Espaço Cedido – No Corner Insano Especial: O ano no qual a BWF colheu frutos e fez a coisa acontecer.

Pessoal, na continuação do Post, vocês conferem o resumo do ano da BWF, feita por Insano Igor.Lembramos que caso a FILL ou qualquer federação de Luta Livre queira postar um texto aqui, o espaço esta aberto.

2011 – O ano no qual a BWF colheu frutos e fez a coisa acontecer.

Sou suspeito para falar sobre a BWF, mas não vou mais obedecer à política de boa vizinhança de não puxar a sardinha para nosso lado e, baseado em fatos, vou sim falar de tudo! Esses caras ficam de nhenhenhe fazendo retrospectivas fofinhas e falando manso, mas eu é que vou falar as verdades e com detalhes!

O ano começou como qualquer outro, shows agendados, Telecatch e BWF Combate no ar e a esperança de coisas boas virem com o passar do tempo e dos esforços (não medidos) feitos. Após longo recesso, a BWF volta a abrir vagas à procura de novos lutadores, e voltam os treinos para iniciantes. É o ano começando com pé direito e eu formando mais excelentes lutadores como minha persona.

Logo em janeiro, Sonico, Killinger e Vinícius vão à Juiz de Fora participar das gravações do MTV Roadies 8 – Shortcut to Hell, programa da MTV da Índia que fez sua oitava edição no Brasil. BWF atravessando o mundo, mas a repercussão não pôde ser notada logo de cara pois o programa só veio a ser transmitido meses depois.

Em março, o que podemos chamar de “convite de Boas Vindas” ao excelente ano enfim chega: BWF incluída na agenda de shows e apresentações da Virada Cultural 2011 junto da CMLL!

Poucos dias depois da chamada oficial nos vemos planejando o que faremos, e outra notícia chega: Gigantes do Ringue não participará e assumiremos TODOS os horários de shows de luta livre! Agenda maior demanda mais trabalho, mais lutas, mais esforços. E daí? É da BWF que estamos falando!

15/04/2011 – 9 da noite, Vale do Anhangabaú. O palco está montado para uma das maiores realizações da BWF em sua existência.

16/04/2011 – Pirata vs Sonico vs Anjo Loiro fazem a luta de abertura do evento em frente ao maior público que um show da luta livre nacional teve nos últimos anos, começando o show com chave de ouro e esquentando o público que ao longo do dia 16, madrugada e tarde do dia 17 viram subir ao ringue Xandão, Nocaute Jack, Red Max, Bino Rock, Vira Lata, Denys Boy, Insano Igor, El Gringo, Tim Anderson, Jeca Tatu Cardoso, Pecus, Tony Smith, Ninja e muitos outros, em 24 horas que contaram com 8 shows da BWF com lutas valendo pelo campeonato O Rei da Virada, no qual Sonico ganhou o título de Rei do Ringue por desqualificação após ser massacrado por Xandão, que não deixou barato nem pro juiz Vinícius e distribui cadeiradas a torto e a direita.

Resultado? Matérias na Folha de São Paulo, Terra, TV Uol, Estadão, Rolling Stone, G1, Quanta Besteira e Gazeta AM, além de grande repercussão em toda a mídia online e nos sites e blogs parceiros da BWF.

Confira:

http://www.portaldalutalivre.xpg.com.br/bwf-se-destaca-nas-grandes-midias-durante-a-virada-cultural

 

http://www.portaldalutalivre.xpg.com.br/bwf-no-blog-de-humor-quanta-besteira

 

http://www.portaldalutalivre.xpg.com.br/cobertura-da-gazeta-am-da-virada-cultural

 

Sucesso total, para um trabalho bem feito, com raça, amor e determinação, sem lenga lenga e balela. Mas, ainda nem chegamos ao final do primeiro semestre…

Voltamos a nossa agenda normal de shows, agora estimulados a batalhar ainda mais, e, quando menos esperávamos, o meu sonho pessoal se tona realidade: BWF convidada a participar do maior evento de Anime do Brasil: BWF no Anime Friends 2011! Seis dias de evento com workshop e shows de luta livre!

07/07/2011 – 9 da noite, Mart Center, Vila Guilherme, São Paulo. Novamente Bob Jr, Igor Lopes (ó eu ai, que chique), Max Miller e Pirata terminam os preparativos e a montagem do ringue.

