Malakian’s House: #001 O Capitalismo no Wrestling(WWE)

Leeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeet’s  Get Ready To  Rumble hehe,(sempre quis dizer isso). Ah cara, muito fo** estar aqui fazendo um post neste blog um tanto bajulador eu sei, mas bem, whatever. Como é meu primeiro post, deve estar uma desgraça de cabra WTF. Acho que o titulo já diz tudo então, Let’s vamô:


Money, money money money money…

Sabe, chega uma hora que você está na escola (mais final do fundamental e começo do ensino médio) e se você presta um pouco de atenção no seu professor (geralmente um velho, que usa mocassins de segunda mão, roupas que parecem que foram compradas em brechós e sempre sujas de giz, careca e com a barba pra fazer) ou professora (quase a mesma coisa, só que com tênis velhos, cabelos oleosos e despenteados e um bigode bem estranho na cara) que leciona Geografia ou História (para alguns, estudos gerais), ouve algo chamado capitalismo. Mas  o que é o capitalismo?  Vamos ao trecho da Wikipedia: sem ela muito estudantes estavam fudi***

“O capitalismo é um sistema econômico em que os meios de produção e distribuição são de propriedade privada e com fins lucrativos;decisões sobre oferta, demanda, preço, distribuição e investimentos não são feitos pelo governo, os lucros são distribuídos para os proprietários que investem em empresas e os salários são pagos aos trabalhadores pelas empresas.É dominante no mundo ocidental desde o final do feudalismo. O termo capitalismo foi criado e utilizado por socialistas e anarquistas (Karl Marx,Proudhon, Sombart) no final do século XIX e no início do século XX…”

Já deu para sacar né? (agora vamos ao que interessa, sei que o começo ficou meio chato MAS nem todo mundo sabe o que é capitalismo, mil desculpas aos CDF’s e a entendidos do assunto).

Acho que desde que inventaram a compra pela internet, uma certa empresa ficou um tanto (para não dizer muito) eufórica com relação à seus produtos (se você pensou na Adidas, Nike ou qualquer outro fabricante, se deu mal).  Sim caros colegas, estou falando da WWE (ou talvez até antes, na época da WWF, não entendo muito de Historia contemporânea). Até porque a maioria das vendas da WWE é online (ingressos, camisas, títulos de plástico, munhequeiras e bonecos de ação, não se esquecendo de ingressos).

E também, sempre que você vai assistir à um programa da WWE (seja Raw, SmackDown …) o que mais acontece? Propagandas, propagandas e ah, anúncios de propagandas. Seja de produtos dentro da empresa, ou de patrocinadores. Você quase não vê lutas, mas sim anúncios de peixe grelhado, Burger King, barbeador e outras merdas do dia-a-dia de um americano.

PPV foda, e que tem a ver com o que estou falando!

Sei que, como toda empresa que se preze, a WWE tem fins lucrativos. Até ai tudo bem, tirando o fato que ela pensa somente em dinheiro e deixa de lado a qualidade (se bem que ultimamente vem melhorando, só ver o Money in the Bank).

Outra coisa que assim que descobri, fiquei um tanto abismado. O fato de a WWE inventar de fazer tantos house-shows, acabando com seus wrestlers, fazendo com que muitos se demitam. Na boa, poderiam dar um descanso maior. Se já é difícil entrar numa briga para valer, uma onde conta a atuação e a preocupação de não lesionar o colega de trabalho deve ser duas vezes mais cansativo. Isso acaba fazendo com que os que não pedirão demissão rendam menos e tragam lutas mais monótonas e maçantes.

