Carimbada do Godoi #2

Bem, antes de começar esse texto eu tenho uma coisa a dizer: EU TENHO ORGULHO EM SER POSTADOR DE NOTÍCIAS e não sou arrogante o suficiente para achar que, qualquer coisa que faço, tem mais importância ou é mais difícil do que o que as outras pessoas fazem!

Para bom entendedor, meia palavra basta e tem gente confundindo diferenciação com defecação, mas enfim… Acho que é melhor voltar à minha série sobre HBK, que era arrogante, mas pelo menos era genial, antes que fale demais…

Shawn Michaels, o vendedor de emoção – parte 7

Enfim, após algumas semanas de abstinência graças a certa falta de informações, misturada a uma vida de vestibulando fudida… Aliás, fiz 78 de 90 no último simulado do Anglo, me CHUPEM xD Voltamos à nossa viagem anacrônica pela carreira de Shawn Michaels.

No episódio de hoje, que para quem perdeu as contas é a 4ª posição no meu pequeno ranking de melhores momentos da carreira do Mr Wrestlemania, falaremos sobre o que, em minha singela opinião, é o clímax na carreira de qualquer wrestler, a conquista de seu primeiro título mundial.

Finalmente, a consagração

A cara de quem não acredita naquilo realmente é foda...

Sim, sim, salabin, hoje falaremos do momento em que Shawn Michaels finalmente chegou ao topo da montanha conhecida como Pro Wrestling, coisa que ocorreu exatamente na noite de 26 de Março de 1996, na Wrestlemania XII após uma Iron Match que durou mais de 60 minutos contra o seu futuro maior desafeto na vida real, Bret Hart.

Primeiramente e como sempre, vamos fazer uma pequena viagem ao passado para ver qual foi o caminho de Shawn até essa luta, algo que é bom lembrar é que Shawn já havia tido a chance de conquistar o seu primeiro WWF Title na 11ª edição da Wrestlemania, mas perdeu sua luta contra Diesel, após essa derrota, Shawn foi atacado por seu guarda-costas Sycho Sid e se afastou dos ringues até Junho.

Em Junho de 95 HBK retorna aos ringues, agora como face seguindo assim o desejo de Vince McMahon, e parte diretamente em direção ao Intercontinental Title que estava com Jeff Jarrett, após tirar o título do sertanejo fracassado, ele o defendeu contra Razor Ramon no Summerslam em uma rematch da Ladder Match da Wrestlemania X, uma lutaça novamente…

Mas bem, agora chegamos a uma parte interessante, em Outubro, HBK se meteu em MAIS UMA confusão e dessa vez o a sorte não sorriu para Shawn Michaels que acabou apanhando feio para um grupo de marinheiros em um bar em Nova York (Me pergunto se é essa a tal briga de bar que citei na última edição…).

Esse ataque que provavelmente não foi gratuito (Lembram-se do quanto HBK era idiota à época?) obrigou Shawn a deixar vago o Intercontinental Title para Dean Douglas (Que depois virou Shane Douglas) que teve que perder na mesma noite para Scott Hall graças à influência do Kliq… Os marinheiros pelo jeito não bateram forte o suficiente, nem para usar o espinafre…

Apesar que duvido muito que ele desse jeito na filha da putice de Shawn... Brutus nunca aprendeu xD

Em Novembro, a WWF foi inteligente e usou a história do ataque no bar e fez um angle em que, após um enzurigi de Owen Hart, Shawn cairia desacordado no ringue sofrendo de uma suposta concussão, assim afastando o nosso tema mais uma vez das câmeras e até chegou a se “cogitar” uma aposentadoria do Showstopper, coisa que como sabemos, não ocorreu e não passou de uma estratégia da WWF.

E então, Shawn Michaels volta como participante surpresa no Royal Rumble de 1996 na entrada de número 18 e vence a luta (Acredite, naquela época ainda era legal quando isso acontecia…) eliminando Diesel por último, se vingando assim da derrota na Wrestlemania XI e mandando o vovozinho ferrador de Punks direto para uma luta contra Undertaker na Wrestlemania…

VENGEANCE!!!!!

Após se tornar mais uma vez o vencedor da estipulação mais charmosa da história, Shawn colocou seu contender em jogo contra Owen Hart (Então é assim, eu machuco o cara e ganho a chance de disputar o contender? xD) no PPV In Your House 6: Rage In The Cage e venceu, assim abrindo caminho para enfrentar o WWF Champion na Wrestlemania XII, e quem era o campeão da WWF na época? Sim, você ganhou uma estrelinha se disse Bret Hart!!!!

