Vale a Pena Ver de Novo 03 – Wrestlemania X-Seven

Ainda no ritmo de Wrestlemania, volto com mais um VaPVdN!!, trazendo para vocês o que foi considerada como uma das melhoras ( senão a melhor) Wrestlemania da história.Com certeza você quer relembrar, não é? então acompanheme caro leitor.

https://getreadytorumble.files.wordpress.com/2012/02/vale-a-pena-ver-de-novo-banner-grtr.jpg

Seguindo a votação, vocês ecolheram qualquer ppv menos o Capitol Punishment. Então resolvi escolher um ppv adequado ao momento, a wrestlemania ainda está fresca em nossa cabeça, por isso para relembra-la, nada melhor do que a Wrestlemania X-Seven.

https://getreadytorumble.files.wordpress.com/2012/04/wrestlemania17.jpg?w=227

O Wrestlemania X-Seven, foi a décima sétima edição anual do evento, que aconteceu ( também) em 1 de abril de 2001, na  arena Reliant Astrodome, da cidade de Houston, Texas. A dark match do PPV foi uma tag team match, Steven Blackman e Grand Master Sexay Vs X-Factor (Justin Credible e X-Pac). A tag X-Factor saiu vencedora.

( Me desculpem pelas imagens dos cards ruim, mas é porque não tinha disponível, então tive que tirar print.)

Chris Jericho (C) Vs William Regal – WWF Intercontinental Championship

http://desmond.imageshack.us/Himg823/scaled.php?server=823&filename=wrestlemaniaxseveninter.png&res=landing

Começando o ppv com uma Intercontinental Championship match. Nada mal, ainda mais quando se tem de um lado uma lenda viva ( Y2J) e o cara que ajudou a treinar o Mr. “Yes”. mesmo sendo uma open match e ainda disputa pelo título intercontinental, antes de se iniciar a luta, passam um rápido vídeo promo pré-match, o que serve para dar mais uma “apimentada” na história, o que não é mais de costume fazer isto, em matches valendo o USA e Intercontinental Championship.

Sem estipulações na luta em si, os dois fizeram bem o que sabem fazer no ring, dentro do tempo e do nível de uma open match. Chris começou levando a melhor no início, quase botchou aplicando um cross body pra fora do ring em Regal, mas tava valendo. Enquanto William Regal  aplicava seus golpes quase todos envolvendo as articulações, não sei se vocês já repararam, mas é isso que faz dele um bom wrestler técnico.  Jericho aplica um suplex em Regal e em seguida seu Lionsault, fechando a luta de forma inesperada. Chris jericho retem o Intercontinetal Championship.

Foi pouco tempo de luta, para um combate que estava esquentando, sem contar o final que foi um pouco confuso, ainda mais por Jericho ter vencido com um Lionsault. De qualquer forma, boa luta.

Nota:  ***

https://i0.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/56-titanic-titles_vtrix.jpg

The APA e Tazz Vs Right to Censor – 6 Man Tag Team Match

http://desmond.imageshack.us/Himg821/scaled.php?server=821&filename=wrestlemaniaxseven6mant.png&res=landing

Para quem não lembra, APA: Bradshaw (JBL) e Faarooq ( Ron Simmons (DAMN!) ), e Right to Censor: The Goodfather, Val Venis e Bull Buchanan). Mais ou menos stable vs stable, com grandes estrelas, principalmente da APA que era superior a rival. Ron e JBL formavam uma ótima dupla, a APA marcou a história das stables ainda mais por surgir na Attitude Era, e não desmerecendo o Right to Censor que contribuiu também.