Ah sem falar tambem quando o lutador se torna interesseiro, ou seja, não luta com vontade (transformando também suas lutas em algo maçante e monotono). Sem falar em bookers que também só querem saber de dinheiro fazendo storylines maçantes e monotonas. kkk

Mas de certo modo, eles tem certa razão pois a internet vem tanto a ser uma amiga como uma inimiga. Amiga pois com ela a WWE vende seu produtos queridos feitos na China, Taiwan ou qualquer outro lugar onde o serviço escravo ainda é permitido, assim lucrando. Mas essa mesma internet que lhe permite vender, lhe dá um furo imenso pela costas, pois no mundo todo, você pode upar um video recente da WWE (como o Money in the Bank, por exemplo) Ok, ele, em menos de 24 horas é bloqueado por direitos autorais pela propria WWE, MAS, nem tudo a WWE consegue bloquear, como TV’s online que mostram em tempo real esse mesmo PPV na noite que foi exibido, deixando o titio Vince (opa, Mister Levesque) sem tanto dinheiro quanto gostaria.

Concluindo, WWE pare de ser tão capitalista e se concentre em dar mais qualidades a seus shows, poderia começar cortando tanto House-shows, poupe seus Wrestlers, afinal, eles são seu ganha-pão. Alias, não só a WWE, mas como o mundo em que vivemos poderia para de ser tão capitalista e se focar um pouco mais no lazer. Sei que estou parecendo um daqueles caras ambientalistas que não gosta de senhores engravatados e talz. Mas pense bem, você prefere viver a sua vida, curtindo seus riscos e suas decisões ous ser um seminario que só pensa em mais dinheiro, não vendo pessoas a sua volta? Pense nisso. Acho que tem muitas pessoas neste blog que sonham em ser Wrestlers, seguindo os passos de seus idolos. Ouvi falar que em alguns pontos pelo país, há centros onde lecionam Pro-Wrestling. Se você quer realmente ser um lutador, vá, corra atrás de seus sonhos mas lembre-se, faça isso por diversão, e não pensando só no dinheiro.

Nada mais a dizer. Espero que tenham gostado, se não, haverá outras chances onde tentarei fazer textos melhores. Agora, você pode fechar essa janela e voltar para o fap fap fap ou curtir o seu rock, ou ainda curtir um clip da Madonna (variando para criticas ao John Cena via twitter e a xingos destinados ao Justin Biba Bieber em redes sociais). E depois quando tiver tempo, procure uma academia de Pro-Wrestling(?).

Anúncios

18 comentários em “Malakian’s House: #001 O Capitalismo no Wrestling(WWE)

  1. Belo texto, gostei da imagem do Vince viu, boa escolha KKKKKKKKKKKKKKKK.

    Lhe dou 7,5 pois ainda faltam algumas coisas, como faltar um “meio”, acho que a introdução foi boa, a conclusão também, mas faltou o meio (desenvolvimento) ligando tudo. E como você foi rápido, escolheu um bom tema (apesar de não falar TUDO o que poderia do tema) e se esforçou, tome um 7,5. E gostei das pitadas de humor!

  2. Eu gostei do texto, mas tem lugares que tem melhora. Por exemplo, o que o próprio Gustavo falou, faltou um desenvolvimento ligando o texto. Não concordo que tudo que você disse (já falo mais disso), mas isso não é motivo pra descontar pontos… Já tem um erro imperdoável: House shows não são feitos pra ganhar dinheiro, são feitos pra ganhar mais fãs (e assim ganhar dinheiro com merchandising e pay-per-views, mas isso não vem ao caso – se viesse então programas de TV, que dão dinheiro com propagandas e intervalos comerciais, também não contariam).

    Mas tem pontos que eu simplemente não concordo com você – não dá pra culpar a WWE por querer fazer dinheiro, nesse mundo capitalista. Você acha que o salário dos Wrestlers (opa… Superstars e Divas) é pouco? O pessoal do backstage, os bookers, os escritores, os fucking faxineiros… A locação da arena, o ringue, os efeitos de pirotécnica, toda a burocracia pra ter um programa ao vivo na televisão, o povo da edição de vídeo (que deveria receber um aumento mensal pelo trabalho FODA que faz), o website, o povo que cuida do website, tudo isso e muito mais (esses foram só “poucos” exemplos, ainda tinha mais coisa, tipo as músicas, o dinheiro que custa pras músicas licensiadas…) custa e custa MUITO!

    E é claro, eu não estou contando a margem de lucro que eles precisam ter pra isso tudo ser viável… Não é TODO o dinheiro arrecadado da WWEShop que vai pro bolso da família McMahon-Levesque, saiba disso.