Bret, que havia ganhado o título no Survivor Series assim acabando com um reinado gigantesco de Diesel, estava atuando no seu papel de face das crianças e heel para o mundo, em um Monday Night Raw, o presidente interino da WWF “Rowdy” Roddy Piper anunciou que a luta seria a primeira Iron Match da história da empresa e que teria 60 minutos de duração, traduzindo, afirmou que história seria feita naquela Wrestlemania!

Nesse meio-tempo, Jose Lothario, o homem que treinou o maior showman da história do pro wrestling, se tornou manager de Shawn e grande parte das promos entre HBK e Hart giravam em torno do confronto do estilo técnico canadense, representado por Bret e o ágil e mexicano, representado por Shawn (Lembrando que Lothario é mexicano de nascença) no ápice do maior evento anual de pro wrestling.

And FINALLY...

E então, chegamos ao dia 26 de Março de 96, aliás, aniversário de 18 anos da minha irmã mais velha… E não me perguntem por que diabos falei isso, simplesmente me veio à cabeça… Enfim, chegamos ao dia e, apesar de pessoalmente eu ter achado a Iron Man Match bem abaixo das minhas expectativas, vou citar alguns momentos marcantes…

Primeiro, se anuncia Gorilla Monsoon como o novo presidente da WWF… Mas porra, essa empresa muda de comando mais que time de futebol e o pior, o verdadeiro dono está na mesa de comentários todo esse tempo… Mas então aí sim, começa um dos momentos mais épicos da noite…

Começa a tocar Sexy Boy, mas quem vem ao ringue é apenas Jose Lothario, coisa que os comentaristas notam e começam a especular que HBK fugiu da luta, mas bem… Jose chega ao ringue, sobe no corner e aponta, é um pássaro?É um avião?Não… É Shawn Michaels fazendo uma das entradas mais lindas de todos os tempos e literalmente voando pelo ginásio e descendo no meio do público!!!!

É o Super Cena? O Orton América? Não, é o Super HBK!

A seguir, Bret faz sua entrada normal e começa assim a luta, realmente como disse a luta é extremamente parada em grande parte do tempo, a não ser em raras exceções em que um dos dois consegue acelerá-la como a hora em que, por acidente, Shawn aplica um Superkick no tocador de gongo aos 15 minutos de luta, entretanto, o próprio HBK acaba exagerando em submissões também quando tem o domínio…

Bem, a luta no geral vai acelerando bem lentamente com Shawn procurando trabalhar o braço de Bret e The Hitman trabalhando em cima das costas de Shawn… Até finalmente chega a seu ápice faltando 5 minutos pro final em que o Mr Wrestlemania parece acordar e perceber que tem que tirar o zero a zero do placar pra sair do evento com título, aleluia!!

Entretanto, ao tentar um missile dropkick a 30 segundos do final, Shawn é pego por um Sharpshooter certeiro e perfeito de Bret, consegue se segurar pelo resto da luta e dessa forma a luta termina realmente em um 0 x 0 sem graça… OU NÃO!

Gorilla Monsoon vem ao ringue e, antes que Hart conseguisse sair de fininho, anuncia que a luta reiniciará sob a estipulação de morte súbita, afinal, é um main event de Wrestlemania e temos que ter um vencedor, estou certo? E então chegamos ao clímax do texto de hoje…

Shawn, que mal conseguia andar, consegue um Sweet Chin Music espírita e depois se recupera e manda outro em seguida assim conseguindo o pinfall de sua vida e finalmente, depois de vários anos de carreira, ele chega ao topo do mundo!!! Qualquer um nota a importância e emoção do momento, ver um homem como Shawn praticamente chorar segurando um cinturão é algo muito raro e especial de se ver…

Luta completa em vídeo ÚNICO!

Após esse momento lindo de consagração mais do que merecida do ícone mor de nosso pequeno espaço, HBK teve um longo reinado como WWF Champion, mais precisamente até o Survivor Series de 1996, como um 1º reinado deve ser, longo e de altíssima qualidade.

Em suma, no episódio de hoje Shawn Michaels, após um ano extremamente atribulado em que foi afastado dos ringues duas vezes e se meteu em uma grande confusão, conseguiu finalmente a consagração mais do que merecida, uma coisa curiosa é que Shawn só conseguiu vencer o WWF/WWE Title mais 2 vezes na carreira… Mais uma prova de que os maiores lutadores não precisam de título para sobreviver na memória dos fãs.

#ForçaPirata!