Antes mesmo de dar a largada, os mebros do Righ to Censur atacaram os da APA antes de chegarem ao ring, só depois que um de cada equipe estava dentro, foi que o referre oficializou a luta. Eles pareciam que estavam com vontade mesmo de brigar, e fizeram uma luta muito movimentada, considerando a mais, o porte físico grande de cada um que fez a diferença. RtC dominou por um tempo em cima de Tazz, mas logo eles viraram o jogo e depois de uma boa troca de golpes, sobra Bradshaw e the Goodfather no ring, o último vai aplicar seu finisher em Bradshaw, mas ele desvia e aplica seu Clothesline from Hell, para vencer a match.

Nota:  **1/2
https://i0.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/WM17_2tif_VTX.jpg

The Big Show Vs Kane Vs Raven (C) – Triple Threat Hardcore match- WWF Hardcore Championship

Na terceira luta da noite, houve uma triple threat match envolvendo três grandes wrestlers da empresa, com destaque para Raven que era da ECW, um puta de um lutador hardcore e fazendo jus a isso, nada melhor do que o Hardcore Championship estivesse com ele. A luta começou antes de Big Show entrar na arena, quando Raven avança em Kane e o referre é obrigado a mandar soar o gongo. Enquanto eles brigam, aparece o grandalhão que entra lentamente para enfrentar os  dois.

Kane e Big Show tomam iniciativa e já partem para o meio da plateia, deixando o combate mais extremo no estilo “Attitude”, em seguida Raven surpriende Kane e ambos vão para o Backstage, aonde ocorrerá a maior parte da luta. Mas que luta einh! foi um verdadeiro walking wrestling, eles iam se batendo enquanto percorriam pelo backstage, o que tornou a luta bem dinâmica. Falando no backstage, eles praticamente destruiram o lugar, derrubando portas, paredes, grades, mesas e até janela!, naquela épica cena onde Kane arremessa Raven contra uma janela de vidro. Objetos então foi uma enfinidade de usos, chegando até utilizar um carrinho de carregamento( iguais aos de golfe) para fugir e atropelar o oponente, acabando por ser um momento comédia :D. A luta então acaba, quando eles voltam para a arena, na parte do titantron e Kane consegue empurra Raven e Big Show na armação lateral do titantron, quebrando tudo, ele ainda pula aplicando um leg drop em Show para vencer o combate e se tornar o novo Hardcore Champion.

Enfim, criatividade não faltou nessa luta, talvez se ela recebesse bem mais tempo, poderia até ter roubado o show. kane mereceu o title, mesmo todos terem saído bem.

Nota:  ***2/4

https://i2.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/BLOOD_WOWRES166_VTX.jpg

need for speed 😉

Eddie Guerrero Vs Test(C) – WWF European Championship

Como tempo passa, e posso dizer que ele não é cruel, apenas faz seu trabalho. Infelizmente nenhum desses lutadores está vivo hoje, lutadores que fazem falta e poderiam estar ainda nos alegrando no mundo do wrestling, principalmente Eddie por sua linhagem.

A match se resume em puro wrestling, com golpes muito bem aplicados e bem destribuida entre ambos. Não é todo dia que se encontra um Powerhouse como Test e um Brawler com Eddie, a combinação dos dois é perfeita, o que torna a psicologia em ring muito foda,  com isso a luta recebe duas interferências a favor de Guerrero, ajudando com sua personagem. Na segunda interferência aparece Dean Malenko para impedir o pinfall de Test, este se vira para Malenko eo puxa para o ring pela cabeça, porém ele se vira para Eddie, o que é o tempo dele pegar o belt e socar na cabeça de Test, para fazer o pin e vencer. Eddie Guerrero new European Champion!

Nada mais a declarar, luta fera apesar de simples. Sinto falta desse titles na empresa …

Nota:  ***1/4

https://i1.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/WOWRES168_VTX.jpg

Chris Benoit Vs Kurt Angle – singles match

http://desmond.imageshack.us/Himg714/scaled.php?server=714&filename=wrestlemaniaxsevenkurtv.png&res=landing

Mais um morto, que fez muito pela WWF/E, Chris Benoit, e o outro que também já foi mega foda no wrestling, mas que agora esta morrendo, não de vida, mas no wrestling. Kurt já está velho e não está conseguido ficar em forma, se continuar assim ele pode ser passado pra trás, mas vamos rezar para que mais uma lenda com esta não se apague logo.