Chega o dia 8 cheio de expectativas, e como já era de se esperar, o sucesso foi absoluto. Quem esteve presente pode ver os astros da BWF pintando e bordando nos workshops e shows realizados durante as tardes dos dias 8, 9, 10, 15, 16 e 17 durante o Anime Friends, sendo que no último dia fomos contemplados com a presença do lutador norte americano Q.T. Marshall, fruto do trabalho de Iran Santiago nas “relações exteriores” da BWF, que subiu ao ringue numa luta sobrevivente desafio, na qual Anjo Loiro venceu Xandão e Marshall se tornando o primeiro Campeão Anime Friends – BWF, combate que foi seguido pelo Terremoto, luta especial da BWF que contou com 12 lutadores dos quais sobraram apenas Sonico e Pirata, que venceu o mascarado reinando supremo e se tornando o primeiro Campeão Terremoto.

Mídia? Fotos? Vídeos? Reportagens? Feedback positivo dos fãs e da organização do evento? É claro que tivemos, de novo! É da BWF que estamos falando, P…!

Corpo cansado, alma lavada, felicidade atingindo picos inexplicáveis. Mais uma vitória para a luta livre nacional que sai das mãos da BWF. Mas ainda não acabou, dia 18 tem ringue pra carregar, hehe.

Chega agosto. Oitavo mês do ano e o nome da BWF já atravessou fronteiras. O nome da luta livre está bem cotado, e através de uma promoção do Club Social, somos convidados a fazer parte da divulgação e de toda a ação realizada para a promoção El Desafio – Club de Lucha.

No meio tempo, enquanto aguardamos a confirmação e datas certas para começar a por a mão na massa, meu amigo, ídolo da luta livre nacional e astro de valor inestimável, o Pirata Alma Negra, me chama no MSN e questiona sobre o que eu pensava quanto a inscrever a BWF no Qual é o Seu Talento do SBT. Não certo do que opinar, devido à grande concorrência que se encontra nesse tipo de programa, concordo com a idéia. A inscrição é feita e, no dia seguinte, somos chamados para a gravação.

Pirata, Max Miller e o arbitro Augusto sobem ao palco e dão um show de proporções jamais vistas sem um ringue, arrancando suspiros e pontos positivos dos jurados, levando a BWF as semifinais do programa.

Dia 22/08/2011 a academia da BWF está cheia. Luzes, câmera, ação! Começam as filmagens para a produção da promoção El Desafio. Equipe reunida e trabalhando duro, arrancando elogios e mostrando profissionalismo. O mesmo se repete no dia 26, encerrando as gravações do material promocional.

Chega então um dos piores dias do ano: 28/08/2011. Show da BWF no C.A. Parque da Mooca. Casa cheia. No final do combate entre Pirata e Mano John, Pirata tem um mal súbito e desmaia encima do ringue. Começa o corre corre, uns pensando que era brincadeira, outros pensando que fazia parte do combate. Ninguém entendia o porque daquilo, afinal, não houve nenhum trauma, nenhuma colisão, e o Pirata não havia comentado nada de estar passando mal ou sentindo algo antes da luta…

Tensão. Tristeza. Pirata é internado em estado grave e o futuro é incerto. Três semanas depois os exames apresentam melhoras constantes, e Pirata começa a mostrar sinais de melhora, saindo da UTI.

É 7 de setembro. Para muitos, um dia comum, para a BWF, o dia de ir ao TEMPLO da luta livre nacional fazer os melhores shows, especialidade da casa! Logo de cara Mano John e Bia sovam a Caveira e eu, por burrice da Caveira. Em seguida, Tim Anderson entra com seu cinturão de Hardcore WEPW Champion desafiando qualquer um que quisesse substituir Pirata que estava internado e impossibilitado de lutar. Para gargalhada geral entra Tony Smith, e após um golpe majestoso com uma corrente em mãos, Tim retém seu cinturão. Terceira luta da noite vem cheia: Anjo Loiro, Nino Mercury e Bob Junior, as Paquitas, contra O Cigano Stiner, com seus cento e poucos anos, Jeca Tatu, com seus cento e poucos kilos, e Egard Chiarelli, com seus cento e poucos fios de cabelo. Luta agitada com fim óbvio: Vitória das Paquitas. Também não poderia ser diferente, o “chefinho” e as queridinhas dele estavam na luta. Evento Principal da Noite: Xandão defende seu título de Campeão Brasileiro da BWF contra Nocaute Jack. Luta pesada, na qual quem mais sofreu foi o ringue, e no final Xandão nem sequer agüenta uma cadeirada que eu dei nele e Nocaute ganha o título! É bom dar lições nas pessoas que te apunhalam pelas costas em lutas desafios, hehehe.

