The Golden Belt Tournament – Desafio das situações – Round 2

Chegando com a segunda parte bandidagem, agora com mais os 4 textos restantes, finalizaremos a primeira rodada. Portanto, participante ou não, clique aqui 😉

Na última edição do TGBT, foram postadas os três primeiros textos enviados pelos participantes, e cada texto terá uma pontuação diferenciada; o primeiro vale 30 pts, o segundo vale 15 pts e o terceiro 5 pts. Essa pontuação foi passada pra vocês anteriormente, e nesta edição será mudada um pouco, pois desta vez são 4 textos competindo entre si. Então, para esta edição a pontuação será a seguinte:

1° lugar: 35 pontos

2° lugar: 15 pontos

3° lugar: 5 pontos

4° lugar: 1 ponto ( o ponto de participação…)

Como nesta edição tem um participante a mais, eu fiz essas pequenas alterações, até porque, os três primeiros mereciam exclusividade, por terem me enviado o mais rápido possível.

Já tenho o resultado da edição passada, porém, não colocarei aqui, não hoje! Os textos foram divididos em 2 rouds, e os vencedores de cada round irão se enfrentar no terceiro round, que definirá qual dos textos é o supremo. Esses dois vencedores que forem para a final, concorrerão a mais 20 pontos e também, o poder de indicar um participante para a zona de eliminação. Aproveitem bastante as votações, esse desafio estará ajudando bastante ao vencedor no geral. Agora que acho que todos entenderam… Vamos para os textos dessa semana!:

           Desafio das situações

JVSPassos VS Gustavo VS EpileF VS Shadow

http://2.gravatar.com/avatar/57a60b67b35d5dfc72e42698cbfba192?size=420

JVSPassos

Gringos Chapados, pra States Deportados

Datena: 3 maconheiros presos no Morro do Alemão nos concedem entrevistas. Me dá Ibagens!

 Repórter: Foram presos 3 pessoas em uma Boca de Fumo do Morro do Alemão durante uma batida policial no Local. Jeffrey Nero Hardy de 34 anos, Mattew Josheph Korklan de 28 e Ronald Aaron Killings de 39 foram pegos em flagrante.

– Repórter: Porque você estava traficando?
Jeff: Eu tava precisando vender pra pagar a Fiança do meu Irmão.
– Repórter: Por..
Jeff: Dirigir Alcoolizado na BR 101

– Repórter: E vocês Dois, expliquem-se
Evan: Eu estava lá pra pegar uma droga prum amigo lá nos EUA, aproveitando que eu estava aqui no Brasil pra gravar umas vinhetas prum Canal de TV, como é o nome mesmo…Interatividade Esportiva…algo do tipo.
– Repórter: Mas porque ele não pode vir?
Evan: Porque ele disse que se viesse ele levaria cadeia por ser Pego com Drogas denovo.

R-Truth: EU NÃO ESTAVA TRAFICANDO, EU ESTAVA DE PASSAGEM, ISSO É UMA CONSPIRAÇÃO! ME SOLTEM DAQUI SEUS JIMMIES!!!

Repórter: Todos foram deportados após pagarem fiança.

______________________________________________________________

http://2.gravatar.com/avatar/523e9cfd101bde6e07e1cdcdbc5085f3?size=420

Gustavo

Me dê Ibagens… Do little Jimmy?

Datena está apresentando o Brasil Urgente, até que surge uma bomba, direto do comandante Hamilton, que diz: Datena, temos aqui uma prisão de três homens que foram pegos no flagra, na boca de fumo, consumindo maconha. E aparentemente eles são estrangeiros, conduzidos por um brasileiro para cá!

