Na Teia do Aranha #51

Fala, pessoal!

No último pensamento do ano, reflexões gerais e expectativas para o ano novo que se aproxima para o Pro Wrestling. Agradecimentos a todos que acompanharam este espaço no ano de 2012 e o desejo de que ano que vem, estejamos juntos. Leitam, reflitam, comentem e debatam. Não esqueçam de deixar sugestões de próximos pensamentos junto aos comentários.

Abraços!

Mais Um Ano Vai

 

                Mais um ano se passa e muita coisa aconteceu no mundo. Primeiramente, ele não acabou e aquela prevsão furada dos Maias finalmente morreu (afinal, ninguém mais aguentava piadas nas redes sociais sobre o fato). Tivemos o Corinhtians Campeão do Mundo, Palmeiras vencendo título, Chelsea campeão da Europa e o Vasco… bem, vamos deixar de bobeira e colocar o foco no que realmente nos interessa, que é a luta livre. E o panorama mundial foi bem interessante nesse ano de 2012 que está quase acabando. Alguns fatos me chamaram a atenção e eles serão citados abaixo.

                No Japão e no México, vimos que muita coisa mudou mais para fora dos ringues do que dentro deles. O Puroresu viu Kenta Kobashi se aposentar, depois de um impasse bem complicado com a Pro Wrestling NOAH, que ainda se encontra nele, com a chance de perder mais lutadores de seu plantel. Já o México teve uma de suas grandes notícia no final desse ano, quando surgiu rumores de que existem conversas de que haja um território de desenvolv imento da WWE por lá. Outra coisa muito boa é saber que veremos astros mexicanos e japoneses por terras tupiniquins no ano de 2013, em São Paulo, no Torneo Latino Americano de Lucha Libre, promovido pela BWF.

                Falando nela, a BWF é a “menina dos olhos” da luta livre nacional atualmente. O seu crescimento foi impressionante, tanto dentro quanto fora do tablado, com as lutas tomando uma característica que deixa de ser aquela comédia pastelão que víamos a alguns anos atrás e tomar forma de luta e entretenimento, com méritos para todos os envolvidos. Tive a oportunidade de vê-los nesse ano e me impressionei. Menção honrosa para a FILL que, mesmo diante das dificuldades estruturais do esporte no país, conseguem um crescimento, mesmo que lento. Estão no caminho certo. Vale o nosso luto a Ted Boy Marino, que nos deixou esse ano e será eterno nos corações de muitos.

                A Ring of Honor passou por um problema que atinge as melhores federações, que a baixa e renovação de talentos. Nem mesmo Kevin Steen conseguiu segurar muito e nomes como Jay Lethal, Matt Hardy e Nigel McGuinness não fizeram tanto efeito como deveriam. Por se tratar de uma federação que sempre trouxe grandes expectativas quanto aos talentos que passam por ela e figuram entre as principais federações de luta livre do mundo (CM Punk, Daniel Bryan e Austin Aries, como exemplos disso), sempre esperaremos grandes coisas dela. E se 2012 não foi tão grande assim, 2013 promete ser melhor pra ROH.

                E a TNA? 2012 se resume a um grande passeio de montanha russa para a federação de Dixie Carter. Conseguiram fazer com que Bobby Roode largasse o osso e tirasse o TNA Heavyweight Championship do ostracismo, colocando-o em disputas mais chamativas. Mas, dar o título da X-Division (uma divisão que desenvolve o lutador no seu início, com lutas mais movimentadas e disputadas) a Rob Van Dam não ajuda muito. Aqui, foram citados dois pontos,  mas o ano foi de tantos altos e baixos que 2013 para a empres de Jarrett e sua turma é uma grande incógnita.

                Já a empresa dos McMahons, a WWE, teve um ano com um leve saldo positivo. Muitos erros e acertos foram cometidos por eles, porém, vale a pena uma constatação: a de que a “venda” que cegava os diretores da empresa que pregavam veementemente que a programação de luta livre tem que ser algo que chame somente as criancinhas com entretenimento e um pouco de luta, está sendo tirada aos poucos. Vimos algumas situações que dificilmente se pensariam em ver em uma “Era Censurada” já ocorrendo na federação e programas já são feitos especialmente para as famílias verem a luta juntos (como o “WWE Saturday Morning Slam”)  e a coisa vai mudando. Devagar, mas vai mudando.

                Aqui no blog/fórum, o crescimento foi a olhos vistos. Muitas coisas mudaram, pessoas chegaram e saíram, porém, o mais importante é que os laços não mudaram, mas se estreitaram. Pessoas de tantos lugares diferentes do Brasil (Rio de Janeiro, oe) e do mundo unidas por um gosto em comum e que acabam, a partir do cotidiano virtual, descobrindo amizades duradouras. O desejo é de que em 2013 continuemos a ver muitas vitórias, boas lutas e a construção de um grupo melhor, mais aberto a novos amigos e sem pessoas sem noção, que estraguem. Feliz 2013 a todos!

Anúncios

2 comentários em “Na Teia do Aranha #51

  1. 2012 foi um ano muito estranho… Coisas “estranhas” aconteceram tanto nos lugares mais associadas a Luta, quanto no Brasil. Só aqui já tivemos um grande passo com lutadores estrangeiros na BWF, numa Virada Cultural espetacular (Pelo menos na parte da noite que eu tava lá..), e acho que o principal ocorrido com a WWE vindo pra cá. Quase ninguém acreditando, e enfim, eles vieram e já planejando voltarem esse ano.

    As Big Leagues é que realmente desapontaram. WWE fazendo cagadas atrás de cagadas mesmo tendo grandes momentos que poderiam ser proporcionados. TNA mesmo sendo superior ao ano passado, continuou com muitos erros, principalmente com Feuds que interferiram dentro de outras, mas pelo menos não foi ruim.

    Mesmo eu não acompanhando a ROH, ela teve um grande ano e poderia ser considerada a melhor companhia do ano. Com esses acontecimentos recentes das Big Leagues estou tentando dar mais atenção pra ROH e tenho certeza de que não vou me arrepender.

    Enfim, que 2013 seja um ótimo ano pra todos envolvidos na Luta Livre/Wrestling e o que mais tiver. Isso é o que todos desejamos.

    Ótimo texto, Aranha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s