Só de ouvir a música do Angle dá um sensação de nostalgia, é uma das coisas que me faz lembrar a WWF, ver o Benoit caminhando até o ring é outra coisa que me faz pensar, como era bom tudo isso. Em suma, se tratando da match não poderia ser diferente, eles já começam com wrestling puro, greco romano, que é lindo de se ver, demonstrando toda a técnica e agilidade de uma verdadeira wrestling match. Mesmo a crowd estando meio desligada, logo eles conseguiram chamar a atenção, aproveitando bem os 14 minutos de luta, um aplicando os finisher e sing de seu oponente, Moonsault de um lado, Flying Headbutt de outro, e destaque para Angle aplicando um Cross face, incrível. A troca de golpes foi o tempo todo bem planejado e distribuido, resultado no final em chute baixo de Angle em Benoit, que não ficou reclamando e aproveitou e puxou Angle para uma imobilização, mas Angle conseguiu reverter e ficar por cima na contagem, vencendo o combate.

Esta luta me lembrou de outra match técnicas muito boa, entre Shawn Michaels e Kurt Angle, mas é claro que não foi tão foda quanto esta. Porém rendeu um ótimo expetáculo, e o show só estava começando!

Nota:  ***3/4

http://fotos.sapo.pt/commander/pic/0006g552

Chyna Vs Ivory(C) – Women’s Championship

http://desmond.imageshack.us/Himg207/scaled.php?server=207&filename=schampionship.png&res=landing

Olhando para esse card, você deve esperar muito das duas divas, e perceber a tamanha diferença da divisão feminina daquela época, para hoje. Isso sim era dar valor a esta divisão, e não chutar  a bunda delas o ano inteiro,  para chegar na hora “H” que são os ppv’s e cagar mais ainda. Chyna foi a melhor diva de todos os tempos, pelo menos do continente americano, e lutas como essas hoje na wrestlemania, foram substituidas por bicos de sub-celebridades.

Também não se dava muito tempo para divas match naquela época. Entretanto, não quer dizer que eles não davam importância, pelo contrário, o título e as storylines eram tratados a nível mid-carders importantes, e até como título mundial as vezes. De prova a isto, a luta de Ivory e Chyna começa com uma pequena pré promo mostrando Ivory quebrando o pescoço de Chyna, que foi o motivo da feud. Depois na entrada de Chyna, ela chega com um lançador na mão, e atira uns bagulho para o alto, dando mais brilho a sua personagem. A luta dá início e Ivory começa atacando Chyna com o title e judiando de seus pescoço lesionado, não demora muito para Chyna reverter a situação, até aplicar um Powerbomb, onde ela vai para contagem mas levanta a cabeça de Ivory impedindo a terceira contagem. Como se não bastasse ela aplica um Military press e desta vez fecha por cima para se tornar a nova Women’s Champion.

Nota: **

https://i2.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/WOWRES160.jpg

Vince McMahon (w/Stephanie Mcmahon) Vs Shane Mcmahon- Street Fight match- Special guest referee: Mick Foley

http://desmond.imageshack.us/Himg10/scaled.php?server=10&filename=wrestlemaniaxsevenmacma.png&res=landing

Brigas de família só é bacana no wrestling… Bom, na verdade só é bom com os McMahon’s, né TNA???.  O fato é que  lutas como essa tem feuds e segmentos muito bem desenvolvido até que chegue nos finalmentes, pelo motivo de ser familiar, então história é que não falta. Vince era um grande carrasco naquela época, assim como foi durante quase toda sua carreira na própria empresa, Shane era mais um injustiçado assim com Foley que seria o referee da match.