Datena: isso é um absurdo mesmo, num país tão pobre, gringos vem pra cá desfrutar de nossa polícia fraca e fumam maconha, e ainda com ajuda de moradores do país… Isso é uma vergonha.
Bóris Kasoy: EI, essa frase é minha!
Datena: Opa, me desculpe… Mas como ia dizendo, é isso mesmo, agora eles se ferraram, porque foram presos!! O que?? Temos um repórter lá?? Então me dê ibagens, ao vivo!!
Repórter: É isso mesmo Datena, estamos aqui ao vivo com os entrevistados, e iremos falar com um dos presos, que se chama Jeff Hardy. Sir, do you speak portuguese?
Hardy: No… And fuck you!!
Repórter: é, infelizmente o sr. Hardy não está paciente, e nos xingou, e agora acabou de entrar no carro da polícia. Lá vem o segundo, que se chama R-Truth. Sr, why are you here?
Truth: What? Little Jimmy!!!
Repórter: No sir… Why are you HERE?
Truth: Cause Little Jimmy said so!
Repórter: é, esse está claramente sob efeito das drogas! E ai está vindo o último, conhecido pelo apelido de Airbourne, disseram que ele já veio ao Brasil, e sabe um pouco do idioma. Senhor, por que vocês vieram aqui? E quem trouxe vocês?
Airbourne: Não falarei nada, só peço pra não confundirem meu parceiro Kofi Kingston com o R-Truth!! E se querem mais informações, perguntem a quem nos trouxe, que está logo atrás!
Repórter: bem, então esperaremos… Opa, lá vem ele… Senhor, qual seu nome?? Por que trouxe o pessoal aqui?
Policial que o prendeu: desculpe, mas ele está sob efeito da maconha e agora só quer falar em inglês!
Repórter: Obrigado… So sir, What is your name? And why… O homem interrompe o repórter e pega seu microfone.
Homem: My nami is… is… Ricardo, andi… I’m very ansioso pra go to… to… to the prison, e e… I lóvi you!!
Repórter: Não, solta, não quero um beijo seu, saia… É com você Datena!!
Datena: Absurdo né… O cara além de traficante, é aprendiz de Joel Santana!! Mas pelo menos a justiça foi feita. Espero que esse tal de Ricardo não goste muito dos presos, se é que me entendem… Vamos aos comerciais.
______________________________________________________________
http://1.gravatar.com/avatar/fd1a921d81dea47637a2963224a75c14?size=420

EpileF

Era uma vez três lutadores da WWE: Mark Henry, Zack Ryder e Goldust.

Mark era um negão, com cabelos de trancinhas, e que já havia ganhado uma vez a competição de “O homem mais forte do mundo”. Levando-se em conta que ele não era monstruosamente alto(como seria esperado), dá pra se ter uma idéia de seu porte físico.

Zack, loiro e fanfarrão, juntamente com seu parceiro(não, o nome dele não era Cody!) era um fracassado. Sem ser forte (ou legal) o suficiente para conseguir destaque, ele resolveu se separar de seu parceiro e fazer uns movimentos acrobáticos maneiraços, mas de nenhum modo conseguia atenção ou respeito. As coisas começaram a mudar quando ele começou a fazer uns vídeos no youtube, que davam mais audiência do que o programa semanal da WWE em que trabalhava.

Já Goldust era, foi, e sempre será eternamente-até-o-fim-dos-tempos (ele é imortal), uma criatura bisonha dourada que emana glitter por todos os orifícios possíveis e imagináveis.

Num belo dia, após o trabalho(leia-se: esbofeteados por mexicanos-mascarados-voadores/Rappers-militares/gigantes- indianos-beijoqueiros ,os três se encontram por uma coincidência do destino nos vestiários. Zack, com um saco de gelo sobre o olho roxo comentou:

– Sabem, estou precisando de umas férias…

– Eu também estou cansado disso. Estou precisando achar um meio de desestressar – completou Mark, enquanto fechava seu armário.

– Engraçado vocês falarem isso – Goldust se intrometeu – pois eu estava agora indo agora mesmo pra um lugar óóóóótimo pra aliviar a tensão!

– ONDE?!? – os dois perguntaram quase que instantaneamente

– Uma sauna ma-ra-vi-lho-sa! – disse Goldust – Fica a uns 5 minutos de carro daqui…Se vocês quiserem uma car…

Porém, antes que Goldust terminasse sua fala, os dois se acotovelaram pra dentro do carro do purpurinoso, o “Douradomóvel”; creio eu que até por ter esse nome sugestivo, o carro(conversível, diga-se de passagem) dispensa demais apresentações.

Goldust deu a ignição no carro, mas antes de partir, apoiou o cotovelo no banco do passageiro vazio, olhou pra trás e disse aos dois passageiros que ali se espremiam(em grande parte graças ao sobrepeso de Mark):

– 200 pratas cada!

-O quê ?!?

– O quê o quê? Má é lógiko, rapá! O carango precisa de gasolina!

– Ahhnn! – Suspiraram os dois, abrindo a carteira

E então seguiram viagem.

Quando menos esperavam, finalmete chegavam ao seu destino.

– Ah maravilha – Henry foi o primeiro a descer do carro, fazendo a suspensão do veículo “respirar” aliviada.

Assim que adentraram o recinto, Goldust subitamente se virou e exclamou:

– Olhe que cabeça a minha! Esqueci de avisar o preço pra vocês! – Falou Goldust, enquanto os três se trocavam e ficavam apenas com as toalhas

– Tranquilo, quanto custa? – disse Mark, já saindo do vestiário com a carteira em mãos e se dirigindo em direção à sauna

– Hm, deixe-me ver… têm as toalhas, a carteirinha, exame médico, plano dentário… sobe três, escorrega 1 aqui, multiplica por dois… 600 mangos cada!

– Hein?!

– Não ta muito caro essa sauna não?

