Coisas de Wrestling (02) – O Bullying na WWE…

Aqui fica o segundp artigo da minha nóva rúbrica, o “Coisas do Wrestling”, que será postada semanalmente em simultâneo com o post no Universo Wrestling em Portugal. Este é um artigo com cariz meramente humoristico, onde o recurso a elementos multimedia, como videos imagens e gifs será predominante…
Espero que gostem desse artigo  e já sabem, comentem e dêm sugestões para próximas edições :)

Já agora fiquem sabendo que depois de ler o artigo da semana passada em que falamos sobre a história de um miúdo que deixou o Wrestling Independente para se juntar a uma companhia Main-Stream do Circuito de Wrestling Profissional Americano, Hitler, lá dos confins onde ele anda escondido, decidiu investigar a sua carreira e decidiu que queria juntar-se a ele…vejam bem:
——————————————————————–
O Bullying na WWE…
Bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (do inglês bully, tiranete ou valentão) ou grupo de indivíduos causando dor e angústia, sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.
Em 20% dos casos as pessoas são simultaneamente vítimas e agressoras de bullying, ou seja, em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas de assédio escolar pela turma. Nas escolas, a maioria dos atos de bullying ocorre fora da visão dos adultos e grande parte das vítimas não reage ou fala sobre a agressão sofrida
retirado de wikipedia
Pois é meus caros, parece mesmo que o bullying é o tema desta semana. Mesmo não se tratando minimamente de algo que tenha a ver com o agora apelidado Bully Ray, tem a ver com outra figurinha nossa conhecida que tem vindo a ser vítima deste tipo de abusos na WWE desde 1997, ano em que se estreou na companhia. Não acreditam?! Sigam então as próximas linhas, pois venho munido de provas…
Até que chegou ao dia em que este se começa a fartar de vez e decide exprimí-lo em directo para uma audiência ao vivo…
Ora, nada contente com essa situação, Vince McMahon envia-o para casa durante 30 dias suspenso. Este começa a passar os seus dias a vaguear pela net, e numa tarde em que fazia o seu habitual zapping entre sites como o Ta Fixe e o Ainanas eis que se depara com um caso semelhante ao seu passado numa escola do estado vizinho ao seu…

É então que este atira a toalha ao chão depois de anos a ser alvo de chacota, e decide tomar uma atitude e começar a tentar castigar aqueles que acha terem sido os culpados de todo este movimento para ofendê-lo dia após dia, semana após semana.

Sempre com o apoio dos seus camaradas fieis, agregados solidáriamente com esta causa que perturbava o seu amiguinho Miguel Costa (sim, este é o nome verdadeiro dele, Michael Cole é só a Gimmick que representa na WWE) preparou a sua derradeira vingança. Este lá conseguiu o apoio de um colega que tem vindo a ser vítima desse tipo de bully por parte de HHH e os seus colegas com a mania que são creativos, que se disponibilizou para treiná-lo fisicamente…

No final dos 30 dias de suspensão este estava pronto para ir à luta…e foi o que fez… aqui fica o resultado da doce, ou melhor, picante, vingança de Michael Cole:

See you next week 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s