Gustavo Ride – Retrospectiva Anual (TNA)

Bem, como qualquer ser humano com pelo menos um neurônio sabe, estamos no final do ano. Isso quer dizer o que?? Não gordo, não que você irá comer muito nas festas (isso também, mas não vem ao caso agora). Quer dizer que é hora de fazer um balanço, uma revisão anual, como vocês já devem ter visto em outros anos. Começarei falando da TNA, o que achei positivo, o que achei negativo. Mas falarei muito mais dos lutadores em si do que das histórias e tal, até porque, são eles no final das contas que fazem a empresa. Não irei me prolongar muito e nem ser extremamente detalhista, então se acharem que faltou citar algo, ou até se discordam e tudo mais, comentem! (e sim, eu sei que o ano não acabou ainda, e daí? :P)

Defeitos (merdas)

Bem, acho que posso começar dizendo que a grande merda da TNA no ano, pelo menos em seu primeiro trimestre, foi o Hardy. Mas não só ele, e sim a bookagem e tudo mais. Po, ele perde o title pra um cara que tinha acabado de lutar, em apenas 9 minutos de luta (Mr. Anderson no Genesis, se precisarem, google it). No próximo PPV, o Against all Odds, já o recupera de novo, pra depois perder pro Sting num Impact, e ai chegar no pico da bosta com a vergonhosa aparição de Hardy naquele estado que todos sabemos e com isso outra luta de ME horrenda, essa com exatos 88 segundos.

E após TUDO isso, ele já volta com feud importante, vencendo e humilhando o Jarrett e sendo capa até de poster de PPV, e ainda por cima levando contender ao TNA title. Puta que pariu né TNA?? O lutador caga na cabeça da empresa, e na volta dele, vocês premiam ele com feud com muito tempo de tv, com um massacre em PPV, depois outra vitória que valeu contender ao TNA title, e com imagem no poster de um PPV (e agora no do Genesis também se não me engano)! Parabéns TNA, incentivando os wrestlers a fazerem bosta pra ganharem chances no ME, genial!

Passando pra outro ponto,  o senhor RVD, claro… Praticamente o Orton da TNA, lutando muito mal, com lutas previsíveis e iguais, e mesmo assim, tendo grande destaque, no primeiro semestre na busca pelo title mundial, e no segundo em feuds com bom tempo de tv, e claro, saindo por cima em TODAS. Porra, não poderiam dar chances a outros??

ROB... VAN... DAM... SUCKS!

E falando em chances a outros, me lembrei de outra coisa lamentável: a total falta de respeito com Samoa Joe. O cara está lá faz tempo, tem uma história foda na empresa e também no wrestling, e foi simplesmente humilhado o ano todo. E quando finalmente parece que veremos o monstro de volta… Ele perde no BFG, acaba essa fase dele e ele some de novo e fica no limbo. E isso porque estamos falando de um dos maiores nomes da HISTÓRIA da empresa.

Outra coisa que eu achei ruim foi a Immortal. Teve vários membros e foi confusa muitas vezes (como a maioria das coisas na TNA né..). Além de não ter emplacado nada muito bom contra a Fourtune, que deveria ser sua grande rival, teve uma supervalorização (assim como os “donos” dela né Bischoff e Hogan) desnecessária. Po, todo mundo que ia pro ME tinha que entrar na Immortal. Hardy ano passado, Angle após vencer o title começou a andar com eles, MR. ANDERSON também após vencer o title. E nem sentido isso tem, afinal, se você venceu o que tanto queria, se aliar a alguém pra que?? Teria mais nexo se juntar a eles ANTES, assim o objetivo ficaria mais fácil e sua entrada na stable, explicável.

Pra vocês pensarem: quantos desses daí ainda estão na stable?

E eu nem preciso citar o óbvio né?? Bookagem mal feita em vários pontos do ano, como todos aqui sabemos que a TNA faz toda hora, supervalorização das pessoas erradas e subvalorização das que merecem, e estratégias para ganhar rating que só fodem a empresa. Como isso é um problema que vem de anos, eu nem “re-citei” pra não ficar algo massante e repetitivo, além do que disse no começo que não seria tão detalhista, e sim que iria destacar as merdas mais fedidas hehe.