Shane com a mesma theme do pai, entra no ring e faz uma introdução de Mick Foley, dizendo que o próprio juíz já tinha sofrido nas mãos de seu pai, então Foley entra para o delírio do público e vem formalmente, sem estar trajado como um árbitro. Vince entra com sua filha que também era sua única defensora, e a luta começa com uma troca de ódio nos socos de cada um, e a partir dai começa a melhor qualidade da luta; a psicologia. Com disse, lutas de famílias tem storylines bem desenvolvidas e essa foi cumprida até o soar do gongo final, fazendo assim a melhor luta psicológica da noite. O começo do combate ocorreu como uma luta normal, mas logo deu se espço para algo mais bruto e também para uma novela em ring.

No meio do confronto, a gostosa diva Trish Stratus entra na arena carregando Linda McMahon em uma cadeira de rodas, até perto de Vince, aquilo foi tenso, ela (Linda) estava paralizada na cadeira e não fazia um movimento, como se estivesse em shoque ou algo assim. E assim ela permaneceu até o final da luta onde todos se viraram contra Vince, e Shane finalizou com seu famoso Coast-to-Coast ( que na época não era famoso) para vencer a briga de família.

Luta muito interessante, apesar de não ter tanto wrestling, cumpriram com seu papel.

Nota: ***1/2

https://i0.wp.com/i2.listal.com/image/2535249/600full-vince-mcmahon.jpg

Dudley Boys (C) Vs The Hardys Vs Edge e Christian- TLC match- Tag Team Championship

http://desmond.imageshack.us/Himg19/scaled.php?server=19&filename=wrestlemaniaxseventlcta.png&res=landing

Rumo ao fim do evento, e as coisas só vão melhorando. Eis que chega a disputa pelo tag team championship, que seria uma TLC match revanche, da primeira TLC realizado no Summeslam de 2000. Os participantes eram os mesmos, na verdade as três melhores tag’s na época, e entre as melhores da história, esse foi a segunda TLC match da história e a única da wrestlemania. Só pelo card e a estipulação, da para sentir um pouco do que tudo isso iria dar né?, o tag title era bem valorizado antigamente, até porque se tinha tag teams de respeito, e a primeira TLC match havia sido um sucesso, a expectativa era grande.

Narrar esta luta é falar de tempos que não voltam mais, por mais que tenhamos  incríveis ladder matches e afins, a essência da Attitude Era estava presente em uma luta como essa, que ficou lembrada, e ficará por gerações. Posso estar exagerando, mas me diga se temos ou num futuro indeterminado teremos tags como essa? a valorização de um title como esse? e até a luta em si, os moves, os spots, os momentos hardcores, a química e etc?.

Não vou descrever a luta inteira, pois foram 15 minutos de pura ação, que prendeu bem a atenção do público, principalmente nos spots, onde desses, dois fora consagrados, um nem tanto, mas mesmo assim é lembrado em  promos e tributos de Jeff. O outro também envolvendo ele, juntamente com Edge é magnífico! Afinal, quem não se lembra daquele famoso Spear de cima da escada em Jeff Hardy?

https://i1.wp.com/www.panelsonpages.com/wp-content/uploads/2012/03/Edge_Spears_Jeff_Hardy_Off_A_20_Foot_Ladder_High_Quality_.jpg

O final foi empolgante, Spike Dudley, Rhino e Lita, invadiram para ajudar seus respectivos times. O ring virou uma zona, mas Rhino foi o mais esperto e conseguiu ajudar Edge e Christian a retirar os titles e se tornarem os novos Tag Team Champions. Não preciso falar mais nada dessa luta, Dave Meltzer que me desculpe mas…

Nota:  *****

https://i2.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/0S_WM17_A2001_003R.jpg

Gimmick Battle Royal match

http://desmond.imageshack.us/Himg98/scaled.php?server=98&filename=wrestlemaniaxsevengimmi.png&res=landing

Com personagens como: Doink “The Clow”, Kamala, The Iron Sheik, One Man Gang, Sgt Slaughter e outros. Esta luta foi rápida e ruim, o que já era de se esperar. Até Jim Cornette ( F*ck this comp…) estava no meio da farofa, que serviu para relembrar, e principalmente para proporcionar um momento  divertido e pratico para o público ir ao banheiro. The Iron  Sheik vence a luta, para a alegria dos Iranianos presentes, eliminando por último Hillbilly Jim.