    (Porra, com comentários longos desse eu deveria fazer um fã-post pro GRTR… Mas beleza.)

    As pitadas de humor não foram meu tipo, na realidade, mas posso entender se alguém rir. E o Banner fede à esgoto queimado, espero que você mude isso logo.

    Eu te daria um 6/10.

  3. Eae cara, muito bacana seu texto einh, você escolheu um tema fantástico, que muitas vezes é a razão do descontentamento de muitos fãs, onde que “o dinheiro fala mais alto” e acontece esta decepções que já cansamos de ver. É claro que deve haver um certo capitalismo concentrado na empresa, até pq vivemos em um mundo capitalista e é o capital que move a empresa.

    Cara eu gostei mesmo do seu texto, não sei se vc já tinha experiência, mas acho que seu texto ficou melhor que o meu, que ficou pequeno, e também não consegui colocar vídeo e nem colocar esta moldura em volta das imagens :/. Ficaria muito grato se alguén pudesse me ajudar com isto.

  4. Gostei do texto cara, mas só não gostei do tema, pra mim já é uma coisa muito “batida” na blogosfera, mas mesmo assim o marketing é uma coisa que realmente influencia TUDO no nosso mundo hoje, e o wrestling não escapa disso.
    Hoje a essência do mundo que vivemos, o mundo capitalista é o dinheiro, então é preverivél um show de wrestling ruim para uns quee dê lucro, do que um ótimo show e que venha falir.
    Um exemplo disso é a Old ECW sempre pensava em seus fãs fazia combates maravilhosos e olha que fim levou durou somente 9 meses na ativa.

    • 9 meses na ativa?? Fumou ou cheirou o que? ASJIASJIASJIASJIASASHUASHU a ECW ficou anos na ativa. Sempre com problemas financeiros, mas ficou na ativa por anos.

  5. Muito bom texto Jhames, mas tem que melhorar um pouco na escrita e ser um mpouco mais direto no assunto, teve horas que tu ficaste enrolando e enrolando para chegar em certo ponto.

    Eu, de atrevido que sou, me arrisquei e fiz um bannerzinho, se quiser usar 😀

    Não foi um dos melhores pois fiz na pressa, mas tá aí!

  6. Gostei, gostei!

    Bem, não vou discutir o tema, até pq já é bem batido e todos já entendem disso, e não é necessário.

    Mas falando do SEU texto, achei bom. Um deslizes ali, aqui, e algumas frases que nunca acabam, faz com que o texto seja quase perdido. Como por exemplo temos a introdução, que a piada é extensa demais com os professores, e ocupando metade do parágrafo, toma cuidado com isso!

    Enfim, isso se conserta com o tempo… E claro, boa sorte! 😀

  7. Legal o texto. bacana!
    A WWE sempre soube manter muito bem sua “temática” capitalista, e isso é um dos fatores de todo o seu tamanho perante o mundo.
    A WWE sabe muito bem vender sua marca, e nós também sempre procuramos comprar. hehe…
    Agora, com Triple H caminhando para tomar a empresa de vez, ninguém sabe que rumo ela vai tomar. Eu acho que continuará no mesmo.
    Abs.

  8. Achei o texto bacana também. O que eu tinha pra falar já citaram, mas uma coisa eu sempre achei e ninguém mudará minha mente: Nós reclamamos do “monopólio”, mas se fossemos nós os empresários, nós procuraríamos pelo monopólio também. Logo não há muito pra onde correr, é rezar para que os magnatas sejam fãs da mesma coisa que eu sou fã, e assim quem sabe me proporcione aquilo que desejo.

    Abs.

  9. Como estive viajando nesse fim de semana, comentarei os textos a partir de agora.

    Jhames, eu gostei do seu texto, só uma coisa que não gostei muito. acho que só eu levei isso em consideração, é uso dos parantêses onde você poderia normalmente colocar a frase no texto, tirando isso que eu falei, me agradou. A forma que você escreve, e o uso do humor.

    Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s