22/09/2011 – Um dos piores dias do ano e da minha vida. Uma ingrata surpresa e um péssimo presente de aniversário. O mundo, a luta livre, a família BWF e a família de Douglas Leme Machado se despedem do magnífico ser humano que por onde passava deixava alegria, do lutador que impressionava a cada apresentação, e eu do meu irmão, mestre e amigo.

O clima fica ruim, tudo o que se decorreu no ano todo perde sentido. Um pedaço enorme é tirado de nossas vidas. Mas, se tem uma lição que fica, é esta: DETERMINAÇÃO, FORÇA, CORAGEM, ALEGRIA… “VAMOS HOMENS!”… A certeza dentro de todos nós é de que certamente o Pirata não queria ver o show parar.

09/10/2011 – 6 da manhã – Shopping Eldorado, São Paulo. Bob Jr, eu, minha namorada, Max Miller e Anjo Loiro deixamos o Ringue montado e saímos do shopping na expectativa de o que estaria por vir. Foi uma noite trabalhosa, e “dormingo” era dia de passar dormindo.

Segunda feira, 10/10, Bob Jr, Anjo Loiro e Max Miller dão início ao workshop Escuela de Lucha do Club Social.

15/10/2011 – CESPRO, São Caetano do Sul, São Paulo. A equipe do Esporte Interativo, canal que transmite WWE no Brasil, faz matéria especial sobre a BWF durante um show, da qual saem duas reportagens transmitidas pelo EI. Estamos dentre os grandes, agora ninguém segura mais!

Após 18 dias de workshop, muito cansaço e trabalho duro, chega o grande dia: El Desafio chega a sua final, dia 29/10.

Anjo Loiro, Sonico e Mano John começam o show. Quem foi ao shopping passear, teve que entrar pelos fundos, pois até as escadas rolantes estavam cheias de gente.

Mano John ganha a luta e exibe seu cinturão de campeão, mas não esperava ser surpreendido pela sua própria noiva que saiu do meio do público e o desafiou! Luta cheia de golpes espetaculares e, mesmo cansado, John vence novamente.

Ninja e El Gringo dão continuidade ao espetáculo, e após um combate pesado, cheio de golpes técnicos e de impacto, Ninja vence após longo tempo sem lutar.

Xandão faz sua entrada intimidando público, mas todo seu esforço é em vão pois Tony Smith surge ao estilo clássico fazendo um solo de guitarra arrancando berros da multidão e, mesmo enfrentando um gigante, leva a vitória para casa.

Hora dos veteranos. Mozart com seu jeito marrento enfrenta o carismático Kid Abelha, que se apresenta de maneira diferente, mascarado, com um vestimenta alternativa, mas com toda sua técnica e destreza. Porém, no duelo força VS velocidade a força venceu e Mozart saiu vitorioso.

Chegada a hora tão esperada por todos: Juju “Piernas D`oro” Salimeni acompanhada de Bob Jr enfrenta Geisy “Salita Rosa” Arruda acompanhada do “Maquiavélico” Edgard Chiarelli. O combate é agitado, as duas “divas” mostram bom desempenho em vista de nunca terem pisado em um ringue. Ao final, após um “H” muito bem feito, Juju acerta Geisy com a placa de anúncio do terceiro round sem que o juiz Renato Dias pudesse ver, e fecha o combate.

Evento concluído, mídia em peso, divulgação e mais feedback positivo. Mais uma vitória. Fazer o que né? Ser profissional e ter reconhecimento não é pra quem quer, e sim pra quem pode!!!