Nota: *1/4 ( melhor que Sheamus Vs Bryan 😛 )

https://i1.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/sheik-misc008.jpg

The Undertaker Vs Triple H – Singles match

http://desmond.imageshack.us/Himg40/scaled.php?server=40&filename=wrestlemaniaxsevenhhhvs.png&res=landing

Esqueci de dizer, mas a luta passada foi apenas para preparar a crowd e o mundo, para essas duas próximas lutas, que  foram épicas. Esta match é um outro motivo por qual escolhi essa Wrestlemania para review. Nossa última Wrestlemania teve Undertaker Vs Triple H pela terceira vez, que foi sem dúvida, o melhor confronto dos dois, mas foi aqui que tudo começou. Na época em que ambos estavam no auge do físico, e Taker tinha cabelo :D.

Undertaker como American Badass era simplismente fantástico, na verdade todas as gimmicks de Taker foram fantásticas, mas essa se encaixava bem com a era atitude, sem contar ele entrando de moto na arena, intimidando o oponente e exaltando o público. Se fosse para ficar falando das diferenças de épocas, precisariamos de um pouco mais de papel, afinal são onze anos atrás, e a streak de Undertaker era de 9-o, só para você ver como o tempo passa rápido.

A batalha que eles travaram foi de alto nível, transforamaram uma singles match em uma street fight match, quando botaram o referee pra dormir, por que foi nesse momento em que eles avançaram para a crowd, para a emoção da molekada, e até um spot ali rolou, quando Undertaker aplica um Chokeslam em HHH de cima do aindaime, e ainda pula depois com elbow drop. A sledgehammer é sinal de problema, e ela quase foi usada várias vezes, assim como na WM 27 e 28.

A putaria comendo solta dentro e fora do ring, e o juíz lá desacordado, quase que a luta inteira devido as pancadas que levou de Triple H e Undertaker. E perto já do fim do combate, vem um momento mítico, quando Taker agarra HH para aplicar seu Last Ride, Triple sorrateiramente pega a sledgehammer que estava do lado, e quando Undertaker o leva para cima, para aplicar o golpe, The Game acerta com a marreta na cabeça dele, e o referee acordando no mesmo momento, ele vai para o pin e quase Triple H vence a luta, acordando o público no susto. Mesmo depois de todo o momento glorioso de 3H, Undertaker levanta sangrando e é jogado até o corner, lá Triple H começa a sequência de socos, mas da bobeira e Undertaker reage pegando o pela cintura e finalizando com o Last Ride. Mais um pra lista!

Nota: ****1/2

https://i1.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/66_WM2R_VTX_0.jpg

The Rock Vs Stone Cold Steve Austin – No Desqualification match – WWF Championship

http://desmond.imageshack.us/Himg31/scaled.php?server=31&filename=wrestlemaniaxsevenwwfch.png&res=landing

E finalmente chegamos ao Main Event da noite! Depois de uma Wrestlemania insana, falta confirir o que ficou por último. Tai uma feud pra ninguém botar defeito, nem para os Rock haters, porque eram eles que reinavam na Attitude Era. Então quando esses caras colidiam, o espetáculo era garantido, sabemos muito bem disso, até por muitos wrestlers da atualidade se basearem no jeito diferente de ambos, porém único e extraordinário.