E antes de colocar as coisas que achei positivas na empresa, eu cito algumas que achei medianas, ou seja, que foi bom na visão de alguns, ruim na visão de outros, que poderia ter sido melhor e tudo mais. Crimson e sua invencibilidade, BFG series e a subida do Roode pro ME (não o fato em si, mas sim como foi executado). Três coisas que tiveram suas coisas boas, seu lado positivo, e também tiveram seu lado negativo e mal-feito.

Qualidades

Sim pessoal, por incrível que pareça, achei algumas coisas boas que a empresa fez no ano. Surpreendente, eu sei 😛 O primeiro, e também citando primeiro por ter ocorrido no final do ano passado, foi a separação do Team 3D e com isso a ida de Brother (Bully) Ray a “singles competition”. O cara pegou uma gimmick que tinha TUDO pra ser escrota e a deixou boa, melhorou no ringue, mostrou que tem mic-skills muito boas e ainda por cima melhorou a forma física. A consequência foram feuds boas com lutas igualmente boas contra AJ Styles, Mr. Anderson e até mesmo contra o ex-parceiro Devon.

Como comecei pelo comecinho do ano, pularei para o final. Por que? Porque eu quero, quem tá escrevendo? EU NÉ?? OK ENTÃO… Tá, me descontrolei. Continuando, o fato que ocorreu mais pro meio/fim do ano e que foi foda: volta de Aries pra TNA e sua consequente vitória valendo o X Division title. Foi tão bom porque além de vermos um cara simplesmente espetacular na empresa, essa nova chance impediu que ele se aposentasse de maneira precoce, e também levantou ainda mais a X Division, que é outro ponto que melhorou em comparação ao ano passado, mas não chega perto do que era em 2005 por exemplo. Aries vem fazendo um reinado fora de serie, com uma gimmick sensacional e com lutaças, que é o que vale pros fãs né.

Esse cara é MUITO foda!!

Knockouts division foi muito reforçada e agora tem um roster muito bom, com reinados bacanas e feuds muito bem feitas. E agora mais pro final do ano a entrada de Karen Jarrett pra sessão melhorou ainda mais a parte de feuds. Em contra-partida, os KO tag titles estão cada vez mais esquecidos e tinham que ser aposentados logo.

E antes de citar o que pra mim foi o melhor do ano, cito coisas que foram bem, mas não são destaques devido a  serem coisas recorrentes: Angle tendo mais um ano muito bom, com uma feud foda com Jarrett e depois um bom reinado como campeão. AJ liderando até que bem a Fourtune, mas, como vários anos, não teve o brilho merecido, só agora no final do ano com o envolvimento dele na disputa do título mundial. E Sting, que salvou o TNA title da lama (mesmo que no quesito lutas tenha deixado a desejar) e teve uma gimmick nova simplesmente FODA, e foi importantíssimo pra TNA no ano. E claro, mostrou como uma lenda deve ajudar uma empresa, SEM SUGÁ-LA COM SEU EGOCENTRISMO. VIU HOGAN?

E agora, o que melhor teve no ano: BEER…MONEY!! Sim, ambos e a tag em si. Isso porque o primeiro semestre deles, juntos ainda, foi animal, com um último (pelo menos por hora) reinado deles como tag sensacional, e depois com toda essa história que sabemos de separação e ida ao Main-event. Claro, não entrarei no mérito se foi bem feito ou não, afinal, sabemos que muita coisa foi mal feita e que poderia ter sido melhor, MAS o fato em si, que é a TNA no final das contas conseguir colocar ambos no ME, inclusive ambos vencendo o world title (mesmo que tenha durado semanas o reinado do Storm) e com isso colocar dois novos caras, merecedores, nas principais feuds da empresa, foi muito legal, e melhor ainda: foi merecido!

Mais dois da safra de "originals" que vem se mostrando completos!

