gente parar pra pensar… no caso específico do wrestling, faz relembrar coisas que estavam adormecidas a tempos. Bom, eu me senti assim. Afastada a tanto tempo do pw, com uma notícia como o falecimento de uma lenda da era em que realmente o wrestling deu seu **BUM**, voltei a sentir saudades, depois de uma longa tristeza, a vontade de rever as lutas.

    E é isso que se faz. Rever o DVD do Macho Madness, os grandes momentos, as grandes promos. Isso mexe com a gente. Como eu comentei na nossa reuniãozinha no skype, a gente pode até se afastar do wrestling, mas ele nunca sai de dentro de nós.

    Um grande SALVE pra essa lenda que foi o Randy Savage!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s