Logo quando foi anunciada uma No Desqualification match, a crowd e até os comentaristas se surpreenderam, pois a estipulação havia sido adicionada naquele momento, o que só aumentou a expectativa dos fãs. Com uma luta sem DQ envolvendo as maiores estrelas da empresa, só poderia resultar no que vou descrever apartir de agora.

De um lado Rock que era o principal babyface da época, sendo muito vaiado no estilo Cenation. Do outro  Steve Austin, um heel meio twinner, que era ovacionado incondicionalmente. Antes de se iniciar a luta, rolou uma promo pré-match como de costume, só que foi uma das melhores promos desse tipo que eu já vi, ao som de “My Way” Limp Bizkit, vendo apenas a promo já deu uma saudade desses tempos que infelizmente não pude desfrutar. Mas chegando na luta em si, foi o que comentem já ali atrás, épica, com  cenas típicas deles, com Stone Cold mostrando o dedo para tudo e todos, a toda hora, e os socos personalizados de Rock, eram pequenas coisas que fazem diferença hoje. Falando em fazer falta, é que chegamos ao sangue… ah! o sangue, foi muito bem usado no ppv  e também nesta luta, onde ambos sangraram, parecendo duas cadelas no cio e aproveitando a todo momento dos objetos para ferir uns aos outros.

Golpes surpresas, um aplicando o finisher do outro, são outras características dessa match envolvendo esses superstars, que só melhorava conforme duelavam mais e mais. Depois de ter passado mais da metade da luta, surge o fator surpresa, que é Vince Mcmahon, roubando a atenção dos combatentes, ele que havia lutado na mesma noite e perdido para seu filho. Sua chegada incendiou mais ainda o combate, logo quando ele começa a ajudar Stone Cold, e Rock é massacrado na mão dos dois, ele até tenta e consegue algumas reações, mas a dupla dinâmica Vince e Austin, que um dia se odiaram mortalmente, estavam juntos lutando pela mesma causa. Austin mal acreditou que estava sendo defendido por McMahon, até que depois de uma sequência de cadeiradas em Rock, Stone Cold Steve Austin vence a luta para se tornar o novo WWF Champion, e aparentemente formar uma aliança com seu patrão. Eles ainda permanecem um bom tempo no ring comemorando, bebendo cerveja, mostrando odedo e atacando o Rock.

Isso é que é um Main Event, hoje temos que torcer até o final para que a WWE ou TNA não cague, no evento principal. Naquela época a garantia de um bom ppv, com finais aceitaveis, ia muito além dos resultados, e todos saiam satisfeitos, pelo menos a grande maioria.

Nota: ****3/4

https://i0.wp.com/www.wwe.com/f/styles/photo_large/public/photo/image/2011/11/RETOUCHED_vtrix.jpg

___________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________

Arena linda, música tema foda, attitude era, com certeza ( pelo menos pra mim) foi a melhor Wrestlemania de todos os tempos, se tiver alguma melhor me apresente, pois desconheço :D.

E deu trabalho para fazer, então por favor, eu sei que já devem ter perdido um tempão com esse post, mas comentem, pleas, é um jeito de responder o que acharam, é muito importante para todos escitores do blog.

#Fui¬¬

Anúncios

7 comentários em “Vale a Pena Ver de Novo 03 – Wrestlemania X-Seven

  1. Que post incrível, ótimo de ler, sobre um, se não O, maior evento de wrestling da história.
    E olha esse card, só personagens lendários e gente fera.
    Muuuuuito bom.

  2. Gosto dessas retropectivas e respeito teu trabalho, apesar de achar as notas dos combates muito “overated”/exageradas.

    Aconselho-te analisar a Wrestlemania 19 na próxima.

  3. Realmente essa WrestleMania foi ótima a luta pelo tag team championship sem duvida foi a mais emocionante, ótimo conteúdo!

    Se puder análise a WrestleMania 22! tenho certeza que vai ficar tão bom quanto essa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s