Uma Cobertura de Impacto #5 (Like A Sir Edition Again)

Último show na grande e barulhenta arena do Wembley, há três dias do Against All Odds.

Novas lutas anunciadas, um rumo inesperado para as feuds, um show feito para que você ligue no pay per view de domingo.

(Desculpe a demora, escola é uma bosta)

Quando os melhores amigos enfrentam um problema

O show abre com Bully Ray dizendo que ele merecia o belt, que ele tem roubado o show, que ele tem feito todo o trabalho sozinho. O que não é mentira, Bubba está genial como nunca esteve antes.

Ele então chama Roode.

O campeão vem e Ray começa a discutir com ele, dizendo que eles tinham que ser parceiros, que um tinha que guardar o outro, mas que Ray só estava protegendo Roode e ninguém estava protegendo ele, Roode responde que estava sempre do lado dele e que eles tinham um inimigo em comum: Sting. Eis que toca a música do GM.

Ele diz que os dois pareciam não estar de acordo entre si, mas que era melhor estarem, pois eles lutariam contra Storm e o Insane Icon no main event de hoje e que Sting seria o special enforcer da luta de domingo.

Mais um ótimo segment deles, essa feud está ótima em vários sentidos e acho que posso dizer com garantia que a cena do main event da TNA nunca esteve tão boa.

Daniels vs. AJ Styles

Senão me falha a memória essa é outra match que está sendo recorrente nos Impacts na estrada, mas isso não é nem de longe algo ruim.

De todas as matches que eles fizeram acho que a do Bound For Glory 2011 foi a única ruim.

Rápida, cheia de moves bonitos, bem fluida e com uma crowd que mesmo dando uma ótima reação para o AJ também torcia para Daniels. Foi ótimo ver a luta.

Não sei se fico feliz pela storyline suceder com o fim, com Kazarian dando o soco inglês para Daniels, dando a ele a vitória ou triste por AJ perder novamente e Daniels não ser bookado para ganhar de modo limpo.

***

Magnus sabe como falar com os ingleses

Uma tag de ouro aqui meus queridos, quem imaginaria que essa tag formada randomicamente no torneio Wildcard formaria o que pode ser uma das maiores tags da TNA? Melhor até que a antiga tag de Magnus, a British Invasion com Doug Williams ou com Desmond Wolfe, a London Brawling?

Magnus nunca pareceu tão brilhante antes para mim, nem na Ring Ka King, onde é o top heel de lá junto com Steiner e Dutt. Ele tinha essas 12 mil pessoas na mão.

Um pouco de patriotismo e um monte de carisma fizeram a crowd amar cada palavras do inglês.

Infelizmente Morgan e Crimson apareceram e derrubaram eles, dando o momento final para a luta de domingo pelo tag team champ.

Douglas Williams vs. Austin Aries vs. Alex Shelley

Não consigo dizer como é bom ver esses nomes juntos em uma luta. Três talentos incríveis, sendo dois muito pouco aproveitados.

Williams chegou com um pop pequeno, mas no meio da luta o povo já dava enorme reação para ele, mas o negócio é que tínhamos três wrestlers adorados pelo povo nessa luta. O que é merecido, já que são os maiores talentos da X division disparado.

Não me surpreendeu a vitória de Shelley, mesmo preferindo que Doug ganhasse – ganhar no seu país seria excelente, sem falar que com os dois perdendo a luta, a coisa ficaria mais interessante para domingo, mas eles tem que construir a feud.

O único problema da luta é que foi curta… mas mesmo se ela durasse trinta minutos ela ainda seria curta. Posso ver eles lutando por uma hora inteira sem me cansar.

Shelley ganhou com um Sliced Breath em Aries.

*** ½

Hogan e Bischoffinho gastam mais tempo de show

Sério, a TNA está fazendo um grande erro com isso. Tudo bem querer promover o Garret, eu até vejo algum brilho nele, mas não é assim que se faz, empurrando ele a força para a crowd.

Fazer isso só fez que a TNA fosse obrigada a editar as vaias colossais da crowd.

Hogan falou que Garrett era o futuro do negócio, que ele tinha potencial. Bischoff e Gunner apareceram e no fim Hogan anunciou Gunner vs. Garrett para domingo. Que coisa mais irritante ter que agüentar isso num show que está tendo um desenvolvimento tão bom.

Velvet Sky vs. Mickie James

Eu sei que todo mundo ama a Velvet e ela teve uma grande evolução ao passar dos anos que ela teve na TNA, mas ela é uma diva praticamente. Entre as KOs, sem dúvidas, é a piorzinha junto com a Madison Rayne.