Bem, por hoje é só, ficou meio estranho o texto, mas é porque fui lembrando e citando. Por isso mesmo devo ter comido bola e esquecido algo, então ajudem comentando. Logo vocês devem ver aí algo semelhante a esse, mas falando da WWE. E aguardem, pois em breve lançarei algo novo, nesse espaço mesmo, uma “série” tratando de um tema… Bem, difícil explicar, vocês verão… Em breve!

Anúncios

13 comentários em “Gustavo Ride – Retrospectiva Anual (TNA)

  1. Ficou bem feito o texto,não achei tão confuso he.
    Agora,que o RVD e o Hardy são superestimados,isso não tem como negar,pegaram dois lutadores hardcore,colocaram em hardcore matches,e ainda deu porra nenhuma,sinceramente,gostava muito do Hardy na WWE,e até no início de sua volta para a TNA,mas aí,qualquer coisinha era contender,era cinturão importante,porque eu mesmo não me lembro de te-lo visto com um X-Division ou TV Title,que são muito decentes,aliás.

    E o Aries,realmente é muito foda,e tem um dos finishers mais fodas tbm.Confesso que virei fã dele só a partir de setembro,e fico muito animado quando o vejo no ring,tomara que o Morrison vá pra TNA,aí sim será foda ver uma luta entre os dois! 😀

    • É, ele poderia apenas voltar a usar o Horns of Aries, que é fantasticamente fantástico, e ai sim estaria perfeito.

      E de fato Morrison vs Aries, com tempo e tal, é dream match, mas sei lá,as vezes penso e acho que não queria vê-lo na TNA pelo fato de que tomaria um espaço grande demais lá, inclusive cobrindo o Aries, mas ao mesmo tempo, penso no que ele pode fazer com a plena liberdade que a TNA dá, e as dream matches que poderia rolar, então se ele for mesmo pra TNA será um bom reforço.

  2. Concordo com praticamente tudo… Texto foda!

    As merdas ali eu nem tenho como discordar. Quem lê meus textos no WI sabem muito bem disso. RVD e Hardy são os caras que mais critico, e não são porque não gosto, mas sim porque só poluem a TNA. Eu gostava do RVD e gostava do Hardy, eles poluíram a TNA e conseguiram perderem um fã. Hardy como Heel se saiu bem no início e depois foi um cocô, inclusive fazendo o pior momento do ano (Que deveria valer o Slammy que o Ross ganhou ontem :P), voltando depois, e Face, mas como assim? RVD fazendo merda o ano inteiro, Superman maldito só perdeu pro Sting, que TINHA que manter o Title e ainda por cima de tão Superman esculachou uns três no ano inteiro, principalmente o Daniels agora e o Lynn no BFG, sem contar que não perdeu pro Crimson, e teve que ser desqualificado pra não sofrer Pinfall.

    Immortal foi um dos cocôs do ano. Além de não servir pra NADA, já que toda luta era interferência de alguém, uma semana depois não tinha mais Feud entre ninguém, na outra voltava, um lixo total. E ainda nas merdas, poderia incluir os seguranças que vencem lutas na TNA né? Gunner e Murphy foram horríveis.

    No lado neutro, como citado, eu não gostei nada nada do Crimson e essa Streak dele. Chato, overrated e que cagaram o personagem dele. Quando parecia que ele iria pro Main Event e pelo menos se tornasse interessante, fizeram merda. E por fim as trocas de Title de um mês das KOs, que foram horríveis.

    No lado bom concordo em tudo. Aries muito foda pra divisão e todo PPV faz luta foda, exceto essa do FR que ao meu deveu um pouco, mas não importa. Sting tendo essa Gimmick de Joker, sendo um cara engraçado e ao mesmo tempo sendo foda, foi a melhor coisa. Papel muito bem executado para alguém que costumava meter medo nos outros. E a Beer Money foi a face principal da TNA esse ano. Vinheram de um Heel Turn, com Feud foda com a MCMG e depois tendo o Face Turn, tudo muito bem feito, e que aconteceu no improviso, já que a MEM estaria praticamente anunciada pra uma volta! xD’ E no final agora do ano, os dois indo pro ME, um dos que mais merecem. É, deveriam prolongar a Feud, mas acho que o Storm ainda vai precisar um pouco mais de tempo, pois acho que a TNA quer enfatizar o estilo do Roode no Main Event, pra ai sim o Storm ter sua vingança.