Edições anteriores do Especial HBK:

10ª posição: Kayfabe é para fracos

9ª posição: Fazendo história no Royal Rumble de ponta a ponta

8ª posição: Revolucionando o Pro Wrestling

7ª posição: Montreal Screwjob, uma mancha na carreira do ídolo

6ª posição: Após 4 anos sem o Showstopper…

5ª posição: O início de uma era

Anúncios

12 comentários em “Carimbada do Godoi #2

    • Mas o que tem capacidade criativa a ver com isso? Cada um ajuda com o que pode e vc sabe que generalizou no seu texto sobre a qualidade ou a facilidade que há em postar notícias…

      Aliás, sério, não sei de onde vem essa facilidade em postar notícias.O processo é tão trabalhoso pelo menos no meu caso do que o de postar uma coluna, no caso seria:

      Ver se a notícia não foi postada anteriormente, traduzir, ver se é necessário lembrar alguma informação para que o leitor mais ocasional não fique perdido, ver se não há erros ortográficos ou repetição de palavras, corrigir os erros ou repetições existentes, pegar uma imagem boa ou upar uma se não houver na mídia e aí sim postar…

      Se alguém joga simplesmente no tradutor e posta? Claro que sim, como há colunistas que simplesmente jogam as ideias no papel e nem confirmam se suas ideias tem fundamento ou se não está cometendo algum erro ou se falta coesão no texto, enfim.. Essas diferenças que separam o joio do trigo…

      Postar notícias é tão trabalhoso quanto escrever um texto, é claro que escrever um texto demora mais tempo do que uma notícia, mas se vc considerar que a maioria posta umas 3 notícias por dia eu diria que não é necessário apenas tempo livre como vc afirmou…

      • Discordo com você… Uma notícia é bem mais fácil do que um texto. Mas não podemos desmerecer. E outra coisa, é mais fácil se você pegar um bom postador de colunas, e um bom postador de notícias. Mas existem, e muito, colunistas podres, e caras que dão notícias de forma muito foda. Assim como há colunistas geniais, e postadors de notícias cometendo erros primários como “o atual WWE championship” ou, logo após o Cena bater o recorde de 9 WWE titles, anunciar na notícia “e agora, Cena com 8 WWE titles”, além de erros que me ~dao raiva como “ele é bom, MAIS não é nível de main-event” ou ainda postadores que repetem mil vezes a mesma palavra.

        Não devemos desmerecer ninguém, mas falar que postar notícia é tão trabalhoso quanto postar um texto, é um pouco/muito exagero.

        • Pra mim é hahaha, eu escrevi esse texto sei lá, em uma noite, gastaria o mesmo tempo postando umas 5 notícias no máximo e provavelmente teria que pesquisar tanto no Google quanto 😛

          E o que eu falo, no 1×1, é óbvio que um texto vence, mas no geral, notícia é bem mais do que tradução e fim…

        • É que sei lá, vejo tanta notícia descaradamente traduzida de um site (e quase nunca vejo créditos, mas ok…) e mal-feita, inclusive no WI, que considero o melhor de notícias do Brasil, que penso “nossa, se eu fizesse isso, postaria uma notícia mole mole em 10 minutos”. São poucas notícias que você para e pensa “é, essa deu um trabalho” ou então “nossa, essa notícia é surpreendente” já que as vezes vemos notícias já “velhas” dos EUA, só indo parar nos blogs depois de um tempo considerável. E no WI, tem, mas é pouco, mas tem ai grandes blogs, com muitas visitas, que só tem notícia inútil e que claramente só estão lá pra ter “uma postagem a mais”.

        • O último item que o Gustavo levantou é fato. E Godoi, depende do tipo de texto, esse aqui pode até ser rápido e de fácil criação, uma vez que ele é fatual não argumentativo. Levantar argumentos plausíveis, convincentes, e sem cair no cliche, isso não é nem um pouco simples. Escrever sobre o quê? Comparar atualmente com Attitude Era? Falar da ECW? WCW? Comparar TNA com WCW ou WWE? Falar de Benoit? Eddie Guerrero? Da atualidade? Ou seja, tudo é muito desgastado, entende? Pensar em algo interessante e compartilhar com os leitores não é tão simples assim, uma notícia por outro lado, já está lá: pronta. É traduzir, e seguir o procedimento que você disse. Eu já estou na blogosfera há um tempo considerável, já me envolvi com notícias também, sei do que tu diz, e julgo notícias mais simples e fácil.

        • Eu tbm estou na blogosfera a um tempo bem considerável e esse processo criativo é algo tão secundário pra mim, em todos os textos, eu não paro e sento sobre um assunto revolucionário, apenas num assunto que eu acho que nunca foi explorado da maneira como deveria ser ou não foi explorado e que deveria, simples…

          E isso acontece toda hora, não ocupa tempo em muita habilidade mental, eu já criei texto assistindo aula, na piscina, postando notícias, enfim… Não é tão difícil quanto se parece quando se pega a prática

  1. Cara, ótimo post! Só discordei do ponto que você falou que a luta foi abaixo das espectativas… Po, Iron Man match são as mesmas complicadas pros caras fazer, e entre as poucas que existiram, essa foi a melhor, disparado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s