Mal acabou-se a euforia e na segunda feira, 31/10, Bia e Killinger estão novamente representando a BWF no SBT. São as divas (e a incógnita, no caso da Caveira, hehe) fazendo show. Como disse Arnaldo Sacomani, “Show é show, e vocês deram um show aqui!”. Moral? Imagina… Afinal, é a BWF EFETIVAMENTE no SBT, não só falando que estaria…

Ta bom pra um ano, né? Bom… pra fracos sim… para a BWF, humpf…

Em viagem a passeio pela Argentina e Chile, o casal 20 Mano John e Bia são “convocados” a representar a BWF na XNL/NWA. Bastaram alguns minutos de conversa entre Iran e Danilo, “presidente” da XNL, e no dia 06/11/11 o casal enfrentou Bruno “Nitro” Sandretti e Alison Evans num belo combate que toma grande repercussão na web e na luta livre latino-americana.

Corre corre de sempre, cabeça focada nos shows e gravações, e a Mix TV entra em contato com Bob Jr. Uma gravação para o programa Jam sobre luta livre é solicitada pelos produtores do programa, e a EXIGÊNCIA é de que seja feita com a BWF. Dia 14/11 o programa vai ao ar e a BWF mais uma vez tem exposição em mídia aberta, tratado muito bem pela produção reconhecendo nosso trabalho, seriedade e profissionalismo. Valeu JAM!

05/12/2011 – Anjo Loiro, Sonico e Xandão se enfrentam em uma das melhores apresentações já vistas quando se trata de luta livre sem ringue. Tensão no público, expectativas, e um voto vermelho tira a BWF das finais do Qual é o Seu Talento no SBT. Uma grande vitrine, ainda mais após receber elogios de quatro jurados de alto calibre somado à uma apresentação de dar inveja à quem pensa que faz luta livre.

Tudo certo, tudo bonito e preparado. É quinta feira, dia 15/12/2011. O ringue está armado pra mais um evento: BWF no Ressaca Friends 2011 em parceria com a banda Mad Old Lady que leva uma mega estrutura de iluminação e com a presença do lutador chileno Bruno “Nitro” Sandretti, representante da XNL, parceira da BWF e associada da NWA. Chato né? Enfim, a BWF tem parcerias com empresas de verdade, não fabricam lutadores no fundo do quintal e finge que são de fora.

No primeiro dia de evento estava tudo muito calmo e pacato. Edgard Chiarelli, Max Miller e Kid Abelha comandaram o workshop a tarde toda para os poucos aventureiros que visitaram o evento na sexta feira.

Sábado o dia já começa com pancadaria quando o recém chegado Toko “O Infernal” enfrenta Beto “Anjo Loiro” assustando os participantes do workshop com pancadas estrondosas e vôos espetaculares. Logo em seguida, Edgard Chiarelli enfrenta Max Miller deixando o palco livre para Robson Cruz que volta a BWF com sede de vitória enfrentando Sonico.

Breve pausa, mais workshop e agora é a vez do gigante Xandão pintar e bordar encima do ringue enfrentando Max Miller que mal teve tempo de se recuperar do embate com Edgard Chiarelli.

Mano John é convidado a adentrar a arena para assistir o próximo combate, e sem delongas Sonico se apresenta novamente, desta vez para enfrentar Bruno “Nitro” Sandretti, lutador chileno que faz sua primeira luta fora do Chile. O combate começa e Nitro logo se demonstra mais forte e superior massacrando Sonico, e quando ia fechar o combate após aplicar um devastador 100 Km/h, Mano John entra no ringue interrompendo o combate e desafiando Nitro para uma luta com seu cinturão de campeão do Sobrevivente em jogo, dando a vitória por desqualificação para Nitro.

Chega o domingo, e após um intenso workshop recheado de otakus suicidas, Nino Mercury e Ninja enfrentam Bino e El Gringo na primeira luta da tarde, em um embate com uma grande variedade de golpes e um mix do clássico telecatch com uma pitada de golpes brutos e plásticos da atual luta livre.

Insano Igor e Edgard Chiarelli chegam arrancando vaias do público que logo são cobertas por aplausos para a dupla Bia e Max Miller. Combate rápido, intenso e controverso entre dois homens e duas mulheres.

Xandão e Anjo Loiro são os próximos, mostrando o clássico combate força vs velocidade, cheio de acrobacias e pancadaria.

É chegado o grande momento: Bruno “Nitro” Sandretti e Mano John sobem ao ringue para o acerto de contas. Os dois se enfrentam brutamente trocando socos, chute e golpes impactantes. O combate fica intenso e o público põe mais e mais lenha na fogueira. O resultado? BWF Telecatch 2012! AGUARDE!