    E por fim, palmas ao HOGAN por ser o MERDA DO ANO. Criar a Immortal, ser um FDP, ter um Face Turn só pra ser aplaudido no BFG, e quando o PPV ser “grande”, como quase a WM, ele dizer que “já esteve lá”, e ainda por protagonizar o pior mês pra TNA, que foi esse de outubro pra novembro, que em vez de deixar as coisa como previstas, com o Roode vencer o Angle no BFG, preferiu fazer uma confusão, e agora brigando na justiça com a Linda! Um simples Vai toma no c* acho que cairia bem pra ele!

    Esperando o da WWE, que parece que será muito bom! 😀

    • Valeu ai pelos elogios e pelo belo comentário… Lembrarei disso no DDA hein UHSAUHASUHASUHSA.

      E o da WWE já está prontinho, só falta adicionar as imagens. Daqui a alguns dias ele pinta por aqui!

  3. Muito bom o texto concordei com quase tudo que você disse e acho que o ano podia ser melhor se a MCMG tivesse lutado e eu cheguei a assistir TNA no primeiro semestre mas no segundo não me lembro de ter assistido sequer um show então me diga uma coisa o que é essa feud entre os Bischofs e outra onde voce viu que as KO tiveram um bom reinado.

    • Nem citei essa merda porque não acabou ainda, e porque quando ela começou, eu meio que parei de ver Impacr, então nem tinha como citar sem ser injusto ou com as infos necessárias, mas óbvio que é zuada essa storyline.

      E ali eu disse que as Ko’s tiveram a divisão muito reforçada (James, Kim, ODB, Jackie, Winter e afins) e que tivemos “reinados bacanas”. Não é porque tivemos trocas excessivas nesse segundo semestre, que o reinado da Rayne (que começou em 2010 e acabou em 2011) e o da James principalmente, foram ruins.

  4. Bem, concordo com tudo o que disse, mas tenho que dizer uma coisa que li no post da volta do Masked Kane e vou adaptar a minha situação… Eu sou putinha da TNA véio, ela pode fazer as merdas que fizer, eu sempre vou estar assistindo e achando no mínimo decente O.o Tenho que me tratar xD

    Para 2012, espero mais um reinado do Storm, a volta do MCMG salvando a divisão de duplas e quem sabe mais uma duplas foda surgindo… É difícil, mas quem sabe… Enfim, bom texto parça

  5. cara parabens porra eu sou fã do RVD mas porra hj ele tá uma bosta,a luta toda é dois chutes rolling thunder taunt e frog splash,me dá raiva pois ele era um cara que sempre teve um estilo diferente e meio louco e chamava atenção,se na wwe ele foi underrated (eu sei ele foi wwe champ e ecw champ)pois demorou pra caralho pra ser champ,na tna ele é OVERRATED,tenho pena do daniels e joe dois caras fodas que fazem o que nenhum faz

    ps:responde o q tu achou do comentário,parabens pelo texto

    • e esqueci beer money no main event agora o storm tem que termina essa feud com angle e depois e ir atrás do titulo(que temos que rezar e muito para que o champ seja o roode não o
      hardy) e construir uma feud com roode até o lockdown,mas sem luta contra ele em ppv anteriores

    • Concordo cara, tenho pena de lutadores como os citados, porque eles merecem muito um lugar de respeito no roster e não ficar jobbando e sumidos.

      RVD é aquele velho caso de aos poucos ir parando, ou rever totalmente seu estilo de luta, pois não dá, hoje em dia é um chute, e a taunt ROB VAN DAM. Um golpe, e a taunt, um passo e a taunt… PORRA!

  6. Pingback: Gustavo Ride – Retrospectiva Anual (WWE) « Get Ready To Rumble

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s