– Claro, ué! Só $250 são pra sauna!

– E os outros – fazendo uma conta rápida com os dedos – $250?

– Pela sugestão.

– Peraí! Se a sugestão custa $250, ent…

– Olhe chegamos! – Goldust interrompeu, antes que Zack pudesse terminar de argumentar – rápido, me dêem o dinheiro!

Meio a contragosto, os dois pagaram. Goldust abriu a porta:

– Depois de vocês, cavalheiros…

Lá haviam poucas pessoas. Mark se sentou ao lado de um estranho sujeito de óculos:

– Prazer, meu nome é Vanderlei – apresentou-se, estendendo a mão

– Mak Henry – disse Mark. Mas não sem antes fitar a estranha figura ao seu lado

–  Zack Rider.

– Olá douradão! Que bom ver que chegou mais gente. Daqui a pouco isso vai ficar mais animado, certo peludão? – perguntou Vanderlei

– Ceeeeertoooo! – Disse uma voz que se aproximou por trás

Mark e Zack ficaram boquiabertos ao ver que deles se aproximava uma criatura suada que lembrava algo entre um ex-mebro do Village People e Tony Ramos

– Mas que diabos…

– Ah relaxem bobinhos, – Peludão se aproximou – não precisam se intimidar! Eu não mordo… sem pedir! Roar!- falou gesticulando piamente algo semelhante à um felino.

– Blearg!

– Goldust! Explique-se!

– Aiai… acho que esqueci de comentar! Hoje é dia dos homesssexuais! – se explicou

– Clama gente – interviu Vanderlei – Eu estou aqui na sauna gay, mas eu também não sou gay!

Mas, de repente, a porta se abriu e subitamente um sem-número de desnudos preencheu a já abafada sauna. Alguns portavam chicotinhos, algemas e tiras de couro, além de alguns apetrechos sugestivos de cunho sexual

– Ah, e tem mais uma coisinha!- avisou Goldust   – são homessexuais SADOMASOQUISTAS! Desculpem se esqueci de avisar antes, mas…

Num resumo de sustou e indignação, Zack exclamou:

– WHAT?

– Acho que essa é minha fala – uma voz partiu por detrás deZack.

O fracassado mal podia acreditar no que viu. STONE COLD STEVE AUSTIN, em pessoa, postando um chicotinho em mãos!

Mark, Zack e Vanderlei tentaram sair pela porta, mas havia muitos corpos suados que impediram uma aproximação da saída. Tudo ficou ainda mais desesperador quando as luzes baixaram e todos na sauna começaram a se Agar/abraçar/laber/etcetcetc.

Porém, quando parecia que todos seriam, sem escapatória, alvo da promiscuidade homossexual sadomazoquista, ouve-se um “BLÉM” e as luzes se apagam; e, pela porta, adentra um sujeito de chapéu e sobretudo, iluminado pelos só-agora-notados  Neons no teto, com os dizeres “noite gay!”.

Como por milagre, abre-se um espaço de uma jarda ao seu redor conforme ele caminha pela sala, sem sequer trupicar. Ao ficar perto de Mark e dos demais, ele retira o chapéu pomposamente, e simultaneamente ouve-se ao fundo uma trovoada.

– Undertaker! – exclamou Zack com uma voz finíssima; nunca saberemos se por medo, surpresa, ou por haver alguém apertando fortemente seus bagos

– Como ousam agarrar meus colegas lutadores… – sentenciou com voz de Maxo, retirando o colete e deixando à mostra seu traje: tiras de couro que cobriam parcialmente seu tórax, deixando à mostra apenas seu umbigo e os saliente mamilos – SEM MIM? UUUI!

______________________________________________________________

http://0.gravatar.com/avatar/f11b1d43345f732fdd806407a70da28d?size=420

Shadow

Narrador: Três traficantes foram capturados na manhã de hoje, no morro do Alemão. Evan Bourne, Jeff Hardy e Ron Killings, que ia pelo nome R-Truth, foram pegos com mais de trinta mil quilos de drogas ilícitas, como cocaína, maconha, esteroides e revistas Capricho. Outro membro da gangue, conhecido apenas como Sin Cara, foi visto fugindo enquanto soltava teias pelas mãos enquanto os outros três eram presos, e permanece foragido.

Repórter: Estamos aqui na delegacia com o policial Big Bossman, e ele vai dar pra gente relatos da perseguição aos traficantes, não é mesmo, Bossman?

Big Bossman: Olha, pra começar, Evan Bourne foi o último a ser achado, pois ele estava se escondendo debaixo do helicóptero do Comandante Hamilton. A gente não sabe como ele chegou lá, se ele usou algo, mas ele tava lá quando a gente viu. Jeff foi muito fácil de achar, mas foi cooperativo, então creio que ele vai levar a pena mais leve. R-Truth tentou resistir à prisão, e falava algo sobre “Little Jimmies”, então ele tá ferrado mesmo. Truth parecia o mais alucinado, pois tentou se esconder no bueiro e num aeroporto.