A luta foi ruim, mas teve alguns pontos interessantes, como Mickie perdendo limpo e usando algumas atitudes de heel.

* ½

Sting e James Storm vs. Bully Ray e Bobby Roode

Luta ótima para uppar o PPV de domingo.

Pouparam um pouco Storm, deixando para ele só spots mais básicos na luta, já que ele já tinha feito duas grandes lutas na gravação passada e se eu não me engano, acabou machucando o ombro. Sorte que Sting estava muito bem.

Da luta em si não tenho muito o que comentar, Storm e Sting dominaram ela com exceção de alguns poucos momentos onde Roode e Ray pegaram o controle, mas era notável que os dois se desentendiam um pouco no meio da match.

No fim, já 7 minutos depois do horário estipulado para o fim do Impact. Roode estava sofrendo o Scorpion Deathdrop de Sting e pediu ajuda para Ray. Ele se aproximou com o belt em mãos, pronto para atacar o GM do Impact, mas mudou de idéia e disse simplesmente: Daqui há 3 dias, campeão. Excelente fim

Roode acabou dando o tap out e isso encerra o Impact dessa semana.

*** ¼

Considerações Finais:

Foi um show para uppar o PPV de domingo, por isso em meio ao show em si, foram passados vários vídeos uppando principalmente a match pelo World Heavyweight. Não que seja ruim, mas isso tira parte da ação. Além disso, a bosta de Hogan e Bischoffs ocupou tempo demais novamente. Tempo que podia ser usado na match da X division.

Não se compara ao show passado, mas ainda sim teve um passo muito bom, com lutas de tempo suficiente e uma ótima progressão das storylines, de modo que, por exemplo, eu esteja muito mais animado para a match de tags de domingo. Recomendo ver e pular o segment do Hogan.

Vejo vocês domingo no Against All Odds

Anúncios

17 comentários em “Uma Cobertura de Impacto #5 (Like A Sir Edition Again)

  1. Cara, eu gosto muito do Impact Wrestling, e assisto toda semana. Admito que ultimamente deu uma melhorada, mas ter que aturar Hogan e Bischoff enche o saco. Ainda tenho fé que o Impact volte a ser akele show de alguns anos atras que Aj Styles era foda, e as estipulacoes Hardcore eram bem usadas. E melhor de tudo, sem Hogan ou Bischoff pra fuder com o show! Otimo review!

    • Concordo
      E eh ate ironico os meses q a gente ficou sem Hogan (de outubro ate semana passada) serem algns dos melhores Impacts da historia… mas com sorte isso n vai durar mto.
      Agr quanto o Styles, tbm gosto mto dele, mas acho q os pushs tao quase todos nos lugares agr… so tem q tirar o TV champ das maos do Robbie E. e colocar nas do Pope ou do Williams

  2. Eh msm, e pro cara chegar na empresa e subir ao Main Event com essa idade soh sendo um Undertaker ou Sting da vida. Pelo menos no upper mid card o Williams tem chance. Ele naum pode ter o msm carisma que o Hardy mas produz no ring muito mais que o Hardy atualmente produz

  3. Bela review, cada semana está melhor, incrível.

    Bem, nem vi esse show, só vi aquele do dia 2 mesmo, que foi bom até. Já esse, prff… Ver que a X Division match teve 2 minutos, e que o segmento dos idosos teve 9, já desanimou totalmente. Não tem jeito, enquanto o Hogan ou o Bischoff não morrerem, eles não vão parar de atrapalhar o PW, não tem jeito.

    Mas e seus pensamentos para o PPV?? Quem você acha que vence as lutas? Quero ver as opiniões de um “especialista” da área hehe!

    • Vlw… tento melhorar, cortar o que não é necessario, rs.
      A X division acho q teve uns 4 ou 5 minutos… tem q checar no PW Torch pra ver o tempo certo, mas eh foda mesmo… o show tava excelentemente bookado ate q esses dois velhos voltaram.
      Para mim o PPV sera otimo in ring, mas a crowd vai desandar tudo.
      Eu quero (n apostaria nisso pq eu conheço os bookers da TNA, rs) que Zema, Shelley, Roode, Joe e Magnus, Gail, Gunner e AJ ganhem, mas pelo visto dara Sorensen, Aries, Roode, Joe e Magnus, Gail, Garrett e AJ

  4. Boa review, mas você é muito mark… Vi algumas lutas e acho que você dá notas exageradas se deixando levar apenas pela crowd. Enfim, agora você perdeu qualquer argumento para defender a crowd da iMPACT Zone ao se deparar com uam crowd de verdade, naõ?

    Enfim, bora ver como a TNA vai dar continuidade agora que o Russo não é mais head booker…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s