Corbari Madness Pit – 5 maiores interações do público na história do pro wrestling

Mais uma edição do Corbari Madness Pit, e dessa vez relatando o selecionado dos 5 maiores momentos de interação do público presente nas arenas de wrestling. Aqueles momentos em que a crowd vibra e torna o segmento mais emocionante de acompanhar. Confira na sequência.

Os momentos que constantemente são lembrados pelos fãs da luta livre mundial são justamente aqueles em que o público presente na arena contribuiu com o espetáculo, sejam vaiando, comemorando, gritando ou ovacionando… São esses instantes e exaltação e frisson que deixam o pro wrestling mais vibrante e faz com que nós, mesmo não estando presentes na arena, naquele momento, sintamos a energia do que acontece lá, ao vivo.

Nesse artigo, portanto, citarei quais os momentos que em minha opinião, o público presente mais cativou e tornou épico o segmento…

Comentem ao final e digam o que acharam desse selecionado. Só acrescento que não citarei aqui momentos que já foram citados nas outras edições desse espaço (como Mankind sendo campeão pela primeira vez) e momentos históricos que serão citados na próxima edição, justamente para expor mais momentos nostálgicos por aqui.

Então vamos lá…

THE ROCK X HULK HOGAN – O CONFRONTO DE GERAÇÕES

O embate que foi vendido como o maior confronto da história do pro wrestling não poderia deixar de constar aqui. Hulk Hogan e The Rock, dois dos mais adorados personagens de sempre em um confronto que ficou, realmente, para a história.

O local era o Skydome, em Toronto no Canadá. Em plena Wrestlemania X-8, o combate Icon x Icon que era extremamente promovido ocorreu, e não poderia de ser uma explosão de animação e emoção do público presente.

A cada olhar, a cada frase marcante, a cada movimento característico, o público ia ao delírio. E o mais impressionante é que ambos, Hogan e Rock, eram extremamente exaltados. O público presente não estava a favor de um ou de outro, e sim do espetáculo e do encontro de dois dos principais medalhões da história na WWE.

Com a vitória de The Rock e a redenção de Hogan, o combate soou como um “passar de bastão”, como se Hogan falasse “Eu derrotei André The Giant na Wrestlemania 3 e tornei-me o  maior nome da luta livre mundial, agora é sua vez, Rock”, e Rock pegou o bastão.

Mas além do resultado, o que ficou na memória dos fãs e nos anais da WWE foi a extrema popularidade de Hogan e Rock, demonstrada pelos fervorosos fãs de Toronto.

DAVEY BOY SMITH E BRET HART E A OVAÇÃO EM WEMBLEY

No ano de 1992, Bret Hart era o campeão Intercontinental da WWE. No tempo em que esse título era extremamente respeitado e exaltado, nada como um lutador da estirpe de Bret Hart para dominar o cinturão. No entanto, no Summerslam do mesmo ano, estava marcado que Hart perderia seu cinturão para Shawn Michaels, no evento que ocorreria em Washington.

Porém, visando uma maior expansão mundial da marca empresa e popularidade na Europa, Vince McMahon decretou que o Summerslam ocorreria em Londres, Inglaterra, e que o oponente pelo título de Bret Hart seria Davey Boy Smith, cunhado de Hart e inglês de nascimento.

E o combate seria o Main Event da noite, em um evento que teria Ultimate Warrior e Randy Savage pelo título da WWE.

…E essa foi uma das melhores escolhas que Vince McMahon fez em toda sua história frente a WWE.

Perante os mais de 80 mil presentes do estádio de Wembley, Davey Boy Smith veio ao ringue para o combate, acompanhado pelo lendário pugilista inglês Lennox Lewis, empunhando a bandeira do Reino Unido e sendo extremamente ovacionado pelo público, que via em British Bulldog a mais pura representação da força inglesa.

E no combate que para alguns foi o melhor da história dos Summerslam’s e para outros o melhor da história do título Intercontinental, British Bulldog saiu vencedor, para e explosão de alegria do público presente e toda a Londres, que presenciou uma luta inesquecível de dois dos maiores lutadores de sempre.