Repórter: Tá certo. Agora vamos falar, exclusivamente, com os criminosos. Primeiro você, Evan, você tem uma cara de incocente, porque você ajudou esses dois?

Evan Bourne: *faz o V da vitória com um sorriso escroto*

Repórter: Evan, eu fiz uma pergunta.

Evan Bourne: *continua fazendo*

Repórter: Parece que essa é a única coisa que ele sabe, “dizer”… Bom, agora vamos entrevistar o R-Truth. Por que–

R-Truth: EU SOU INOCENTE! EU NÃO FIZ NADA!

Repórter: Mas R-Truth, você tinha uns dois sacos gigantes quando a polícia te achou? Vai dizer que é farinha?

R-Truth: EU SOU VÍTIMA DE UMA CONSPIRAÇÃO! Eu só tava fazendo caridade! Eu fui preso por fazer caridade! Eu fiz um bom ato e os Little Jimmies lá me denunciaram!

Repórter: Que “bom ato” era esse?

R-Truth: Doando comida!

Repórter: Vai me dizer que maconha é comestível agora?

R-Truth: Não era maconha! Era alface! Alface que solta fumaça quando você sopra nela, e depois perde o gosto!

Repórter: É transgênica então?

R-Truth: …sim!

Repórter: Então temos uma confissão criminosa ao vivo, em rede nacional. Ele não estava portando maconha, mas alface transgênica, é isso?

R-Truth: ISSO!

Repórter: Cê sabe que isso é tão ilegal quanto portar maconha, né?

R-Truth: QUÊ?! NINGUÉM ME FALOU ISSO! EU FALEI QUE ERA VÍTIMA DE UMA CONSPIRAÇÃO! ESSE PESSOAL AÍ NÃO ME DEIXANDO SABER QUE ESSA COISA É ILEGAL, EU QUERO OS MEUS DIREITOS! EU QUERO… *continua gritando*

Repórter: …É. Vamos entrevistar o Jeff. Jeff, o que você tava fazendo com mais de trinta mil quilos de maconha?

Jeff: Me aliviando…

Repórter: Cê usava maconha como laxante, é isso?

Jeff: Né isso não, eu me endoidava pra me livrar do meu irmão…

Repórter: O famoso wrestler Matt Hardy?

Jeff: Essaê… aquele gordo. Se eu sou maconheiro, ele é débil mental. Cê já viu o que ele fez no iortubi?

Repórter: É… ele foi preso por roubar comida de um bufê, mas mudar assunto pra não perder em argumentos não vai te salvar! O que você queria mesmo com aquele tanto de maconha?

Jeff: Sério mesmo, pô! Eu quero ficar o mais longe possível do gordo! Eu peguei a maconha por isso! Se ele não vai pro xadrez por merda nenhuma, que eu fique atrás das grades até morrer!

Repórter: Mas você defendeu o seu irmão naquele julgamento!

Jeff: É porque eu era heel na época! Agora eu sou face!

Repórter: …OK, você tem razão. É com você, Datena Cole!

______________________________________________________________

Votem, votem,votem! Só para avisar que os dois últimos textos não tinham títulos, pelo menos não constava no e-mail. Mas enfim, agora todos foram postados, o vencedor desta edição enfrentará o da edição passada no terceiro round por mais 20 pontos e o poder de mandar alguém para a Zona de Eliminação. Espero que todos tenham entendido… e antes que eu me esqueça o Ranking estará presente na próxima edição. Fiquem com o Senhor e com Zordon…

https://getreadytorumble.files.wordpress.com/2011/12/zordon.jpg?w=300

Let the power protect you!

Anúncios

14 comentários em “The Golden Belt Tournament – Desafio das situações – Round 2

  1. Votei na do Epilef, mas achei tbm a do Shadow muito boa, o resto das histórias foi… Clichê e sem graça… Apesar que o final do Gustavo foi epic (Mas o do Epilef foi melhor kkkkk)

    E o legal é que NINGUÉM fez da McCool pegando o Taker na cama com a Layla hahaha… E eu estou sentindo que a liderança dessa bagça será minha após o término dessa edição \o/… Espero sinceramente não estar enganado haha

  2. Claro que o Godoi votaria na do Epilef, AFINAL, ele tem inveja do mesmo. ASHUASUHSAUHAS mas foi boa mesmo, bem construída! Do Shadow também foi legal.

  3. pq sempre o Goldust é o mais gay da história?todo texto q leio o cara é gay pow kkkkkkkk’ Ótimo texto EpileF ri litros aki ksapokskpa’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s