Na Teia do Aranha #35

Um grande salve, pessoal. Estou aqui, utilizando-me do meu espaço de pensamentos, para colcoar mais um deles, refletindo sobre uma situação que estamos vivendo atualmente com outra a qual estamos vivendo a tempos. Quer saber qual que é? Clique em “Leia o resto deste artigo” e veja no que estou dizendo. Reflitam, comentem, debatam e, se quiserem dar sugestões para os próximos pensamentos, deixem junto aos seus comentários, ok?

Abraços e valeu!

Dá Pra Pensar Com Esse Auê?

Muitas vezes, o melhor meio para que possamos refletir sobre tais temas é se retirar e refletir bem sobre o assunto, da maneira mais friamente a qual se possa analisar. Alguns fatos ocorrem com a velocidade com que uma estrela cadente cai e, por mais que sejam bons naquele preciso instante, logo eles caem e se tornam objeto de ódio das mesmas pessoas que se dizem fãs e idolatraram o mesmo fato no instante ocorrido. Um exemplo básico foi o fato da TV Esporte Interativo , no momento em que se anunciou em que ela transmitiria o RAW (e muito em breve o Smackdown). Num primeiro tempo, as pessoas quase tinham espasmos orgasmáticos diante dos seus computadores devido à notícia. O tempo passou, o RAW começou a ser transmitido e, mesmo que eles estejam fazendo um trabalho brilhante com o material que possui, ouvimos pessoas criticando veementemente contra coisas que elas não têm o menor direito de reclamarem. Sem meias palavras, elas falam sem pensar.

                Durante as últimas semanas, desde aquele discurso de CM Punk, em que ele bradou algumas verdades dele contra a WWE, a família McMahon e todas as pessoas e situações que o deixavam (e ainda deixam) frustrado, as pessoas idolatram o lutador como se ele fosse alguma divindade do pro wrestling. A história seguiu de modo interessante, com o ‘Straight Edge Superstar’ vencendo o WWE Championship e Paul Levesque (vulgo ‘Triple H’) assumindo a chefia de operações da empresa, ‘despedindo’ Vince McMahon (pelo menos aparentemente). Paul está a cerca de quase três semanas no cargo e as projeções futuras para o destino da companhia são as melhores possíveis, com alguns até falando da volta de uma terceira brand, dentre outras situações que andam sendo cogitadas pelos sites especializados em luta livre. Isso é bom, né?

Me adorem... me adorem...

                Depende. Como toda pessoa que gosta de ouvir as opiniões, venho acompanhando todos os lados que opinam sobre essa situação de reviravolta na ‘Big W’ e eu não sei se acho que estou coabitando em um meio de uma maioria de ‘maria-vai-com-as-outras’ ou de pessoas com transtorno bipolar (OBS: nada contra as pessoas que sofrem esse tipo de distúrbio – tenho amigos que sofrem realmente disso – mas, as atitudes que as pessoas estão tendo, me lembram demasiadamente os sintomas das pessoas que sofrem disso). Num primeiro momento, as pessoas ouviam uma opinião e saiam concordando, sem nem mesmo pesquisar ou dar uma razão para que concordassem. Era aquilo e pronto. Em outro lugar, uma pessoa tinha uma opinião totalmente diferente sobre o mesmo assunto, apresentando seus motivos (bons ou não), e a mesma pessoa concordava com ela também. Ei, peraí? Espero que aquele seja o seu irmão gêmeo, porque se não for, você tem um probleminha…

                As pessoas que falavam a duas semanas atrás que CM Punk era um lutador praticamente nulo na empresa e que, mesmo com ele lutando, não representava nada, agora o adoram e veneram, a ponto de botar uma foto dele na mesinha de cabeceira das camas. Outros viram Triple H como o salvador da pátria da WWE. Mal esquentou a cadeira e já vemos as primeiras reclamações, ou porque não gostam deste ou daquele lutador que eles deram uma oportunidade maior nesse começo ou porque simplesmente querem achar um motivo pra reclamar. E a única resposta que podemos dar a essas pessoas que falam de maneira totalmente desconexa é: SOSSEGUEM O FACHO, SEJAM SENSATOS E REFLITAM SOBRE SUAS OPINIÕES!

Vamos pensar um pouco?