Ao final, Bret e British Bulldog se abraçaram, para ainda mais fervor da crowd presente, e com a vinda de Diana Hart (irmã Bret Hart e esposa de British Bulldog, que em todo os instantes da luta era focada pelas câmeras da transmissão, que não perdia uma reação sua) ao ringue, a linhagem Hart recebia um dos maiores ovações de sempre. Realmente uma energia nunca antes vista proporcionada pelos ingleses no estádio de Wembley.

Além de toda essa emoção e frisson, a luta foi escolhida o combate do ano, British Bulldog disse que foi o maior combate de sua carreira na WWE e Bret Hart afirmou que esse foi o combate mais memorável de sua vida em cima dos ringues.

E isso em um combate pelo cinturão Intercontinental. Bons tempos…

HULK HOGAN É RECEBIDO EM MONTREAL

Não é novidade pra ninguém que Hulk Hogan é o deus do pro wrestling para os americanos. Em cada uma de suas aparições, o público vai ao delírio como se fosse a última vez que estivessem saudando o Hulkamania.

E também não é novidade para ninguém que Montreal tem o público mais fervoroso e animado de sempre do pro wrestling. Em cada show que lá acontece, a vibração é estonteante.

Então o que acontece quando o lutador mais exaltando de sempre encontra o público mais exaltador de sempre?… Uma ovação lendária!

Foi algo nunca visto na história da WWE. E esse momento não aconteceu na era do “Rock ‘n Wrestling” ou inicio dos anos 90 quando Hogan dominava a empresa e sim em 2002, quando Hogan rivalizava com Undertaker e não demonstrava o mesmo fervor e agilidade de tempos remotos.

Toda a paixão do público de Montreal fez o velho Hulk Hogan chorar, e mostraram mais uma vez a diferença que a crowd faz para o espetáculo e o quão fantástico é o público de Montreal.

SHAWN MICHAELS É RECEBIDO EM MONTREAL

E novamente estamos falando de Montreal. Mas agora, a demonstração de como eles podem ovacionar e exaltar uns, mas hostilizar e ofender outros. E nada melhor que Shawn Michaels, o personagem mais odiado de Montreal da história.

É 2005, em um RAW. Dias antes, Shawn Michaels havia traído Hulk Hogan, em um dos momentos finais mais surpreendentes dos minutos finais do Monday Night Raw (como vimos há duas edições atrás, dessa sessão). Michaels então resolve ir ao ringue para fazer uma promo sobre o ocorrido.

Mas como citamos anteriormente, Montreal é o público mais insano do pro wrestling, e claro, não poderia deixar de ser hostil com o homem que “acabou” com Bret Hart e traiu Hulk Hogan. Desde o momento em que tocou sua música, Shawn não parou de ouvir vaias e cantos ofensivos.

Porém, estamos falando de Shawn Michaels. Se o público de Montreal achou que iria amedrontar Shawn, enganou-se, pois como excelente heel que era, Shawn não só riu da cara de todos os presentes, como disse que odiava o Canadá e que faria o que fez com Bret Hart (Montreal Screwjob) tudo de novo, se possível, pois Bret é um fracassado e não teria culhões para estar ali naquele ringue para lhe confrontar. Claro, a crowd ficou insana e revoltada, mas logo se alegrou quando a musica tema de Bret Hart toca.

Todos comemoram como nunca. Finalmente Bret Hart retornou a WWE e iria dar uma coça de laço no falastrão Shawn Michaels… Mas a música toca, toca e toca e ninguém aparece. Shit, era tudo armação de HBK, que ri ainda mais da cara dos canadenses e diz que Bret Hart nunca mais iria pisar em um ringue da WWE. Nunca mais…

É, ele estava errado.

Mas naquele dia, o público de Montreal ficou enfurecido como nunca antes visto na história da luta livre.

JOHN CENA ENFRENTA ROB VAN DAM NA CASA DA ECW

Esse é um momento para deleite de quem não gosta de John Cena. Um momento que ficou para história como o público mais ensandecido e elétrico de sempre. Um clássico do “estilo de torcer” da ECW.

O evento foi o One Night Stand 2006, PPV em que por uma noite, a WWE revive o estilo e o “modo de fazer wrestling” da ECW. O local era o Hammerstein Ballroom, em Nova Iorque, local de inúmeros eventos da ECW, e que era visto como a casa da federação. E no main event, o sempre “odiado pelos maiores de idade” John Cena tentaria defender seu cinturão de campão da WWE contra o vencedor da Money in the Bank e lenda da ECW, Rob Van Dam.