A… enquanto isso tudo acontecia no domingo, o SBT começava o novo programa “Cante se Puder” e adivinha que empresa de luta livre brasileira foi convidada a participar? … Dou um pirulito pra quem acertar!

Dia 26/12. Será que ainda da tempo de mais exposição? Acabou o ano po! … Acabou nada. BWF de novo no QST?. Zara e Bia trocam tabefes e a Caveira resolve aparecer pra encher as paciências! Equanto Zara esta debilitada e Edgard a ajuda a se recuperar, Caveira espanca Bia. Lá na platéia, com cara de Chiquinha mas atitude de Chuck Norris, Anne a Maquiavélica se revolta, entra no palco e junto de Bia massacram Zara e Caveira. Foi bom? TODOS disseram que sim! Ganhou quatro votos verdes? Infelizmente não… mas ta ai a BWF DE NOVO na mídia em pleno “pós Natal”.

29/12/2011. Faltam dois dias para acabar 2011 e a BWF se despede dos fãs fazendo seu ultimo e tradicional show anual no largo da Santa Clara em SP, se divertindo e divertindo seu fiel público que a anos prestigia os eventos da BWF.

 

Foi isso… alias… não posso esquecer de mencionar as varias matérias em jornais, revistas e etc. Só pra dar um gostinho:

Foi um ano repleto de vitórias, momentos marcantes e de suma importância para a evolução da luta livre naci… da BWF! Profissionalismo, respeito e dedicação estão nos levando a pontos cada vez mais altos, e o trabalho tem sido fabulosamente reconhecido. O envolvimento, respeito e companheirismo de cada membro desta família é crucial para que tudo de certo, tanto dos que já estão na casa desde sua fundação como os que vem chegando e agregando mais valor ao espetáculo, e Deus sabe o que faz abençoando quem faz o que ama com seriedade e respeito à si mesmo e ao próximo.

Obrigado Bob Jr por levantar todos os dias respirando luta livre e vivendo em prol de fazer este espetáculo maravilhoso continuar vivo em nosso país. É um orgulho trabalhar ao seu lado e uma enorme satisfação saber do respeito com o qual você trata a luta livre que tanto amamos, agregando valores a muitas pessoas e conquistando junto de todos nós cada vez mais reconhecimento ao nosso trabalho. Mas você ainda vai apanhar de mim encima do ringue, me aguarde!

Obrigado a todos os lutadores, alunos e equipe que estiveram presentes com a BWF em todos os eventos e realizações.

Obrigado a todos os produtores, repórteres, blogueiros, colunistas, amigos, irmãos da BWF por tudo que tem feito pela empresa e pela luta livre para conseguirmos nosso espaço de volta na grande mídia!

 

Pirata: Certamente falo aqui por todos, sua família, amigos, fãs, todos! A falta que você faz é inexplicável, e não há um dia no qual seu nome, sua alegria, seu caráter e seus feitos não sejam lembrados. Um eterno MUITO OBRIGADO pela sua existência, e independente de crenças e religiões pode ter certeza que onde quer que você esteja sempre terá alguém lhe enviando a energia positiva, o amor e o respeito que você nos ensinou a ter e compartilhou conosco.

TE AMO IRMÃO!

Um ótimo 2012 para todos, muito obrigado por tudo que vocês fãs e amigos tem feito por nós e vamos torcer para que o mundo não acabe em dezembro desse ano novo! Hahaha

 

FUI!

Anúncios

2 comentários em “Espaço Cedido – No Corner Insano Especial: O ano no qual a BWF colheu frutos e fez a coisa acontecer.

  1. Fui no evento no dia 15 de outubro de 2011 em São Caetano do Sul com meu pai, e adorei! A emoção de ver o evento ao vivo, com a platéia aplaudindo e xingando, é sensacional! Meu pai também comemorou muito ver de novo um show de luta-livre ao vivo. A qualidade das lutas da BWF são melhores do que a da grande maioria da WWE. Outra grande emoção no dia foi a homenagem ao grande Pirata Alma Negra, com a participação de toda a equipe. Recomendo a todos que assistam aos shows da BWF, na TV e especialmente ao vivo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s