                Vocês acham que Phillip J. Brooks falou tudo aquilo somente porque achava que ‘o microfone tem o poder’ e que queria economizar a sessão do terapeuta e foi falar ali mesmo? Vocês acham que Paul Levesque vai consertar todos os problemas que foram gerados nesses últimos anos com a inserção de uma política de censura na federação e que veremos um certo equilíbrio entre os gostos de quem prefere uma luta livre mais extrema e violenta com aquele público que prefere somente a diversão e um entretenimento mais leve de imediato? Vocês acham que todos os lutadores que acham bons serão contratados logo e que tudo vai mudar num estalar de dedos? Não! E sabe por quê? Porque isso exige uma coisa chamada trabalho e outra chamada esforço.

                Tudo tem o seu tempo. As coisas começaram a mudar agora e não é sendo insensatos em suas opiniões é que vocês ajudarão a ficar melhor. Querem ser a favor? Querem ser contra? Ótimo. Mas saibam o porquê de assumirem uma posição e, principalmente, esperem as coisas caminharem. Estamos felizes pelo primeiro passo ter sido dado, mas precisamos ver como isso vai se desenvolver a cada dia. Esperamos que, pelo menos, o desenvolvimento seja para o nosso bem, de quem curte o pro wrestling em sua essência e tem firmeza no que pensa para que o esporte vá sempre em frente.

Anúncios

14 comentários em “Na Teia do Aranha #35

  1. Ótimo texto. Punk está fazendo tudo que a WWE precisava, uma promo muito foda e lutas muitos boas.
    Se Punk continuar assim ele pode ser um dos maiores que já vimos na história do wrestling.
    Podemos comparar a Punk a SCSA e sua belas promos na época em que ele acabava com Vince McMahon.
    Punk 3:16.
    Gostei muito do texto.

    • Gui, obrigado pelo elogio. Mas, não podemos comparar nenhum dos dois, pois cada um tem uma dinâmica diferente dentro do universo do pro wrestling e da WWE. Podemos comparar CM Punk a Cena, Orton e outros do seu tempo, assim como Austn a Rock, Foley e por aí vai.

  2. Essencialmente esse texto deveria ser apresentado a todos os fãs de pro wrestling aqui no Brasil. O povo sofre por antecipação, é pessimista, não se deixa levar pelo show, aí depois que ocorre algo simplesmente muda de maneira inexplicável. Vai entender?

    As mudanças tem sido boas, agora é esperar para ver até onde elas vão levar, inves de ficar deduzindo e apontando defeitos…

    Abs Aranha!

  3. Um belo texto, um dos melhores seus, com certeza… É, essa fase da WWE está inspirando todos mesmo 😀

    Tudo é muito cedo ainda… Tanto pra chamar de feud do ano, melhor da história, e tal, quanto pra criticar. Até porque, se tratando de WWE, ela pode fazer a melhor feud da história, e ai no final, aos 49 do segundo tempo, cagar de um jeito, que torne a feud o maior FIASCO da história.

    Eu to gostando muito, mas já ter HHH envolvido, e com notícias de que ele ficará over, e pensando no passado dele, em que ele usou e abusou do poder, passa a, se não por o pé atrás, pelo menos parar de sonhar… Espero que a WWE não cague!

    Grande texto!!

    • Gustavo, obrigado pelo elogio. É, simplesmente, temos que esperar pra que as coisas possam tomar seu rumo. Se nós vermos pela perspectiva do hoje, eles estão indo pelo caminho correto, mas sabemos que ainda tem um longo caminho pra que as coisas melhorem.

  4. Bom te ver por aqui novamente, João. Ótimo texto.

    A minha posição é aquela: Parar para assistir e ver no que vai dar, torcendo para que aconteça algo realmente legal.
    É esperar pra ver, hehehe.

    Abraço…

  5. Hehe cara, o que tu falou teve sensatez. Vc não criticou ninguem em particular, só disse: “se vc gosta desse lado, mantenha desse lado e não o critique depois”. Corcondo contigo, também ja cometi erros assim (e as vezes acontece de novo), mas quanto a esse lance de mudanças na WWe, não sei no que vai dar, só espero que seja uma coisa boa. Bem nada mais a dizer.
    Paz

    • É, James. Essa é uam coisa simples pra vida; mantenha a sua posição sempre e só mude se tiver uma razão muito sensata para essa mudança e não ficar pulando de galho em galho. Valeu pelo elogio.

  6. rsrs…

    Que carcada em João…rsrs

    Nós já estamos calejados com a WWE, mas calma, os fãs mais novos entenderam mais cedo ou mais tarde que TUDO na WWE é mais complicado do que se parece…

    abraço!

    • Xandão, os fãs de PW tem que entender isso desde cedo, para que depois não se tornem pessoas com opinião simplória. Infelizmente, vemos muitas dessas por aí, mas vamos nos safando na boa. Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s