O ambiente estava formado e era totalmente contrário ao campeão John Cena. E logo na entrada dos lutadores foi possível ter noção do que estava por vir naquela noite. Enquanto Rob Van Dam foi recebido com saudações e declarações de carinho do público presente, Cena foi hostilizado e ofendido das mais variadas formas…

E o que se sucedeu foi um show de amor a ECW e repreensão a John Cena, pelo público. Desde rejeitarem a camisa de John Cena até cantos de ofensa ao campeão, os “ECW fans” proporcionaram um dos momentos mais marcantes da história da WWE, na noite que terminou com Rob Van Dam campeão da WWE e uma comemoração fervorosa da ECW.

Claro que vários momentos da ECW poderiam ser retratados aqui, já que sempre o público da federação extrema era vibrante, mas esse momento ficou marcado e marcou a todos que não conheciam o verdadeiro poder do “Extreme”.


_________

E é isso. Acha que faltou alguém? que alguém não merecia estar aqui? quer citar outros 5 momentos que poderiam estar presente?
Comente, critique, elogie, xingue e diga o que bem entender…
E não esqueça de dar dicas de temas para as próximas edições.
Até lá!

Anúncios

18 comentários em “Corbari Madness Pit – 5 maiores interações do público na história do pro wrestling

    • Acho que só a brasileira…. Não sabemos como é para o pro-wrestling ainda, mas quando a luta livre pegar forma aqui denovo, vai superar todas fácil.

      Sobre o texto, muito bom ver o Corbari voltando a ativa. Agora só falta o Boemio e o Jack hehe

      E não tem o que falar, 5 momentos insanos. Acho que sobre a maneira como hostilizaram HBK, só quem irá superar isto em quesito hostilização será Chael Sonnen no Brasil.

  1. Mais uma vez, excelente o top 5. Até agora todos foram sensacionais. Os de hoje eu não sabia muito sobre eles e é sempre bom ver. Detalhe: essas reações tidas como as melhores aconteceram de 2006 pra tras, será que as crowds de hoje estão fracas? Qual será o motivo para isso?

  2. Nossa,tinha uns aí que eu nem conhecia,mas faltou um aí,a entrada do Sandman no ECW One Night Stand 2005,a torcida inteira cantou Enter Sandman,mas tirando isso,todos esses momentos foram marcantes.

    E como o HBK é hipócrita hein?LOL

  3. Kara, legal. Excelente “top five”! E aquele One Night Stand de 2006 foi realmente foda com toda a participação dos “ECW fans”. E o publico de Montreal é diferenciado mesmo!

  4. Velho, MUITO FODA! Realmente os POPs são as coisas mais fodas que dá pra se ver!

    A do HBK é muito foda, sensacional. Estamos acostumados e muito com Pops de alegria e talz, mas é difícil ver alguém sendo vaiado dessa maneira. E o melhor detalhe é que o HBK nem era TÃO Heel assim né… Muito foda!

    Não gostei tanto assim com a do Hogan, acho que já vi um pouco melhores, mas foi ótima também.

    E essa de Londres PQP! 😮 Já garanti o meu próximo PPV que vou ver no youtube! uHUAHSUHASUHUASH’

    Acho que poderia colocar o Sandman em 2005, alguns da antiga ECW, que já vi várias e o Punk no MITB né? xD’ Mas espero que ésteja nos próximos, como você mesmo falou!

    ÓTIMA edição!

  5. quem vai ser bastante hostilizado vai ser o Cena em miami no WM 28 já q lá praticamente é a cidade natal do the Rock afinal ele viveu por muito tempo lá

  6. E novamente descobri momentos do wrestling que não conhecia ( estou me sentindo noob ‘-‘), momentos fodas que realmente sem a crowd, não seria tão inesquecíveis assim. Espero que você faça a dos 5 momentos mais decepcionantes da WWE/TNA xD, que eu dei ideia no último post. Assim com 5 momentos “oh My God” seriam interessantes também…
    De qualquer forma, esta edição ficou boa, é sempre bom aprender mais sobre wrestling. To precisando….

  7. bom mais uma q eu vo sempre lembra foi a money in the bank 11 john cena vs cm punk em illinois akela soh na entrada jah deu arrepio!! acho q foi a primera vez q eu vi o super cena c vaiado IN MY LIFE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s